Animações inspiradas em quadrinhos brasileiros em produção; Condomínio e Super Punk

Produtora Chatrone acredita no potencial desse segmento no mercado audiovisual e anuncia novos projetos

Na última década, no mercado audiovisual global, foram lançados mais de 50 títulos baseados em histórias em quadrinhos. Isso apenas nos cinemas, sem contar as adaptações para a TV. E um mercado que, pouco a pouco, começa a contribuir para esse cenário é o de quadrinhos brasileiros.

Para os sócios-fundadores da Chatrone, a showrunner e roteirista Carina Schulze e o produtor Aaron Berger, o mercado oferece várias oportunidades e a empresa já deu os primeiros passos para embarcar nessa vertente de trazer quadrinhos nacionais para o cinema e televisão.

Aaron e Carina têm bastante experiência com quadrinhos: ambos já trabalharam como agentes em Los Angeles, tendo entre seus clientes artistas de graphic novels. Carina negociou a adaptação Cowboys vs. Aliens e Aaron foi essencial na negociação de filmes baseados em HQs como 30 Dias de Noite e  Homens de Preto II.

Em 2012, os dois fundaram  a Chatrone América Latina no Brasil, para a produção da série teen Gaby Estrella. Desde a abertura, uma de suas maiores ambições para a produtora era, por meio dela, trazer para o mercado brasileiro sua expertise na adaptação de HQs para obras audiovisuais.

Em 2016, o produtor executivo Rodrigo Olaio, passou a integrar o time, como responsável pelos projetos de animação da Chatrone. Desde sua chegada, o estúdio de animação da produtora já tem dois grandes projetos em andamento, baseados em HQs nacionais: a série Condomínio, uma parceria com a produtora Migdal Filmes, inspirada nos personagens de várias obras da cartunista Laerte; e Super Punk, produção infantil adaptada do quadrinho independente do também brasileiro Guilherme Petreca.

A expectativa é de que estes projetos contribuam para colocar o Brasil entre os principais países produtores de animação. “Estamos muito entusiasmados  em desenvolver essas duas séries. Nossa ideia é manter a essência tipicamente brasileira das obras originais, mas criar algo que seja universal o bastante para ter apelo no mercado internacional”, afirma Rodrigo.

Condomínio, por exemplo, traz diversos personagens dos quadrinhos da cartunista Laerte – entre eles, a transexual Muriel, o mafioso Don Luigi, Deus e a psicóloga Beth – morando no mesmo prédio.

A série vai acompanhar o cotidiano desses personagens, mantendo o humor ácido das tirinhas, característico de Laerte.  “A série tem vários personagens que são uma caricatura de coisas que a gente vê no Brasil – um síndico que adora abusar do seu poder no prédio, um porteiro que vive armando esquemas para arranjar uma grana a mais no fim do mês. Colocamos esses personagens em situações que pessoas em qualquer lugar podem se identificar. Quem nunca, por exemplo, teve pânico de pegar elevador com um vizinho e ter que puxar papo? É nessa mistura do universal e do local, que a gente aposta”, diz Carina Schulze, roteirista e cofundadora da Chatrone.

A animação trará também críticas a acontecimentos mundiais, incluindo política nacional e internacional. Condomínio será exibida pelo Canal Brasil, em 10 episódios de 11 minutos de duração – cada um dividido em pílulas de aproximadamente dois minutos.

A outra aposta da Chatrone no mundo dos quadrinhos, a série infantil Super Punk, tem como protagonista uma garotinha de 13 anos chamada Violeta. Super heroína, ela luta contra monstros que invadem sua cidade natal e só ela pode ver. Sua única arma serão os poderes que ela ganha ao ouvir música punk, que aprendeu a gostar com o seu avô Rufus, um rebelde nos seus tempos de juventude.

Outro aspecto interessante dos quadrinhos independentes no Brasil é o fato de muitos deles começarem na internet ou financiarem publicações impressas via financiamento coletivo. Assim, muitos projetos já vêm com uma fanbase, o que pode ajudar no reconhecimento e divulgação do projeto.

A Chatrone tem em vista a produção de obras que se destacam pelo conteúdo e apelo mercadológico, sendo os quadrinhos brasileiros uma excelente aposta para o mercado audiovisual, principalmente pelo fato de sermos um país que consome muitos produtos adaptados de HQs, como os filmes de super-heróis e afins. As duas séries produzidas pela Chatrone ainda estão em desenvolvimento – Condomínio tem previsão de estreia para 2019 e Super Punk para 2020.

