JogandoRapidinhas

Kingdom Two Crowns segue em desenvolvimento, eis alguns detalhes

Kingdom: New Lands é um jogo legal pra caramba. Sabe disso, não? Cheguei a descobrir isso em 2016, quando uma versão para os atuais consoles foi lançado. Tem impressões do jogo aqui no site, caso você não saiba. E agora os criadores estão desenvolvendo uma sequência chamada Kingdom: Two Crowns.

O anúncio oficial aconteceu ano passado na GDC 2017 (Game Developers Conference) e desde então a Raw Fury e o desenvolvedor Thomas van den Berg (@noionl) não falaram muito mais a respeito do game, que não fosse pequenos apontamentos em suas contas no Twitter aqui e aqui eventualmente. Até mesmo teaser trailer é dessa época e não diz muito sobre a sequência. Mas mesmo assim o coloquei mais abaixo dessa postagem.

Na ocasião Kingdom: Two Crowns foi anunciado como um título para PC & Switch. E só! Porém agora já se sabe que versões para Xbox One e PlayStation 4 também já estão em desenvolvimento. Para mobile também, mas não vão chegar junto com a versão das demais plataformas, sendo muito provável que nos dispositivos portáteis o novo game só chegue em 2019.

Talvez em virtude da aproximação da E3 2018, que se inicia na segunda semana de junho, a Raw Fury resolveu quebrar um pouco esse silêncio de rádio e reuniu algumas informações sobre o título que haviam sido repassados de forma bem contida via Twitter ao longo destes últimos meses e detalha-las um pouco mais. Achei interessante o conteúdo e resolvi repassar por aqui também algumas coisas.

https://www.youtube.com/watch?v=9ErDe2rCcW8

Até porque, se for olhar apenas o teaser do anúncio, muito destes detalhes não foram mencionados lá. Exceto a novidade que Kingdom: Two Crowns teria como diferencial o suporte a um modo multiplayer cooperativo para dois jogadores, o que por si só é realmente algo bem legal.

Novidades para sequência

Vamos lá. Então ainda no assunto do multiplayer está confirmado que o jogo vai ter suporte ao cooperativo para dois jogadores tanto na modalidade local quanto online. Uma informação sempre bacana de se mencionar vindo da esfera dos jogos independentes já que nem sempre os estúdios menores conseguem colocar a função online. Two Crowns terá. Ótimo!

O game também terá um modo campanha que irá fugir um pouco do estilo roguelike do primeiro. Haverá uma progressão linear nesse modo, com eventos e objetivos focados para o jogador progredir por uma história. Sem tanta coisa acontecendo de forma aleatória e randômica como é o modo principal do primeiro game. Entretanto quem gosta dessa pegada procedural pode ficar tranquilo que a sequência também terá uma modalidade à parte da campanha que funcionará desta forma.

Também foram mostrada uma arte que indica que a progressão e evolução do reino. Que agora poderá chegar a era do ferro, com uma tecnologia  mais avançada do que até onde se podia ir no game anterior. E mais novidades nessa direção de ambientes e construções devem ser mostradas posteriormente.

Outra coisa que também achei bem legal foram as novas montarias. Um lagarto gigante que cospe uma parada verde (ácido?) juntamente com um pássaro que lembra um hipogrifo estão entre as novas opções presentes no jogo. Parecem realmente irados.

Há também todo um trabalho técnico para melhorar a arte como um todo do jogo. Personagens com mais detalhes e também com diferenças entre estes detalhes, como vestimentas. Todo o ambiente ao redor, monstros, montarias e itens que são característicos do primeiro game estão recebendo novas artes e aprimoramentos para que Two Crowns não seja, artisticamente, com a cara exata do primeiro game.

E é isso. Agora é aguardar a E3… e quem sabe um novo e atualizado trailer!

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios