JogandoRapidinhas

Zeladoria infernal, Draw Chilly agora tem vagas no Nintendo Switch e PC

Purgatório precisa de novos zeladores

Estou um pouco atrasado em notificar, mas antes tarde do que nunca. Enfim, Draw Chilly é um jogo independente na qual o purgatório precisa de um novo zelador para lidar com certos “problemas operacionais”, envolvendo macacos, pintinhos e outras bizarrices surreais. O título chegou em 12 de novembro ao Nintendo Switch e PC. E é um destes jogos que talvez você deva conhecer.

O título é uma produção do desenvolvedor independente AZAMATIKA, enquanto sua distribuição ficou a cargo da HypeTrain Digital. O jogo segue um ritmo altamente arcade, destes em quê o jogador sobrevive por ondas e mais ondas de caos até não conseguir mais lidar com o frenesi da situação.

Como mencionado no começo, aqui você é o zelador Vladimir, encarregado de cuidar de alguns problemas que estão acontecendo no purgatório. Vladimir é o chefe encarregado de um imenso elevador, que precisa continuar subindo e seus subordinados precisam continuar fazendo suas tarefas, dentre elas rodar as manivelas para que o elevador permaneça operacional. Porém você terá que lidar com uma horda de inimigos, sendo a maior parte deles macacos, que vão ficar lhe atrapalhando de forma massiva e caótica. Pintinhos vão cair pela plataforma, e você deve recolhê-los para subir de nível e poder recrutar ainda mais subordinados, que vão lhe ajudar na tarefa de expulsas os macacos.

Depois de uma narrativa tão pé no mão, com altas doses de realismo, não tem como não se sentir interessado por esse jogo, correto? Mas calma, você ainda pode invocar os quatro cavaleiros do apocalipse para lhe dar uma mão caso as coisas fujam demais do controle. Ah e sim, há minhocas gigantes e galinhas voadores que entregam caixotes que lhe permitem ganhar novas habilidades, dentre elas uma chave inglesa gigante para golpear os macacos. Sim, tudo faz muito sentido nesse jogo.

Brincadeiras à parte, acho que videogames tem esse potencial mesmo de extrapolar o senso comum das coisas. É só um palco surreal e divertido para coisas bizarras acontecerem. É um arcade realmente puro, que desafio o jogador a sobreviver até onde puder. Há diferentes mundos, habilidades e humor negro dentro de sua proposta. Isso sem esquecer uma bacana pixel art que dá o tom necessário ao visual que tal o título parece buscar.

Certamente é um título a se conhecer. Já está disponível nas plataformas mencionadas, PC e Switch, e é um jogo independente realmente pequeno. O desenvolvedor tem um site realmente modesto para os jogos a qual já produziu, assim como a HypeTrain Digital tem um perfil no Twitter que traz informações de seus lançamentos, além de também ter um site oficial. Draw Chilly soa como um destes jogos independentes que sabe brincar com um humor estranho e bizarro, sem perder o ritmo da piada. Vale a indicação.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.