Dando Nota!Jogando

Impressões | Beta do Multiplayer de Call of Duty: Black Ops III

Terminou neste último final de semana o acesso ao beta do multiplayer de Call of Duty: Black Ops III. Pude testar o beta por alguns dias e algumas horas e que divertido está ficando o multi do próximo CoD! Realmente me surpreendi com uma experiência amigável e menos burocrática, e isso porque estou longe de ser um jogador e fã de CoD.

A minha experiência com a série é toda quebrada, sendo sincero nem me lembro se joguei qualquer outro game da série Black Ops. Estou quase certo que pulei todos os games anteriores lançados e joguei apenas algumas versões de Modern Warfare e Advance Warfare, que foi lançado ano passado. Tenho um problema pessoal com este título aqui no Brasil, por que o preço do game quase sempre fica estacionado no preço de seu lançamento nacional, sem nunca abaixar de forma expressiva. Apesar de que isso mudou pouco desde o Ghost de 2013.

Então parece que cheguei em um bom momento para a franquia, já que o Advanced Warfare apesar de ter recebido boas críticas, não parece ter chamado tanta atenção quanto um Call of Duty geralmente recebe. Normal se for pensar que ele ainda estava tentando se adaptar e entrar em uma nova geração. O reflexo que o multiplayer de Titanfall causou em 2014 também teve um reflexo bem interessante na forma como a Activision precisou repensar em questão do multiplayer de Call of Duty.

Eu senti uma boa desburocratização neste Black Ops III. Claro que aos jogadores mais experientes, que precisam customizar o set de armas, os perks, as opções de poderes etc etc etc ainda se mantém tudo ali presente, porém aos que apenas querem começar a jogar e se divertir, sem a preocupação em aprender cada detalhe de armas ou dos perks e ter estas vantagens dentro do multiplayer, a entrada está bem mais amigável.

Senti que o jogo está mais competitivo, seja para aqueles que jogar de forma mais hardcore quanto aos novatos. Lembra de que quando Titanfall foi lançado, um monte de resenhas e análises por aí comentavam o fato de até mesmo os jogadores sem qualquer experiência com esse tipo de multiplayer ainda conseguia matar oponentes graças aos bots espalhados no mapa? Então, me parece que Black Ops III está buscando exatamente esse equilíbrio de que ninguém é invencível e até mesmo o pior jogador do mundo, ainda consegue matar outros jogadores nesta remodelagem do multiplayer. Todo mundo morre!

Isso é importante alias. Lembro quando tentei com muito atraso jogar o multiplayer de Modern Warfare 2, há alguns anos atrás e o quanto era irritante e frustrante morrer a cada 10 segundos de respawn dentro do mapa. O jogo não dava fôlego para aprender, os jogadores já conheciam todos os cantos dos mapas e os prós massacravam os novatos. Era muito chato! Nessa sentido, ao menos aqui no Beta, com todo mundo aprendendo e conhecendo o game, rolou um equilíbrio bacana, mesmo estando num level 5 contra times já com level 20-30.

Apenas acredito que a Treyarch precisa tomar cuidado justamente com o respawn em alguns mapas. Tive algumas situações onde os jogadores do time pararam de tentar competir e começaram a adivinhar os pontos de renascimento dos jogadores, não dando chances para contra ataques, desequilibrando algumas das partidas que joguei. E foi em um ou dois mapas que vi isso, talvez pelo tamanho, talvez por não terem muitos pontos aleatórios. É algo que precisa ficar de olho para não quebrar o multiplayer nestes casos.

Tirando isso gostei muito da nova ideia de adicionar classes de especialistas e habilidades especiais para cada classe. Ficou incrivelmente divertido isso e dependendo das classes escolhidas pelos jogadores, as partidas acabam sendo diferentes uma das outras, ainda que em mapas iguais. O game te incentiva a mudar a classe e os poderes constantemente e isso torna cada partida bem diferente uma da outra. Pra mim a melhor adição que Call of Duty poderia ter. Espero alias que estes personagens façam parte da campanha, pois todos tem personalidades e sem bem interessantes.

Eu apenas acho que deveriam permitir customizar um pouco o visual de cada classe. Mudar o estilo de cores ou de traje, ou até mesmo o gênero do personagem. No beta não vi nada que indique que isso será possível na versão final do game. Se tiver, ótimo, se não tiver, digo que deveria ter. Seria bacana apenas para não ter partidas com 12 jogadores com 6 deles com a mesma skin de personagem. Há momentos em que isso te joga para fora da imersão da partida.

No geral não joguei o suficiente para destravar tudo que o beta tinha a oferecer. Realmente fiquei apenas no level 6 e testei apenas algumas das habilidades de cada uma das 4 classes principais. Gostei muito da personagem com o arco e flecha, enquanto a que menos curti foi a do cara com a arma de choque. Mas todos são muito bem balanceados e dão suas vantagens apropriadas.

Merece elogios também a parte da mobilidade dos controles. Acho que são os melhores controles que já vi em Call of Duty. Novamente digo que se assemelham muito ao Titanfall, sendo fácil pular alto, andar nas paredes, desviar de tiros, agachar, pular plataformas e até mesmo se movimentar na água! Achei bem impressionante as áreas submersas de alguns mapas e de poder combater inimigos mesmo abaixo d’água. O jogo está muito dinâmico nesse sentido. E achei interessante os mapas não terem necessariamente paredes invisíveis, o jogo apenas te avisa que você saiu do mapa e te mata se não retornar a ele rapidamente, além dos trechos em que você cai em buracos. Os limites estão ali, mas você precisa aprender a respeitá-los. É uma boa decisão de gamer design para não te travar em uma parede invisível, o que melhor a imersão.

Bem, acho que estes foram os pontos que mais me chamaram a atenção. Não me preocupei em testar muitos modos de game, ficando apenas no mata mata em equipe. Não fiquei testando perks ou customizando armas. Não procurei saber se a progressão do beta seria transportada ao game full quando ele for lançado em novembro, então realmente não corri para ter qualquer vantagem quando o jogo for lançamento, afinal duvido que o pegue no lançamento (já que o orçamento de games para este final de ano está no vermelho, infelizmente). Porém na primeira promoção que o ver por aí, com certeza vou querer jogar mais!

Pra encerrar, deixo um excelente vídeo, mostrando as muitas novidades e melhorias que a Treyarch trouxe para o multiplayer de Call of Duty: Black Ops 3, que será lançado no próximo dia 06 de novembro.

Observação – deixo aqui meu agradecimento a UZ Games, que no final de semana antes do beta abrir para o Xbox One, esteve distribuindo códigos para o pessoal em sua página no Facebook. Eu ganhei um código por lá, o que me permitiu fazer o download do beta antes dele ser liberado gratuitamente, o que me poupou tempo e me facilitou jogar um pouco mais do game. Fica aqui os elogios pela iniciativa!

Multiplayer amigável e viciante
Não te obrigado entrar na burocracia da customização de coisas
Movimentação da jogabilidade aprimorada
Adição de classes de especialistas
Partidas mais equilibradas e balanceadas do que versões anteriores do game
É preciso melhorar os pontos de renascimento dos jogadores

Um ótimo beta que dá a vontade de ter o game quando o mesmo for lançado!

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios