Tudo Sobre Consoles | Diferentes modelos dos primeiros Xbox 360

Ps: atualizado em 05/01/2009

Continuando o texto sobre os Diferentes modelos de PS3, é a vez de abordar o Xbox 360. Vou tentar falar apenas o essencial de temas mais complexos como as 3 rls (3 red lights, 3 luzes vermelhas, anel vermelho da morte, como preferir…) ou a Live e procurar me focar nas diferenças entre os modelos [nota posterior: não foi exatamente o que aconteceu… mas tudo bem =p]. Comparado ao Playstation 3, nesse aspecto o Xbox é mais simples. O problema está nas várias revisões da placa-mãe (e o porque de ser tão importante fazer a escolha correta). O artigo já leva em consideração o Premium com o novo HD de 60 GB (o texto já está sendo construído levando em conta essa e outras novidades). Comecemos!

Relembrando: essas versões de cada console (que diferem em tamanho de HD, acessórios, etc) são também chamadas de SKU.

Para uma ótima discussão sobre o console da Microsoft (incluíndo versão nacional e detalhes sobre a garantia/assistência técnica) veja (na verdade ouça =p) o Podcast #06 – Especial E3 2008 Conferência Microsoft!

Em resumo (para quem tem preguiça de ler o resto do texto =p): atualmente, as SKUs encontradas são a Arcade, Premium e Elite. Como a Arcade não vem com HD, mesmo sendo mais barata, ignore-a. A Premium, que agora vem com HD de 60 GB, é a melhor custo-benefício. A Elite, a mais cara de todas, vem com o dobro de espaço em HD (120 GB) e acompanha cabo HDMI (além de ter console e acessórios em preto), se tiver uma grana extra ainda vale a pena (HD não é algo simples de trocar no caso do Xbox, somente restando comprar o vendido pela Microsoft, que é caro), porém com esse aumento de espaço do Premium, já não faz tanta diferença como antes. X360 pode não ter instalações de jogos, mas [agora tem instalação, mas sempre opcional, veja o tópico E3 2008 para detalhes] um bom espaço do disco é gasto com demos (fato comum terem mais de 1 GB de tamanho), trailers de jogos, conteúdo extra para jogos também (muitos oferecidos de graça), etc. Isso sem considerar filmes, clipes musicais, shows e seriados que você pode comprar (um filme em alta definição tem vários GB de tamanho), porém não estão disponíveis para o Brasil (mas esta é uma realidade que pode mudar caso seja lançada a Live no Brasil – atualmente utilizamos a americana, informando um endereço americano no cadastro -). HD de 20 GB é pouco, mas creio que 60 GB seja suficiente. Independente do modelo, existem diferentes revisões da placa-mãe, que tem por objetivo diminuir a taxa de problemas apresentados (as tais 3 rls). O que você precisa saber é: tem de ser a revisão Falcon (encontrada em várias SKUs: Arcade – todos -, Premium – nem todos – e Elite – nem todos -). A maioria dos vendedores sabem do que se trata, basta perguntar. Existe um tópico com links que mostram como identificar um console Falcon. E a partir de agosto deve sair uma revisão mais eficiente (por enquanto chamada de Jasper).

Índice de tópicos abordados:

  • E3 2008
  • Retrocompatibilidade
  • Trava por região (jogos e filmes)
  • Detalhando cada SKU (Core, Arcade, Premium 20GB/60GB, Elite)
  • Importante: 3 red lights (3 RLS, 3 luzes vermelhas) e outros problemas
  • Importante: Revisões da placa-mãe (Zephyr, Falcon)
  • X360 Nacional
  • Live (rede online do X360 parte paga, parte gratuita)
    • Live Brasil
  • Cabos e HDMI
  • Monitores (suporte 16×10) e HDCP
  • Acessórios (Kit Play and Charge, Wireless Headset)
  • HD-DVD
  • Packs, Bundles
  • Troca de HD
  • Links

E3 2008

Para esta coluna, a principal notícia foi a confirmação do Premium 60 GB (na verdade foi uma confirmação, já que havia sido anunciado dias antes), que deve começar a ser vendido em pouco tempo (acho que agosto, mas não tenho certeza). É exatamente o mesmo Premium 20 GB de hoje, com mais espaço em disco.

