JogandoLendo

Gears of War | Linha do tempo e os eventos que precedem o 1º game!

Você lembra desse mural incrível? Ele foi feito lá em 2006, direto no chão da E3, para promover o lançamento do primeiro Gears of War. Este mesmo game que está sendo relançados novamente, todo lindão e pimpão, remasterizado e totalmente adaptado para esta nova geração e que chega ao Xbox One na terça, dia 25 de agosto! Legal, né? Dê uma olhada no vídeo no final da postagem com o artista Kust Wenner fazendo-o na época. Levou vários dias! O site oficial dele há muito mais artes sensacionais que ele já fez por aí. Vale a visita!

Porém não é sobre isso que se trata esta postagem. Como havia prometido, estou trazendo aqui a linha do tempo do universo da série, colocando uma luz nos eventos que precedem o primeiro game. A bem verdade é que o primeiro Geras of War não é necessariamente o melhor da franquia em trabalhar com a série seu universo. Foi a partir do segundo game que a Epic Games decidiu aprofundar e melhorar a cronologia e história da série. E foi depois do primeiro game que surgiram os livros e HQs que também trabalharam na cronologia e nos eventos que posteriormente foram até mesmo levados para as sequências.

A transcrição abaixo foi retirado do livro Gears of War 0 A Prisão: Slab, que traz os eventos anteriores ao primeiro Gears. De fato narra em detalhes os eventos que levaram a prisão de Marcus Fenix e os anos em que ele ficou preso, ate Dom o libertar no começo de Gears of War! Livro que já comentei recentemente aqui no blog nesta postagem.

Gears of War – Linha do Tempo

Todas as datas são apresentadas no calendário moderno de Sera: Antes do Dia de Emergência ou Depois do Dia de Emergência.

80 A.E. (APROXIMADO) – Um conflito global de longa duração começa a varrer o mundo de Sera, quando a Coalizão Ordenada de Governos (COG) e a União das Repúblicas Independentes (URI) disputam recursos de uma energia chamada “emulsão”. Esse evento passa a ser conhecido como a Guerra do Pêndulo.

17 A.E. – O tenente de infantaria, Victor Hoffman, mantém a guarnição na Passagem da Bigorna, sitiada contra as forças da URI, tornando-se conhecido em todo o planeta. Adam Fenix – um físico especialista no desenvolvimento de arma – deixa o Exército para trabalhar em seu sonho: uma arma de laser orbital para acabar com a Guerra do Pêndulo.

9 A.E. – A esposa de Adam, Elain, uma bióloga, desaparece nas cavernas subterrâneas de Jacinto, deixando-o com um filho pequeno para cuidar: Marcus.

4 A.E. – Marcus Fenix, se alista no exército da COG, contra os desejos de seu pai, Adam. Lá, serve ao lado de seu amigo de infância, Carlos Santiago.

3 A.E. – O irmão mais novo de Carlos, Dominic – “Dom” -, alista-se no Exército.

2 A.E. – O departamento de inteligência revela que a URI está próxima de construir o próprio sistema de armas por satélite. Um destacamento liderado por Hoffman é organizado para sabotar as pesquisas mantidas pela URI na estação de Aspho e confiscar seus dados. Carlos Santiago e a major Helena Stroud (mãe de Anya Stroud) são mortos na batalha. Hoffman, Marcus e Dom são condecorados por sua bravura. Os dados apreendidos permitem que Adam Fenix aperfeiçoe seu laser orbital, o Martelo da Aurora, o que finalmente conduz a URI à mesa de negociações.

SEIS SEMANAS ANTES DO DIA DE EMERGÊNCIA – A URI se rende e a Guerra do Pêndulo está finalmente terminando, apesar de um punhado de pequenas forças da URI, incluindo Gorasnaya, se recusar a aceitar o armistício, prometendo manter a luta.

DIA DE EMERGÊNCIA – Sem nenhum aviso ou motivo aparente, uma espécie desconhecida de criaturas, a Horda Locust, irrompe de cavernas subterrâneas e promove ataques simultâneos a cidades ao redor de toda Sera. Um quarto da população de Sera é massacrada apenas no ataque inicial. O Dia-E, como se torna conhecido, é o início de uma guerra por sobrevivência que dura quinze anos.

1 D.E. – A COG, em uma manobra de retirada contra os Locuts, é rechaçada de volta para Ephyra, protegida por estar sobre um planalto de granito na qual os Locust não podem escavar seus túneis. Em uma tentativa desesperada de deter o avanço Locust, o novo presidente da COG, Richard Prescott, ordena a destruição de todas as grandes cidades de Sera, usando o Martelo da Aurora. Embora os civis sejam incitados a se refugiar em Ephyra, poucos conseguem alcançar o planalto a tempo, e muitos milhões morrem nos ataques dos lasers.

2 D.E. – Os Locust abrandam, mas não cessam a destruição global. Nesse ano, retornam em número ainda maior. Fora de Ephyra, os poucos civis que sobreviveram aos golpes do Martelo unem-se em gangues, que vivem precariamente nas ruínas das cidades destruídas. Os Abandonados, como eles chamam a si mesmos, veem a COG como inimiga.

10 A.E. – A Horda ataca Ephyra. O sargento Marcus Fenix desobedece às ordens do coronel Hoffman e tenta resgatar seu pai, uma decisão que leva à queda de Ephyra. Adam Fenix acaba enterrado nos escombros da mansão Fenix durante a investida dos Locust, e Marcus enfrenta uma corte marcial. Sua sentença de morte é comutada para quarenta anos em uma prisão notoriamente brutal de Jacinto, apelidada de Slab.

14 D.E. – Os Locust tomam a prisão. Todos os presos são libertados, exceto Marcus. Marcus é resgatado por Dom Santiago, juntando-se ao Exército COG. (…)

Bem, a linha do tempo no livro vai até o ano 17 Depois do Dia de Emergência, o que coincide exatamente com o final de Gears of War 3. Claro que não poderia transcreve-la aqui até o fim, pois meu objetivo era apenas chegar até o começo do primeiro Gears. Também interrompi o ano de 14 D.E., pois é nele que justamente se passa o primeiro game, e que todo mundo poderá revisitar agora no Xbox One, a partir de 25 de agosto!

E volto a dizer, este livro A Prisão que estou lendo é realmente muito bom para que é fã da série. Terminei sábado (dia 22) o segundo capítulo dele e caramba que maneiro ter a visão do Adam nesse ponto da cronologia da série. Quem apenas jogou a franquia vai ter um pouco do vislumbre de Adam Fenix somente lá no final do terceiro game, mas aqui nesse livro é bem claro que Adam é um dos melhores, se não for o melhor, personagens da franquia.

Vou transcrever aqui um dos diálogos que li hoje, na qual Adam confessa algo a um desses ajudantes de laboratório. Detalhe, este diálogo se passa em 10 D.E., ou seja, 4 anos antes do primeiro game! Veja só!

(…)

– Eu tenho trabalhado em uma coisa – murmurou ele – eu preciso dizer a alguém agora. Eu preciso dizer a você.

O intestino de Nevil girou. (…)

– Eu sabia.

– Sabia do quê?

– Dos Locust. Eu os encontrei. Eu sabia. Suas palavras eram perfeitamente claras, mas não faziam sentido para Nevil. Ele tinha de estar entendendo errado. – Eu tentei dissuadi-los de sair. Eu tentei impedi-los. Você não tem ideia do que está lá embaixo, Nevil, nenhuma ideia do que os fez fazer isso.

Adam parecia estar à espera de uma reação. (…)

– Pelo amor de Deus, Nevil, você está me ouvindo? Os Locust. Eu sabia sobre eles antes do Dia-E, cinco anos antes, e pensei que poderia evitar um holocausto se achasse uma solução científica.

Não, Nevil não tinha entendido mal. Ele não tinha entendido mal, no final das contas. E não podia dizer uma palavra sequer. Não havia nada em seu cérebro que se parecesse com uma sentença vindo.

Ele sabia. Ele sabia.

(…)

Rá! É muito foda esses devaneios do Adam. Há um momento muito tenso na qual ele se lembra dos breves contatos que teve com Myrrah, a rainha dos Locust, e das lembranças que ele tem de Elain, sua esposa e mãe do Marcus. Alias na linha do tempo a Elain some 9 fucking anos antes do Dia-E. 9 anos! E tem um momento onde ele se recorda de visitar as cidades subterrâneas! Adam é um puta personagem da série e que só foi ter a devida atenção no terceiro game! Ah eu to empolgadaço com Gears of War tudo de novo!

 É incrível que haja uma linha enorme na cronologia da série e os games em si passe apenas em 4 anos. Tirando Judgment, que me não que recordo exatamente onde ele se encaixa, mas seria depois do Dia-E e antes do primeiro game, tanto que ele trata um pouco do começo da união da URI com a COG.

 Alias há alguns dos eventos dessa linha do tempo que são histórias baseada nos outros quatro livros da série, sendo que ao todo foram cinco publicados lá fora e até o momento apenas dois saíram no Brasil. Uma pena diga-se de passagem.

Ficou um pouco mais animado com Gears of War? Eu já to contando as horas para podem colocar as mãos na Ultimate Edition!

clube-secretoCurtiu este post? Dê uma força para o blog e me ajude a ter mais tempo e recursos para poder fazer mais especiais assim! Se torne um apoiador do site e ganhe acesso ao nosso grupo do Facebook: O Clube Secreto! Com R$ 1 e você já faz toda a diferença! Pense nisso.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios