Multiplayer, Battle Royale e Zumbis, a aposta de Call of Duty: Black Ops 4

Já publiquei diversos releases nestes últimos meses a respeito de Call of Duty: Black Ops 4, mas não tive muito tempo para escrever um pouco do meu sentimento para a com a versão deste ano da franquia. Resolvi fazê-lo agora, algumas semanas antes de seu lançamento.

Falar sobre um game sem tê-lo testado é sempre um desafio. E quase sempre a margem de erro é enorme. Infelizmente também não testei os betas do game que rolaram ao longo das últimas semanas. Todos foram fechados e exclusivos para aqueles que reservaram o jogo (exceto no PC, que foi liberado para todos). E aí todos os betas, seja do multiplayer, quanto do novo modo Blackout, passaram meio batidos. Ainda me pergunto se a Activision não vai arriscar um beta aberto nos consoles  quando estiver mais perto do lançamento do jogo…

Enfim, o caso é que Call of Duty: Black Ops 4 é uma aposta interessante da franquia este ano. O novo vídeo (este abaixo) – que me motivou a escrever este post – apesar de ressaltar as três modalidades que estarão presentes no game também me lembrou que este ano não haverá um modo campanha, com uma tradicional história para guiar os fãs dessa modalidade. Black Ops 4 tem como foco principal uma experiência totalmente multiplayer. Um desafio para a série, sem dúvida alguma.

Não que não haja modalidades para serem testadas em single player. A Treyarch havia mencionado alguns meses atrás que haverão algumas missões mais focadas em apresentar alguns personagens, aqueles classificados como Especialistas na série, e que elas seriam um pouco além do que um mero tutorial individual de cada um, apresentando história e contexto do universo da série para tais personagens. O próprio modo Zombies poderá ser ajustado para funcionar também para uma experiência single player, ainda que é claro que o mesmo seja bem mais interessante quando se jogado em multiplayer.

E não vejo problemas em eliminar a tradicional campanha do game e dar um foco direcionado a diferentes tipos de experiências de multiplayer online. Sendo uma franquia anual, que vende muito bem mesmo quando vende mal, estando entre os jogos mais vendidos ano após ano, Call of Duty pode dar se o luxo de testar coisas diferentes. Até porque raramente o faz isso. É difícil mexer (muito) em time que está ganhando.

Minha única crítica é o atual formato de venda da franquia. Este novo trailer reforça essa minha sensação. Você compra um game que te oferece três coisas muito bem separadas: multiplayer online tradicional, modo horda com zumbis e agora um novo modo Battle Royale. São três coisas muito bem diferentes uma da outra.

Já faz alguns anos que venho dizendo se não seria interessante desvincular o modo zumbi dos games principais da série. O estilo, a ambientação, a caracterização dessa modalidade sempre destoa de todo o resto do pacote. Sou da opinião de que essa é uma modalidade que se daria bem sendo vendido à parte, talvez no primeiro semestre de cada ano, talvez em uma preço mais amigável no formato digital. Um aperitivo antes do título anual que sempre sai perto do final do ano.

Ou seja, a Activision não poderia estar oferecendo parte destas experiências de forma separada. Talvez por um preço menor. Penso nisso quando lembro como a série tem um alto preço de mercado, especialmente quando somado ao seu Passe de Temporada, que por ter muito conteúdo – e de fato tem mesmo, o suficiente para quase um ano de constante atualizações – custa quase o preço do jogo em si.

Mas estes questionamentos sempre ocorrem com estas franquias anuais. O que tem a oferecer ano a ano, como a comunidade fã destas séries são incrivelmente fiéis e sempre ativas. Porque quantidade é muitas vezes melhor do que qualidade. E como alguns jogos estão sacrificando boas experiências solo e de narrativas intrigantes pela repetição de uma experiência multiplayer interativa.

Com Call of Duty: Black Ops 4 a Activision está apostando de forma diferente este ano. Talvez uma aposta óbvia, seguindo a tendência do mercado e do fortalecimento do eSports. Parece inteligente. Os resultados veremos nos próximos meses, após o lançamento do game. Será que os fãs irão sentir muita falta daquilo que não será encontrado na versão do game deste ano? Ainda não sei responder a isso. Black Ops 4 chega no próximo dia 12 de outubro.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
More from Thiago Machuca

A batalha pela Terra atinge o Cosmos, Seiya e Shiryu estarão em JUMP FORCE

A BANDAI NAMCO Entertainment America Inc. revelou que Seiya de Pégaso e...
Read More