Super Punk – HQ de Guilherme Petreca

Sobre Rodrigo Olaio – É produtor executivo de projetos de animação da Chatrone. Começou sua carreira em 2001, no estúdio Creatura, e trabalhou em projetos como a série “Peques Olímpicos”, para a mexicana TV Azteca, e o programa brasileiro TV Xuxa, da Rede Globo. Em 2006, fundou, com outros três sócios, a Mono –  estúdio de animação que se destacou como um dos nomes da produção 3D do Brasil. Ingressou em 2013 na Cinefilm, onde abriu um núcleo de animação e coordenou o núcleo de pós-produção, fazendo três temporadas da série “Que Talento!” e a primeira temporada das séries “Juacas”  e “Dino Aventuras, sucessos de audiência em diversos países da América Latina e Europa. Hoje se dedica às produções da Chatrone no mercado brasileiro e internacional.

Sobre Carina Schulze – Carina Schulze é roteirista, produtora e fundadora da Chatrone. Nos EUA, Carina produziu o longa de animação THE BOOK OF LIFE (FESTA NO CÉU), distribuído pela FOX. O filme foi indicado ao GLOBO DE OURO de Melhor Longa Metragem de Animação e ganhou um ANNIE de melhor Design de Personagens. No Brasil, trabalhou como showrunner de GABY ESTRELLA, série musical com três temporadas (124 episódios) exibidas pelo Gloob e um longa lançado em 2018. Carina é Produtora Executiva e Supervisora de roteiros da série de ação SEM VOLTA, uma co-produção com a Panorâmica exibida em 2017 na Record, e criadora e showrunner da série de aventura JUACAS, exibida pela Disney Channel e Disney XD em toda América Latina, incluindo o Brasil, e Itália, onde foi primeiro lugar de audiência no canal. Atualmente, ela é showrunner de uma série canadense para a Discovery Kids e desenvolve vários projetos para players internacionais, dentre eles Amazon US.

Sobre Aaron Berger – Aaron D. Berger co-fundou a Chatrone, LLC junto com Carina Schulze em 2007. Antes da parceria com Carina, Aaron já havia fundado as empresas AniManagement, LLC e Quattro Media, LLC. Ambas as empresas são fruto da paixão de Aaron por arte e storytelling. Entre seus clientes, há grandes talentos em todas as esferas do mundo da animação: roteiristas, diretores, artistas, designers, criadores. Aaron ajudou a alavancar as carreiras de diversos artistas de sucesso no mundo do entretenimento e da cultura pop. Entre as obras que Aaron ajudou a desenvolver estão títulos como Jimmy Neutron – tanto a série de TV quanto o filme. Atualmente, ele se dedica com a mesma paixão ao desenvolvimento e produção de propriedades intelectuais para o mercado gobal.

Sobre a Chatrone – A Chatrone foi fundada por Carina Schulze e Aaron Berger, produtores do longa de animação “Festa no Céu” (FOX), indicada ao Globo de Ouro. No Brasil, produziram “Gaby Estrella”, série musical infantil para o canal GLOOB, indicada ao Emmy Internacional 2015 e ao BANFF – Festival no Canadá. Em 2017, a Chatrone estreou a série de ação “Sem Volta”, na TV Record e no canal A&E, e “Juacas”, no Disney Channel e Disney XD. O longa-metragem Gaby Estrella – o filme, com roteiro de Carina Schulze, estreou nos cinemas em janeiro de 2018. Em 2016 recebeu a entrada do sócio Rodrigo Olaio para crescer a divisão de animação da empresa. Atualmente, a empresa está desenvolvendo a primeira série da Amazon Studios criada na América Latina e trabalha também no remake da famosa série dos anos 80, “Nossa Turma” (Get Along Gang), além de diversos outros projetos.

// Comunicado enviado via assessoria de imprensa da Chatrone //

modelo-squareCurtiu esse texto? Gostou do site?

Então dê aquela força seguindo e curtindo a nossa página no Facebook! — Quer mais interação? Temos um grupo (ainda pequeno) para leitores por lá, o Clube Secreto. Fica aí o convite! Quer ver o site crescer? Talvez você possa contribuir com isso se tornando um apoiador do site lá no Apoie.se.

Tags from the story
, , ,
More from Thiago Machuca

Zamasu junta-se à luta em Dragon Ball FighterZ (Atualizado)

Zamasu, o calmo aprendiz de Supremo Kaioh traz seu estilo mortalmente metódico para DRAGON BALL...
Read More