AssistindoCinemaVídeos & Trailers

Cinema 2016 | Trailer teaser de Procurando Dory!

Vi bastante gente animada, ontem pelo Facebook, com o primeiro trailer de Procurando Dory, sequência de Procurando Nemo, uma das obras primas da Pixar, que foi lançado – veja só – no distante ano de 2003! É inacreditável a quantidade de anos que já se passaram e quanto tempo a Pixar demorou para concretizar uma sequência. E eu ainda me pergunto o quão relevante ela será.

De qualquer forma há muita gente empolgada com a sequência. A Dory é uma personagem querida por muita gente. Não é pra menos que sites de jogos em browser como o Poki já possui algumas opções com a temática de Procurando Dory. É até meio irônico ter um jogo da memória com a Dory, sendo uma desmemoriada como é. Hahaha. E a coisa segue assim, uns apostando que será uma boa animação, outros ainda no receio – como eu estou – e sempre tem aqueles pé frios que nunca acham que nada vai dar certo. A única certeza no momento é que ainda é cedo para dizer.

Eu torço fortemente para não se tornar um Carros 2, na qual a Pixar colocou o Mate, secundário do filme original em foco e deu no que deu. Não que seja um filme ruim, entretanto não tem nada do impacto e relevância do primeiro Carros. Sendo mais polêmico, eu gosto muito mais de Aviões, que nem é da Pixar – mas se passa no mesmo universo de Carros – mais do que Carros 2!

Voltando ao Procurando Dory, a Pixar já contou um pedacinho da trama da sequência. O filme irá trabalhar no fato da Dory começar a ter lapsos de memórias de sua infância e agora a missão de Marlin e Nemo é reuni-la com sua família. Vários personagens do primeiro filme irão retornar, inclusive a turma do aquário do dentista.

Claro que a Dory é uma personagem interessante e a busca por seu passado pode ser bacana, afinal a forma como ela entra no primeiro filme não diz muito sobre a sua vida antes de encontrar Marlin. É a chance que teremos de aprofundar um pouco mais em sua história. Agora resta torcer para Pixar fazer algo tão envolvente e emocionante quando Procurando Nemo.

Sequência de filmes concebidos para serem algo único são sempre bem complicado. Não é o caso de, por exemplo, Os Incríveis, no qual o filme já clamava por uma sequência (que também está levando mais tempo do que deveria). Há sempre aquela dúvida: repito a fórmula do primeiro filme, amadureço os personagens e crio uma nova proposta? Ou invento algo maluco que justifique uma sequência? Toy Story cresceu com seus fãs, não é exatamente este o caso de Procurando Dory, que alias se passa – segundo informações por aí – apenas seis meses após o final do primeiro filme. Tanto que o Nemo não parece ter crescido muito no teaser. Quem não preferia ver o peixinho um pouco maior? Eu gostaria.

Enfim, não quero ser negativo, mas também ainda não consigo ser positivo. Acho que terei que esperar mais um pouco, e mais alguns trailers. Não que eu precise para me convencer para ir conferir o filme no cinema. Eu apenas quero ir um pouco mais empolgado. E há tempo até lá, já que a estreia está programada para junho de 2016 nos Estados Unidos. Aqui no Brasil eu suspeito que chegue no final de junho ou começo de julho. Faz sentido com o apelo do público e as férias escolares.

procurando-dory-003

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios