JapãoJogando

PS4 & Vita | One Piece Burning Blood revelado e será porradaria! E o caso da falta de multiplataforma…

Um dos anúncios que mais me chamou a atenção na Tokyo Game Show esta semana foi o novíssimo game do One Piece, chamado Burning Blood. Isso se dá porque finalmente a Bandai Namco está preparando um game nos moldes dos jogos de luta da franquia Naruto Storm, que são muito bem sucedidos, diga-se de passagem.

Vale apenas ressaltar que os games da série Naruto Storm são desenvolvidos pelo estúdio CyberConnect2, enquanto One Piece Burning Blood está sendo produzido pela Spike Chunsoft, que também foi responsável pelo incrível J-Stars Victory VS, que foi lançado aqui no ocidente agora em junho. E como não tenho um PlayStation 4 infelizmente não pude conferir o trabalho do estúdio em J-Stars Victory VS, mas parece que muita gente esteve animado com o título quando ele foi lançado alguns meses atrás, já o trabalho da CyberConnect2 com a série Storm estou habituado, já que os games de Naruto são habitualmente multiplataforma e posso dizer que são fantásticos.

Falando em multiplataforma essa é uma das minhas críticas em relação a Bandai Namco e os títulos de One Piece. Os games da série regularmente são lançados aqui no ocidente também, então não entendo o motivo pela qual os games de Naruto saem multiplataforma, enquanto os de One Piece acabam presos somente ao PlayStation. Dragon Ball é um outro bom exemplo, já que seus games também saem no formato multiplataforma. A única coisa que posso imaginar é que os games de One Piece não vendem tão bem aqui no ocidente para justificar que saiam em mais plataformas além dos da Sony. Acho muito estranho essa situação.

Claro que tudo isso pode realmente soar como um mimimi de um dono de Xbox, e deve realmente ser isso, não nego, mas como fã de One Piece, é natural que queira ver a série saindo em tudo quanto é plataforma, quero ver o mangá vendido no mundo todo, quero o animê sendo exibido na maior quantidade de canais possíveis. Porque fã é assim, quer ver a dominação mundial de One Piece, que apesar do sucesso estrondoso no Japão, é notório que neste lado do planeta a marca não tem a mesma força de um Dragon Ball ou Naruto.

UPDATE (28.set.2015) – One Piece Burning Blood está confirmado no ocidente e a Bandai Namco também o levará para o Xbox One! Yeah! Clique aqui para mais detalhes!

Por último, apesar de ainda ser cedo para julgar o game com base em um teaser de 50 segundos, eu espero que One Piece Burning Blood seja um pouco mais do que o que o vídeo apresentou. Eu não fiquei totalmente satisfeito com os gráficos de cenário e ambientação que o teaser apresentou. Há dois cenários, um em Dressrosa e um outro meio genérico em meio a um ambiente de grama baixa e árvores.

Pode parecer uma comparação esdrúxula, mas eu me lembro de One Piece Grand Adventure, de PlayStation 2 e Gamecube, que era um game de lutinha também em um ambiente tridimensional, porém os personagens tinham um visual mais chibi (cabeçudinhos) e os cenários das batalhas desse jogo eram incríveis, indo de lugares famosos da série até mesmo a grandes batalhas em navios no meio de um mar coberto por uma furiosa tempestade, chacoalhando o cenário pra lá e pra cá. Era muito massa e totalmente condizente com o sentimento da série. Vou deixar dois vídeos para matar a saudade desse game que joguei por incontáveis meses e horas.


Novamente. É muito cedo para julgar Burning Blood nesse ponto específico com base em um curtíssimo teaser, mas espero que a ambientação dos cenários sejam tão importantes quando a seleção de personagens e poderes das batalhas. E que One Piece Burning Blood possa ter o mesmo sucesso de Naruto Storm, para talvez futuramente, ela saia em mais plataformas do que apenas no PlayStation.

Vale ficar de olho e acompanhar. AHH! Falando em games de One Piece, a Bandai Namco está até hoje devendo One Piece Super Grand Battle X do Nintendo 3DS aqui no ocidente. O jogo saiu em novembro de 2014 no Japão e até hoje nenhum anúncio da vinda dele pra estas bandas, o que reforça o que venho dizendo a respeito da força e expressividade da marca no mercado deste lado do planeta. Curioso, não?

Bem, que venha Burning Blood!

One-Piece-Burning-Blood

 

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.