Também foi dito que a atualização que trará a nova dash (que chega por outubro/2008), terá dentre as novas funcionalidades a possibilidade de copiar seus jogos para o HD e rodá-los a partir do mesmo (sendo necessário o disco do jogo no drive apenas para verificação – garantia que você possui o jogo original). Muito útil em jogos como Grand Theft Auto IV, que lêem constantemente o disco. Imagino que todos os jogos do X360 são em dvd-9 (dobro do tamanho de um dvd comum, são quase 9 GB), logo, para quem quiser usufruir dessa novidade, um HD de 20 GB é pouco. Neste caso, compensa esperar chegar os novos Premium com HD de 60 GB (que terão o mesmo preço do antigo Premium 20 GB), ou partir para um Elite, que possui HD de 120 GB. Esses Premium 20 GB terão o preço diminuído em U$ 50 (temporariamente, até acabarem os estoques na verdade), porém ainda assim acho melhor investir em mais espaço (mesmo porque trocar o HD é muito caro no caso do 360, além de ter de importar, pois não é vendido oficialmente no Brasil).

Outra novidade é o suporte a resoluções no formato 16X10, boa notícia para quem usa o monitor para jogar… (explicação detalhada no tópico Monitores (suporte 16×10) e HDCP).

Retrocompatibilidade

É a capacidade de rodar jogos do primeiro Xbox no 360. Feita através de emulação por software  (diferentemente de algumas SKUs do PS3). Não existe diferença na retrocompatibilidade entre as SKUs do X360, porém é necessário um HD para poder rodar esses jogos (além de baixar um ‘emulation profile‘ atualizado através da internet do console, ou por um PC, gravando em cd).

Nesse link tem um passo a passo de como ‘ativar’ a compatibilidade: http://www.xbox.com/en-US/games/backwardscompatibility.htm

Aqui também existe a possibilidade de UPSCALE. Assim, os jogos podem ser rodados em 720p, 1080i e 1080p (no Xbox original a resolução era de 480p), além de poder ativar filtro de anti-aliasing. Como a emulação não é perfeita, muitos jogos não rodam ou apresentam problemas, como baixo framerate, falhas no som/gráficos, etc.

Neste link tem uma lista dos jogos do Xbox original compatíveis com o 360: http://www.xbox.com/en-US/games/backwardcompatibilitygameslist.htm

A Microsoft trabalhava para atualizar essa lista com mais jogos, porém desde novembro/2007 nenhum jogo mais foi adicionado, então é provável que esta seja a lista definitiva.

Trava por região (jogos e filmes)

No caso de filmes, segue as regiões conhecidas para DVD. Ou seja, filmes da região 4 (Brasil) não rodam em um console americano. Para quem comprar o console nacional (oficialmente distribuído no Brasil pela Microsoft), uma vantagem, ele roda filmes da região do Brasil (4).

Para jogos, a trava por região é opcional. Para saber se tem a trava, apenas lendo a descrição de cada jogo.

Detalhando cada SKU (Core, Arcade, Premium 20GB/60GB, Elite)

Core

Xbox 360 Core

Armazenamento: Não

Porta HDMI: Não

Headset: Não

Cabos: Vídeo-composto

Não é mais produzido.

Juntamente com o Premium, as primeiras SKUs lançadas. Pelo preço e falta de opção de armazenamento, a idéia era concorrer com o Nintendo Wii. Além de ser difícil de encontrar, não vale a pena por vir sem HD, com cabo vídeo-composto (aquele dos plugs vermelho, amarelo e branco), que permite apenas 480i – resolução comum – (o 360 foi projetado para utilizar TV de alta definição – HDTV, full HD – e perde muito em uma tela normal). Também não acompanha headset (essencial para jogar online, principalmente com amigos). Detalhe que diferentemente das outras versões, o controle que acompanha o console é com fio. Ah, e como nenhum deles possui porta HDMI (necessário para 1080p), definitivamente não vale a pena.

Arcade

Armazenamento: Sim (cartão de memória 256 MB)

Porta HDMI: Sim

Headset: Não

Cabos: Vídeo-composto

Atualmente em produção.

Somente aconselhado em um caso: se você tiver um Elite/Premium com 3RL (morto) e quiser comprar um console novo, mantendo os acessórios antigos (esse é a SKU mais barata). É o sucessor do Core. Já possui porta HDMI, mas o cartão de memória que acompanha oferece pouco espaço (256MB, somente o conteúdo gratuito oferecido para baixar de Halo 3 é maior que isso), o cabo não permite resolução de alta definição, e não acompanha headset (novamente, essencial para jogar online). O principal problema é a falta de HD, e como é caro trocá-lo ou comprar um novo no caso do Xbox (veja no tópico Troca de HD), vale a pena investir em outra SKU.

