JogandoRapidinhas

GDC 2018 | Atari está desenvolvendo um novo console, o Atari VCS!

Na realidade, não é de hoje que a Atari diz estar desenvolvendo um novo console, porém desta vez a coisa parece engajada. Esse projeto no passado era apelidado como Ataribox, o que é normal que todo novo console receba um codinome antes da decisão do nome oficial para o mercado final. E assim, na GDC (Game Developers Conference), que aconteceu nos Estados Unidos semana passada, o Atari VCS (Video Computer System) foi oficialmente anunciado e diversas informações e detalhes a seu respeito também foram divulgados.

Vou repassar aqui algumas destas informações, mas saiba que detalhes importantes como preço, line-up de jogos no laçamento e o preço do aparelho ainda foram revelados e a Atari diz que ainda está trabalhando nos acertos finais de tais informações e irá compartilhar com o público quando for o momento certo. Para quem quiser ficar de olho há o site oficial e páginas nas redes sociais, Facebook e Twitter, que irão informar quando mais detalhes estiverem prontos para serem divulgados.

Outro ponto importante de se reforçar: não há qualquer anúncio de que o console vá ser oficialmente lançado em nível global, em diversos países e tal. Estados Unidos, Canadá e Europa certamente devem recebê-los, mas ainda é muito cedo para esperar o Atari VCS aqui no Brasil. É mais algo que certamente veremos ser importado para cá pelo mercado cinza, e quem sabe posteriormente por terceiros interessados em algo mais oficial. Resta aguardar.

Enfim, o que é o Atari VCS? Trata-se de um novo sistema que a Atari está montando para servir como uma central de PC ligado direto na TV. A Atari afirmou categoricamente na última semana que não se trata de mais um retro console, como o NES ou SNES Classic. Os fãs do console da década de 70 podem esperar que muitos clássicos irão estar no aparelho, porém a empresa tem conversado com estúdios e empresas para trazer também games modernos à plataforma, possivelmente com um foco aos indies. Clássicos do Atari reinventados e modernizados também estão em estudos e planejamento, ainda que não haja nada que possa ser mostrado no momento.

O console também terá conexão com internet, possibilitando games online, além de trazer suporte a aplicativos de entretenimento, possibilitando que serviços como Netflix possam estar em seu catálogo de apps. Parece interessante a ideia de que o aparelho poderá fazer muito mais do que um NES Classic pode fazer, ainda que isso claramente possa vir a impactar seu preço final a meu ver.

Ainda não foi revelado as especificações técnicas do Atari VCS , pois a empresa diz que ainda está trabalhando nos aspectos finais para que possa revelar tudo isso, mas que o aparelho irá se equiparar com a performance que um laptop de última geração se comporta para games. O Atari VCS terá suporte a 4K, HDR e 60fps, o que novamente me faz pensar quanto o mesmo custará. Também já se sabe que o console terá entradas em USB para HDs externos, o que significa que não será um console fechado com games em sua memória, ou um com espaço limitado para aquisição de novos títulos.

O console virá com dois tipos de controles, um clássico, que lembra muito o antigo console do Atari 2600, aquele que muitos que cresceram aqui no Brasil dos anos 80 certamente o conhecem, e também um console moderno, que lembra muito o modelo atual do Xbox. Outros acessórios estão em estudos, mas devem ser vendidos à parte. Ambos os modelos de controle virão com o videogame.

Espera-se que o console entre em pré-venda no final de abril de 2018, ou seja, não estamos tão longe do preço final e eventualmente das muitas indagações que o console parece levantar.

O que acho do Atari VCS? Não vou mentir, eu gostei. Culpe a nostalgia, obviamente, mas eu achei um console interessante. A Atari comentou a possibilidade do console ter certa compatibilidade com o Steam, pois sua arquitetura realmente será muito parecida com um PC, mas obviamente isso não quer dizer que o aparelho conseguirá rodar de tudo. Mesmo assim é uma ideia legal, de levar parte da Steam para um console ligado direto na TV da casa.

Toda a parte retro é legal, ainda que os títulos do Atari hoje em dia são apenas… ruins? Ao menos terrivelmente envelhecidos pelo tempo. São games que você pega para jogar por 5, talvez 10 minutos e parte para outra coisa. Seria ótimo se o console já viesse com quase toda a biblioteca clássica em sua memória, que convenhamos não ocupa quase nada de espaço nos dias de hoje, olhando principalmente o tamanho que os games modernos possuem.

Minha única preocupação mesmo é com o preço final. Para ter tudo que a Atari que quer o VCS tenha, ele não vai custar o que um SNES Classic custa. De jeito nenhum. E querer competir com os consoles de atual geração é um erro a meu ver. Não parece ter espaço para mais um console. A menos que ele tenha coisas que os demais concorrentes não possam ter. E os clássicos do console não vão ser o suficiente, mesmo que remasterizados ou reinventados.

Mas o mercado de games é imprevisível as vezes. Nunca se sabe exatamente quando algo vai ser bom ou ruim. Como a comunidade irá abraçar. A Atari já foi uma gigante no passado, reinventou e revolucionou o mercado de videogames caseiros. Seria de cair o queixo se a empresa conseguisse um lugarzinho no atual mercado, especialmente depois de ver o que os retro consoles tem conseguido e até mesmo olhando e aprendendo com fracasso como o Ouya. Quem sabe! A indústria de games tem trilhado um caminho estranho nos últimos anos, onde muitos dizem que a produção e os altos custos dos jogos tem tornado parte desse mercado insustentável. Ver a Atari tentando algo é muito intrigante. Acho que vale a pena torcer a favor.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.