Lendo

Review – Superman & Batman – Nº 35

Acabando os reviews de Maio. Semana que vem já começo os de Junho. o/

Sinopse Panini: Superman & Batman: na conclusão de Homens Metálicos surge… OMAC! Arqueiro Verde: Batman contra Tijolo! Ollie versus Capuz Vermelho! Aquaman recebe convidados muito especiais para o funeral de um grande amigo! E ainda: Tropa dos Lanternas Verdes!

Eu li:
Superman & Batman: Chega ao fim a trama dos Homens Metálicos e Braniac! A trama que não tem nada demais em termos de ação que já não tenha visto nas histórias do super e do morcego tem outros elementos mais interessantes. Como o fato do Batman revelar que um dos protótipos do projeto OMAC envolvia um ciborgue ao invés dos vírus que infectavam os humanos, e é exatamente esse protótipo que Braniac rouba das empresas Wayne. Também há o fato que o vilão não conseguir controlar tão bem assim os Homens Metálicos e isso ocasiona a sua derrota, que mais uma vez o vilão escapa. Braniac sempre escapa, mesmo derrotado, incrível isso. As discussões de Clack e Bruce em relação a esta obsessão do deste em continuar com o projeto OMAC também leva a reflexões interessantes como o fato de ainda haver uma moeda gigante na Batcaverna. No fim, aquela frase “acredita mesmo que eu só tenha um plano de contigência?” dita por Bruce, mostra que nem mesmo Superman pode controlar Batman.

Aquaman: Venho reclamando de Aquaman faz um bom tempo, desde que comecei os reviews por aqui. O caso é que finalmente a revista deu uma melhoradinha. Com o velho Aquaman finalmente morto, apesar de ainda não haver tantas respostas as dezenas de perguntas que a revista fez em quase um ano, a história entra nos eixos e no ritmo novamente. Participação de alguns dos personagens DC da Liga antiga no velório do Aquaman original e a história segue seu rumo indo as mistériosas esgotilhas de teletransporte e a cidade de Sub Diego que foi tomada por um vilão. As coisas estão melhorando, vamos ver mês que vem. Até o traço da revista ficou mais agradável e menos “rabiscado”.

Arqueiro-Verde – Enxergando tudo em Vermelho, Parte 3: A melhor história do mix!! Batman vesus Tijolo e Oliver vs Jason Todd!!! Batman tem certas dificuldades com Tijolo, que está seguindo as instruções de Jason. E, Jason, apesar de esperto, também não tem tanta facilidade assim com Oliver. O diálogo entre eles é ácido e cheio de humor. Penau que n fim ele ainda não consiga dar conta de Jason, que até o momento parece ser o vilão invencível da DC, ninguém pega o cara, talvez por consideração devido a sua história como Robin ou talvez porque ele em determinados momentos parece um Coringa sem a insanidade palhaça e se torna um inimigo altamente mortal. Em paralelo, o Exterminador migra para sua vingança contra Oliver e Mia, a Ricardita, é presa numa armadilha de Jason! Excelente!!

Tropa dos Lanternas Verdes: Muita coisa acontecendo em paralelo na revista da Tropa. Guy tomando sermão pelo que aconteceu recentemente em suas férias e tanto que ir auxiliar recrutas num local do espaço… enquanto isso 2 lanternas em Mogo, alias eu não entendi muito bem o que é bem mogo, já que sou novato nas histórias da Tropa, mas parece ser um lugar onde os Lanternas vão para achar sua harmonia interior… e a Lanterna Natu, na linha de enredo mais interessante em sua planeta natal ajudando os mendigos, quando a polícia chega. Kilowog surge com a nova parceira de Natu. Ele parece bem estressado e no fim segue para Mogo, onde sem que ninguém perceba, tem inúmeros microorganismos amarelos rondando o planeta. Será que Kilowog será vítima da Tropa Sinestro? Excelente HQ, mas com personagens demais, o leitor precisa se adaptar a tantos Lanternas, pois estamos acostumados com apenas um devido ao desenho da Liga.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios