JogandoRedes Sociais

Minipost | +Dishonored 2 (3)

Miniposts são pequenos aperitivos em forma de imagens ou vídeos com pequenos textos compartilhados pelas redes sociais do Portallos. O feed (origem e ordem cronológica) destas publicações é nosso Instagram.

Verticalidade

Esta semana completa um mês desde que comecei a mostrar pequenos momentos de Dishonored 2 neste formato esporádico em pequenos vídeos. Já são mais de dez clips e ainda não me cansei de falar sobre alguns aspectos do game por aqui.

Esse é um título que tem sido uma surpresa completa, lançado no final do ano passado e que passou um pouco batido diante de tantos lançamentos de fim de ano. Já devo ter mencionado isso, mas repito, sua experiência tem sido incrível, ficará na minha memória sem dúvida alguma.

Cada capítulo é uma odisseia, cada missão é longa e demorada, só que o jogo não enjoa, não cansa. A cada missão, novas descobertas, novas maneiras de jogá-lo.

Este é um clip mais antigo, de uma das áreas que previamente venci. Só o gravei para mostrar a verticalidade do game, que não se limita a ser um jogo na qual o jogador fica apenas no chão.

Dá para subir em basicamente qualquer lugar, sendo que há segredos espalhados para todos os cantos. Seja num quartinho escuro que dá acesso ao topo do elevador, seja em um ninho de passarinho no topo do prédio mais alto da ilha desta missão.

E o cenário ao redor então? Fenomenal!

Bruxas!

Seguindo adiante na aventura, eis um momento do quinto capítulo da campanha. Mais especificamente quando entro em desespero e descubro que agora os inimigos também possuem poderes sombrios, como os que eu aceitei daquela estranha figura no começo do game!

As bruxas se teletransportam para o nível na qual estou escondido, fora que os ataques são menos eficientes já que elas também se teletransportam ao receber ataques.

Não são inimigas tão complicadas de se derrotar (se pegar uma de cada vez) quanto os robôs autônomos, mas são assustadoras pra caramba!

Cachorro!

Para tornar a situação ainda mais sinistra que tal os cachorros infernais no game? Estes possuem um senso de perigo um pouco maior do que os humanos. E são extremamente rápidos quando ouvem algum barulho.

É preciso ser ágil para derrotá-los. Não é possível apenas nocauteá-lo. E aqui, nesse clip em questão acabo descobrindo que eles ressuscitam! Holy crap!

A aventura continua… Emily continua sua jornada em busca de respostas e de meios de derrotar (e destronar) Delilah, além de salvar seu pai. Ainda não estou próximo do final do game (porém já se passou mais da metade da aventura).

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.