Premium 20 GB

Armazenamento: Sim (HD de 20 GB)

Porta HDMI: Sim (para consoles fabricados a partir de julho/2007)

Headset: Sim

Cabos: Vídeo-composto/componente (combinados em um cabo), ethernet (rede)

Não é mais produzido.

Era um bom custo-benefício… até que na E3 2008 a Microsoft anunciou a disponibilidade de SKUs Premium com HD de 60GB. Tirando essa troca de HD, todas as outras características serão as mesmas (veja na descrição do Premium 60 GB para mais detalhes). O melhor a fazer, caso essa seja sua SKU de escolha, é procurar as novas 60 GB. Importante: até meados de julho de 2007, consoles Premium não possuíam porta HDMI.

Premium 60 GB

Armazenamento: Sim (HD de 60 GB)

Porta HDMI: Sim

Headset: Sim

Cabos: Vídeo-composto/componente (combinados em um cabo), ethernet (rede)

Futuramente estará em produção.

Anunciado em julho/2008, possuí todas as características do antigo Premium, além do HD maior, é claro. Assim, temos porta HDMI, cabo vídeo componente que permite alta resolução (480p, 720p, 1080i, porém não 1080p) – e que possuí saída ótica para áudio, headset (com fio), controle sem fio, cabo ethernet (de rede, mas um cabo desses é barato). O melhor custo-benefício. E agora, é possível copiar jogos do dvd para o hd e rodá-los diretamente sem usar o disco (o dvd no drive apenas para garantir que você possui o jogo original – sim, estamos falando de consoles bloqueados), o espaço extra em disco pode ser importante, principalmente caso queiram usar essa funcionalidade – veja o tópico E3 2008 para mais detalhes.

Para vocês terem uma idéia, atualmente, mesmo sem essa possibilidade de instalar jogos, meu HD de 20 GB já está lotado, com: conteúdo extra de jogos – mapas, carros, etc -, demos – é normal uma demo ter 1 GB -, vídeos de jogos – principalmente agora, durante a E3, que tem vídeos em alta resolução pra baixar =] -.  Para mim, 60 GB faria muita diferença, tanto que vou ver se consigo comprar esse HD num preço não muito absurdo…

Elite

Armazenamento: Sim (HD de 120 GB)

Porta HDMI: Sim

Headset: Sim

Cabos: HDMI, Vídeo-composto/componente (combinados em um cabo), ethernet (rede)

Atualmente em produção.

Se tiver dinheiro, compre. A diferença de preço compensa, pois adquirir em separado o HD de 120 GB e o cabo oficial HDMI da Microsoft sairia bem mais caro (você pode comprar um cabo HDMI de outra marca por bem menos, mas como com este tem a garantia de ser um de qualidade, também vale a pena). E tem o detalhe (apenas estético) de console e acessórios em preto, que muitos preferem.

Importante: 3 red lights (3 RLS, 3 luzes vermelhas) e outros problemas

Assunto complicado. Vou tentar explicar da melhor forma possível, e deixo para vocês decidirem se vale ou não o investimento.

Conhecido como as três luzes vermelhas, anel vermelho da morte, dentre outros, se trata de um conjunto de falhas de hardware, indicadas quando aparecem as três luzes vermelhas em volta do botão power no console (normalmente são luzes verdes, que indicam os controles conectados ao console – até quatro). Não são todas as falhas que causam as 3 RLS.

Um pouco de história: desde o lançamento do console, sempre houveram muitos relatos de pessoas com o problema (a Microsoft trocava os consoles que apresentavam tal defeito, porém hoje existem terceiros que consegue consertar – ao menos temporariamente). Difícil saber a quantidade de pessoas afetadas, já que com a internet as informações correm muito mais rápidas, e nem sempre são confiáveis. O fato é que era comum encontrar notícias de pessoas que estavam no 4.o, 5.o, 6.o console retornado da garantia. Um número que parece ser bem aceito é uma taxa de 30% dos consoles apresentando defeitos. Mesmo negando durante um bom tempo, chegou em um certo ponto que a Microsoft adimitiu que tal problema existia (embora nunca tenha divulgado número de consoles retornados, ou taxa de falhas), e anunciou a extensão da garantia de um para três anos (apenas no caso de 3 RLS, para os outros defeitos, a garantia continua sendo de um ano). Inclusive é a mesma garantia que temos aqui no Brasil para o Xbox 360 oficial.

Difícil dizer o motivo exato que causa essas falhas. Um seria a forma como o vídeo-game é montado, utilizando peças de diferentes fabricantes asiáticos (um meio de cortar custos). O principal parece ser um problema com soldas causado pelo aquecimento de CPU e GPU (falam até de falha de design no caso da GPU). Outro fato foi a primeira versão do Nyko Intercooler (sem fonte própria) causando problemas em vários consoles. A Microsoft afirma que tal acessório utiliza energia em excesso do X360, podendo ocorrer falhas, tanto que perde-se a garantia caso seja detectado o uso do mesmo.

Não lembro se antes ou depois da extensão da garantia, começaram a surgir as revisões da placa mãe do Xbox, tentativa da Microsoft de eliminar as 3 RLS. A primeira revisão a surgir foi a Zephyr, que adicionou um heatsink a GPU (para dissipar melhor o calor), mas não pareceu ser muito eficiente. Em seguida surgiu a Falcon, essa sim fez diferença. O processador (CPU) agora é produzido com a tecnologia 65 nm (contra os 90 nm de antes), o que significa um chip menor e que dissipa quantidade menor de calor. O console faz bem menos barulho (a diferença é notável), e parece ter diminuído a taxa de problemas (já vi falarem algo em torno de 10%, mas vai saber o valor correto).

Existe um erro comum também que são 4 luzes vermelhas em volta do botão de power, porém geralmente é causado por cabo AV mal conectado.

É isso. O fato é, mesmo com as 3 RLS, não tem impedido várias pessoas de comprar o X360 (diria que é a melhor experiência na nova geração, o mais completo), tomando cuidados para evitar ou ao menos diminuir a chance de aparecerem as malditas luzes, ou em caso extremo tendo a possibilidade da troca/conserto. Vai de cada um decidir ser é viável investir em um aparelho sabendo da possibilidade de que dure 1 ou 2 anos (ou menos, bem menos heh), tem quem não esquente a cabeça, que acredita que por tudo o que o console oferece vale a pena apesar da ineficiência do hardware (se é que podemos dizer algo assim). Outros preferem esperar até que uma solução melhor esteja disponível (tem marcada para os próximos meses a chegada de uma nova revisão da placa-mãe – Opus, vide tópico abaixo -), ou nem mesmo comprar. Acho que todas são opções válidas, desde que a pessoa tenha o conhecimento, e saiba onde está ‘pisando’ =]. Como disse, depende do que cada um considera como aceitável. Em questão de diversão proporcionada, é garantido que não vai se arrepender =p.

Se for comprar, é muito importante ter garantia (6 meses, um ano…), como você deve ter percebido. Muita gente tem investido no X360 nacional por causa dos 3 anos de garantia para 3 RLS (a troca por um novo console demora algo em torno de 20 dias, e eventualmente a Microsoft manda um console novo, com placa Falcon, mesmo o modelo enviado sendo Zephyr). Tenha certeza que se trata de um Falcon (nem tanto se for o nacional, por motivo óbvio). Para identificar se um Xbox tem essa placa, olhe esse site:

http://www.anandtech.com/gadgets/showdoc.aspx?i=3152&p=3&cp=1#comments

Existe também um tópico do Fórum NGM, feito pelo Gustin, com conteúdo traduzido e bem completo:

http://www.ngmonline.com.br/forum/index.php?showtopic=19306

Para quem teve o azar de ter 3 RLS fora da garantia, duas soluções: vender as peças em separado – console, fonte, HD, etc – (rende uma boa grana), ou mandar para conserto de terceiros. Neste caso, até tempos atrás sei que o valor ficava em torno de R$ 200. E oferecem um tempo de garantia pro conserto (uns 3 meses?). Até li na Wiki do Xbox 360 que, diferente de antigamente, que era tempo contado até as 3 RLS voltarem, o reparo é definitivo (apenas li, não sei dizer). Ao menos vale a informação que algo ainda pode ser feito depois que o X360 morrer =]

Importante: Revisões da placa-mãe (Zephyr, Falcon)

Escolher a placa-mãe correta é tão ou mais importante do que um modelo, já que as últimas soluções diminuem o risco do aparecimento das temidas luzes vermelhas (3 RLS).

Após os problemas apresentados nos primeiros consoles lançados, foram surgindo as tais revisões da placa-mãe visando eliminar essas falhas. Vamos a lista, por ordem cronológica:

A inicial, pré HDMI: equipava as duas SKUs existentes naquela época, Core e Premium. Obviamente são os piores consoles em questão de incidência de problemas. Identificar é simples, todo console que não possui entrada HDMI, tem uma placa dessas.

Zephyr: surgiu juntamente com a nova SKU Elite, e uma das características era trazer a porta HDMI, além de uma solução mais eficiente para resfriamento da GPU. Dado certo momento os modelos Premium começaram a vir com essa placa, enquanto os Core foram deixados de produzir antes de ter a chance. Não sei se melhorou algo em relação à antiga placa-mãe (do ponto de vista das 3 RLS, é claro), visto que ainda haviam muitos relatos de problemas…

Falcon: finalmente uma melhora notável. Solução mais eficiente para resfriamento, CPU produzida com tecnologia 65 nm (contra a antiga 90 nm) – menos barulho, e menor dissipação de calor -, pelos relatos parece ter diminuído a taxa de vídeo games apresentando 3 RLS (apesar de que ainda está perto de completar um ano do surgimento da placa, é um pouco cedo para ter certeza). Inicialmente equipando o bundle Halo 3 Edition (uma versão especial do Premium, com controle e console verdes e com detalhes laranjas) – na época a forma mais segura de conseguir um Falcon era com esse Halo 3 Edition -, posteriormente apareceu nas SKUs Premium, Elite e os novos Arcade. Já não é tão simples diferenciar os consoles com placa Falcon dos com placa Zephyr (como era dos Zephyr em relação aos primeiros consoles), olhem os links do final do tópico anterior para descobrir formas eficientes de fazê-lo. Como tem quase um ano de seu aparecimento, é cada vez mais fácil encontrar consoles Falcon (quase todo vendedor sabe do que se trata, então pergunte sempre).

Futuro

Opus: revisão da placa Falcon para consoles antigos (daqueles que não possuíam porta HDMI). Em certos casos de consoles antigos enviados para reparo, a Microsoft implementa as soluções da placa-mãe Falcon, como a CPU produzida com tecnologia 65 nm. Essas seriam as placas Opus.

Jasper: marcado para sair em meados de agosto de 2008, tem como principal característica CPU e GPU produzidos pelo processo 65 nm, diferentemente dos Falcon, onde apenas a CPU é assim. Com isso, haverá ainda menos dissipação de calor. É uma diferença importante, e que provavelmente vale a espera para adquirir uma dessas.

Valhalla: além de CPU e GPU utilizando tecnologia 65 nm, teremos ambos em um único processador, diminuindo custo de produção, e permitindo utilizar uma solução de resfriamento mais simples. Sem data prevista.

Console Nacional

Era comum serem vendidos nas lojas com placa-mãe Zephyr. Porém já estão enviando de volta da garantia consoles Falcon. Assim, não tem muito problema comprar um nacional e receber um com placa antiga, já que eventualmente você receberá uma versão mais atual. Sua maior preocupação vai ser usar o console ao máximo para ter 3 RLS logo, enviar para reparo e receber um Falcon =] (e não se preocupem que seus dados não serão perdidos, o console deve ser enviado sem o HD).

X360 Nacional

Ponto para a Microsoft, a única empresa que parece tentar vender de forma decente seu console no Brasil (a Nintendo tem apenas uma importadora oficial, pelo menos tem assistência técnica), baixando preço de vídeo-game, jogos (distribuídos por ela) em um bom preço, realizando eventos… (claro, a Live oficialmente no Brasil ainda faz muita falta)

