LendoNas BancasRapidinhas

Com um novo visual, Zé Carioca ganhará novas histórias produzidas no Brasil

Estreia de uma nova fase terá início em Aventuras Disney #18

Em uma Live realizada ontem, dia 28 de julho, a Editora Culturama, casa atual dos quadrinhos Disney no Brasil, anunciou o retorno do querido papagaio Zé Carioca em inéditas aventuras em quadrinhos. Para este momento foram anunciadas quatro novas histórias, sendo publicadas uma por mês a partir de setembro, na revista Aventuras Disney. A maravilhosa capa de retorno, você confere logo abaixo.

Durante a transmissão alguns detalhes interessantes foram mencionados, como o esforço da editora já há um bom tempo para conseguir a autorização para produzir histórias inéditas do personagem, assim como um breve relato sobre a história da publicação e produção dos quadrinhos Disney no Brasil, que durante muitas décadas foi um dos pilares da produção disneyana nesse formato, a qual reinventou e criou diversos personagens que até hoje são queridos e até mesmo usados mundo afora, por outros países.

Zé Carioca chegou a ter uma revista mensal que circulou nas bancas do país por longos 57 anos. E este não é o primeiro ensaio de um retorno a produção de novas HQs. Em 2013, quando estas revistas ainda estavam sob a tutela da Editora Abril, houve algumas tentativas de se produzir novas histórias. Mas não durou muito, sob as críticas na época de que muito pouco se fez afim de atualizar o personagem e suas histórias, que no geral se pareciam demais com tudo que já se havia feito com o personagem. Vale voltar um pouco mais nessa linha do tempo e apontar que as histórias inéditas do personagem foram interrompidas lá em meados de 2001, enquanto que sua própria revista mensal passou a sobreviver por quase duas décadas apenas com republicações (de tamanho que é o material de décadas de produção nacional). A revista Zé Carioca chegou ao seu fim em julho de 2018, na edição #2446.

A Editora Culturama assumiu a publicação dos quadrinhos Disney em março do ano passado, porém sem acesso ao material produzido por décadas pela Editora Abril (material este que segue perdido em algum limbo burocrático, sem que ninguém até hoje tenha dito se é possível ser recuperado), e portanto, limitada apenas a publicar material produzido em outros países (com o compromisso de que tudo seria inédito aqui no Brasil). Com estas regras definidas, logo ficou claro que a mensal do Zé Carioca seria um dos títulos que não retornaria em sua fase de estreia.

E esse retorno, de uma revista própria, ainda não deve acontecer tão cedo. A Editora não está preparando uma revista solo do personagem, pois claramente isso exigiria um grande conteúdo de produção mensal para preencher as 60 páginas do atual modelo da editora. Pense que precisariam de cerca de 5 a 6 histórias por mês. Exigiria altos custos, muitos roteiristas e desenhistas trabalhando simultaneamente em prazos super apertados. Para a atual realidade, isso não parece possível.

A solução, mais do que acertada, é de uma história inédita sendo publicada em uma mensal que se encaixa com a proposta de ter uma variedade de personagens protagonizando suas próprias histórias: Aventuras Disney. — Se bem que, hipoteticamente, Zé Carioca também poderia estar presente em Histórias Curtas (até mesmo com HQs até menores, de 6 a 7 páginas). Fica aí a sugestão senhores editores da Culturama.

Novo visual e pré-venda

Além disso, na transmissão de ontem, também se comentou sobre o novo visual do personagem, que agora terá um novo chapéu (adeus maldito boné!), camisa branca e jeans. O clássico terninho também precisava mesmo ser aposentado, tento em vista a tropicalidade do Rio de Janeiro, local aonde se passam as histórias do personagem, na ficcional Vila Xurupila.

Para quem ficou animado com a notícia, a editora abriu a pré-venda da edição de retorno do Zé Carioca em sua loja digital. A edição trará a tal aventura de retorno do personagem, composta de 11 páginas, além de alguns matérias extras sobre a origem do Zé Carioca, além de outras histórias que compõe o editorial da revista (que tem acertado bastante em sua seleção de HQs nestes últimos meses). O preço da revista é R$ 6,90. Quem é assinante das mensais não precisa fazer nada, esta edição está garantida em seu lançamento.

Aliás, quem não é assinante, deveria cogitar, já que a editora ainda apresenta alguns problemas com distribuição destas revistas em bancas e vários pontos de vendas em diversas regiões do Brasil. Devo admitir que depois que me tornei assinante, não me estressei mais com a odisseia de encontrar as revistas em minha cidade todo mês. E há novos pacotes bem legais (e com preços acessíveis). As mensais tem tido um belo tratamento de seleção de HQs, muito melhor do que a dos meses iniciais, enquanto que o acabamento segue em uma qualidade muito superior ao que era durante a fase da Editora Abril.

Para terminar, a editora também comentou alguns dos nomes que estarão presentes na produção nesta fase inicial das quatro novas histórias. Moacir Rodrigues Soares (desenhista), Arthur Faria Jr (roteirista), Carlos Edgar Herrero (desenhista), Cris Alencar (colorista), Fernando Ventura (colorista) estão entre o time selecionado para abrir essa fase. Um time de estrelas que já trabalhou no passado dessa produção e que tem uma longa experiência com os personagens. O editor Paulo Maffia chegou a mencionar que há um desenhista novo nessa equipe, mas não revelou seu nome.

E é isso, o papagaio retornou. Faço aqui meus votos para que esse retorno seja realmente relevante ao legado do Zé Carioca. Que não pegue pelos erros da Editora Abril em 2013, que apenas fez mais do mesmo. O novo visual, sem a megalomania de dar uma revista própria ao personagem, com um retorno mais calmo, para sentir os fãs e o público, me parece super sensato. Gostei do que vi até aqui. Resta agora esperar Aventuras Disney #18. Só vem!

 

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.