Dois motivos pelos quais você compraria um nacional (e um motivo adicional): apoiar a boa iniciativa da Microsoft (tudo bem que é caro, em grande parte por causa dos impostos), ou a garantia, apenas para consoles oficiais vale a garantia de 3 anos para as temidas 3 RLS (3 red lights, 3 luzes vermelhas) e 1 ano para outros problemas. Se tiver de enviar o console para reparo, a MS envia uma caixa para postar o console, e em média 20 dias depois você o tem de volta. O preço é caro (importar, sem pagar impostos, sai pela metade do preço), porém muita gente tem escolhido o nacional por causa dos 3 anos sem preocupações. Enfim, não será má escolha. O motivo extra são os jogos que o acompanham, Kameo Elements of Power, Project Gotham Racing (PGR) 4, Perfect Dark Zero e Kingdom Under Fire. Desses, PDZ todos falam que é um lixo, Kameo e KUF parece bons jogos (o Thiago curte Kameo, e KUF vi muita gente falando bem e jogando no Fórum NGM), e PGR 4 é um jogo muito bom (perguntem pro Roberts =]). A versão atual do Kit Nacional acompanha os jogos Project Gotham Racing (PGR) 4 e Too Human.

Acompanha um headset, muito bom para conversar enquanto estiver jogando com amigos.

Ah, parece que vem com controle remoto também. E como dito no tópico Trava por região (jogos e filmes), o X360 aceita filmes da região 4 (Brasil).

Mito: os jogos do kit-nacional encarecem o console. A Microsoft já disse que consegue esses jogos a um custo muito baixo, e que se fossem retirados pouca coisa ia mexer no preço. Tudo bem, já que é caro, aumenta um pouco mais e põe quatro jogos. Mito: o preço do console deveria cair com a baixa do dólar. Bom, a MS tinha uma explicação de porque isso não acontece, mas vou ficar devendo pois não lembro. Vamos acreditar nela por enquanto =]. Fato: console vendido sem prejuízo. Em contraste à estratégia adotada nos EUA (pelo menos no primeiro ano do console por lá), aqui a Microsoft não toma prejuízo na venda do X360 (fato comum vender console com prejuízo, já que essas empresas ganham dinheiro mesmo com a venda de software – jogos – e royalties). Normal, já que ainda podemos considerar o Brasil um mercado de risco para games (altos impostos encarecem em muito produtos importados, pirataria, mercado ainda pequeno). Com o crescimento do mercado, consequentemente uma base instalada maior, menores serão os preços. Fato: você pode receber um console Zephyr (bom, podia, hoje não sei como vem os novos consoles). O que muito provavelmente acontecerá é aparecer as 3 RLS e em 20 dias tu receberá um novo console. Recentemente para quem enviou o console para conserto, recebeu de volta um Falcon. (é o que você precisa saber: mesmo comprando um Zephyr, você eventualmente receberá um novo Falcon). Fato: você pode ter de enviar muitas vezes o console para conserto. Acredite, é um fato comum (o recorde que vi até agora foi o do RudiPS2, está no 6.o se não me engano oO). Isso acontecia porque a troca dos antigos Zephyr pelos novos Falcon foi ocorrendo lentamente (a medida que o estoque da Microsoft aqui no Brasil ia sendo resposto). Como o povo já está recebendo os Falcon, creio que não seja mais motivo de preocupação (mesmo assim antes você tinha a certeza de que trocariam o seu console sem custos, o problema mesmo era o tempo sem poder jogar).

Porque você não deve comprar agora: a Microsoft do Brasil já anunciou que irá substituir o Premium do Kit Nacional (20 GB) pelo novo (60 GB). E disse também que irá baixar o preço para menos de R$ 2000,00. Isso em questão de meses… definitivamente são motivos para adiar a comprar por um tempo. Por um tempo tivemos o preço de R$ 1999, porém com a alta do dólar o Kit agora é vendido por R$ 2399. Quem sabe se o dólar baixar o preço volte a cair…

Conclusão: por algo em torno de R$ 2000,00, se tiver a possibilidade, acho que é uma boa aquisição. Mesmo já sendo Falcon, ainda ocorrem problemas de 3 RLS (em um número muito menor, ao que parece), assim a garantia de 3 anos para este caso continua um fator determinante. E ajuda ter ali 2 jogos que valeriam a pena comprar. Talvez seja melhor esperar o dólar estabilizar e se por consequencia baixa o valor do Kit Nacional.

Live (rede online do X360 parte paga, parte gratuita)

Sim, tem que pagar para jogar com os amigos. E sim, a Live é a melhor rede online dentre todos os consoles.

Ao comprar o Xbox 360, tu tem direito a criar uma conta na Live, recebendo o status Silver. Uma conta Silver permite adicionar (e conversar, e trocar mensagens com) amigos, baixar conteúdo, como demos – demonstrações =] – de jogos (uma semana depois que estes forem disponibilizados), ter uma gamertag com as suas conquistas/achievements (que são ganhos durante os jogos, explico abaixo), utilizar o Live Messenger (aconselho fortemente o uso de um teclado USB).

Pagando, você tem direito a uma conta Gold. Além de ter tudo o que a conta Silver disponibiliza (com a diferença que é possível baixar imediatamente conteúdo disponibilizado), ainda permite multiplayer online (jogar com amigos ou qualquer outra pessoa) e conversa por vídeo (utilizando a camera do X360, a Live Vision).

É comum vir com o console (e em alguns jogos) um código que disponibiliza acesso Gold durante um mês. Após esse tempo, sua conta voltará a ter status Silver. Frequentemente jogos vem com código que liberam jogatina online por 48 horas.

Quanto a preço, o melhor é comprar anualmente, sai por $43,95 (dólares). Mas se quiser tem opções de 3 meses (U$ 19,95) e 1 mês (U$ 7,95). Como cartão de crédito do Brasil não é mais aceito (mesmo que seja internacional), a solução é comprar cartões pré-pagos: você compra um cartão desses, o qual vem um código, e no X360 tem um local que você informa esse código, e pronto, sua conta é atualizada para Gold (de acordo com o tempo do cartão). Mesmo não sendo um valor muito alto (considerando o preço do console), é de se levar em conta (nos EUA, onde o Premium custa U$ 349, considerando ter a Gold o tempo todo, é U$ 43,95 a mais a cada ano, enquanto que nos outros consoles é gratuíto o acesso).

Tanto com Silver como com Gold você terá acesso ao Market Place, onde poderá (em alguns casos poderia, veja Live Brasil) comprar jogos Arcade (mais simples, menores, porém você baixa eles para seu console), filmes, seriados, shows, clipes musicais (ficam disponíveis para você baixar quantas vezes quiser, podendo apagar – por exemplo – filmes de seu HD para liberar espaço, pois os mesmo ainda estarão disponíveis), avatares (alguns são disponibilizados gratuitamente, porém a maioria é pago), temas (mesmo comentário de avatares), conteúdo de jogos (mapas, carros, pistas extras, novas fases, dungeons, missões, etc), jogos do primeiro Xbox por download, etc. Também é possível alugar filmes (que ficam disponível para assistir por um tempo ou por um determinado número de vezes, agora não lembro ao certo). Para comprar, você necessita de Microsoft Points, os quais são comprados de forma semelhante aos cartões pré-pagos.

Para comprar cartões pré-pagos (tanto Live quanto Microsoft Points) eu gosto do site http://www.microsoftpointsxbox.com/, você pode comprar com um cartão de crédito internacional (através do Google Checkout), e eles imediatamente enviam o código do cartão para o seu email (quando digo imediatamente, quero dizer uns 10 segundos – mesmo -). Bem simples, e rápido. Outra opção comum é comprar pelo Ebay, utilizando PayPal (e recebendo o código por email). Lojas no Brasil também vendem os cartões dessa forma, porém o preço geralmente é um pouco maior (compensa pela facilidade de pagamento). Uma boa opção parece ser o http://www.xboxliveagora.com/. (retirado deste tópico do Fórum NGM, inclusive tem outras opções de lojas, acessem!)

Todos que utilizam a Live Gold te dirão que vale a pena pagar, graças a qualidade que oferece. Veja meu caso: não gosto muito de jogar com estranhos, e por isso achava que não iria aproveitar a jogatina online. Porém dificilmente fico sem Live Gold, pois estou sempre jogando com amigos (muitos conheci no Fórum NGM =]). É muito melhor zerar um jogo com um ou mais amigos, tu passa boa parte do tempo zoando e conversando =] (tem coop online em vários games… joguei os de Gears of War, Halo 3, GTA IV, Marvel Ultimate Alliance…). E de vez em quando um contra, principalmente em Gears e Halo 3 (ou Pro Evolution Soccer/Winning Eleven =p), entre a gente ou formando party para enfrentar os americanos manés heh Mesmo que seja apenas com os amigos, vale a pena. E ajuda muito a facilidade de jogar, a qualquer momento – mesmo durante um jogo – você pode olhar a lista de amigos online e ver o que eles estão jogando, pode trocar mensagens, chamar para jogos – mesmo que estejam em jogos diferentes -.

Sobre os achievements/conquistas, estas são liberadas quando certos objetivos são completados nos jogos. Cada conquista liberada tem uma pontuação (se terminar Halo 3, por exemplo, se não me engano são 125 pontos), sendo que cada jogo tem um total de 1000 pontos para liberar (sendo possível ter 250 a mais relacionados a conteúdo extra – conquistas liberadas em novas fases, etc -), e cada jogo da Live Arcade tem um total de 200 pontos. Todos os pontos que você receber nos vários games serão somados, esse valor é o seu gamerscore. E para que servem, afinal, tais pontos? NADA. Porém é divertido, viciante até para alguns, somar o máximo de pontos (estou num honroso 18.o lugar no ranking NGM, mas deixe estar, logo logo vou subir… =p). Legal também que muitas vezes você acaba aproveitando certas partes do jogo que não veria se não fosse por alguma conquista (tudo bem que tem outras que são totalmente inúteis, estilo achar 200 pombos em GTA IV heh).

Live Brasil

Como todos sabem, oficialmente não temos Live no Brasil. Para poder assinar a Live, temos de utilizar um endereço americano (não se preocupe, vi relatos de que o próprio suporte da Microsoft sugere utilizar o endereço da sede americana). Seria uma solução eficiente, não fosse um detalhe: conteúdo bloqueado. A parte que faz sentido: você não consegue comprar/alugar filmes, seriados, clipes musicais. Nem sequer baixar os que estão disponíveis para download gratuito. Nem trailers de filmes! Faz sentido porque realmente tem um problema de direitos autorais, já que os mesmos geralmente são negociados em separado por região/país. A maior dor de cabeça se refere a conteúdo extra para jogos: muitos jogos você não pode comprar as atualizações, existem vários demos que estão indisponíveis para nós (Kingdom Under Fire, Ninja Gaiden 2, The Bourne Conspiracy…). É irônico que Gears of War é vendido oficialmente no país, porém todos os mapas extras estão bloqueados (inclusive para quem comprou quando ainda não existia esta história de bloqueio).

Uma forma de passar o bloqueio é utilizar um proxy (ele mascara seu ip, e assim a Live não consegue detectar que você está tentando acessar o conteúdo a partir do Brasil), porém vai saber se um dia a Microsoft consegue detectar isso e resolve banir.

A solução ideal seria o surgimento da Live oficial no Brasil. Claro, teríamos muito menos conteúdo a princípio, mas pelo menos o pouco que tiver poderemos comprar/acessar tranquilamente. Naturalmente teríamos os cartões pré-pagos nas grandes lojas, a possibilidade de usar cartão de crédito para pagar diretamente, além do acesso ao conteúdo bloqueado referente a jogos. Já foi dito que seria necessário uma certa quantidade de consoles vendidos (oficialmente) parar surgir a Live, ou mesmo que até agosto chegaria… somente sabemos que não tem Live ainda, porém esperamos que um dia chegue.

Cabos e HDMI

Tirando a versão Arcade (que você não vai querer comprar pois vem sem HD), as outras SKUs vem no mínimo com o cabo vídeo componente, que permite imagens em alta definição (ao contrário do PS3, que vem com o cabo mais simples). No Premium, vem exatamente o cabo vídeo componente (permite até 720p, resolução encontradas em HDTV, por exemplo), além do composto, na verdade formam um único cabo (e que ainda possui, além dos plugs de áudio vermelho/branco, uma saída para áudio ótico). Na SKU Elite, além deste, acompanha o cabo HDMI (permite 1080p, resolução encontras em televisores Full HD).

Para alguns, a imagem com o cabo HDMI é superior em relação ao vídeo componente (na mesma resolução). Para outros existe pouca diferença. Se possível teste, para saber se vale a pena investir. De qualquer forma, com o componente você já tem uma ótima imagem em alta resolução. Mas se tiver um dispositivo que permita 1080p (TV ou monitor), não pense duas vezes, adquira o cabo HDMI.

Detalhe importante: a SKUs Core e Premium (até julho de 2007), como dito antes, não tinham porta HDMI. Pode não ter útil agora, mas opção é sempre algo bom, então evite estes modelos.

Monitores (suporte 16×10) e HDCP

O que isso significa isso? Primeiro, é preciso explicar que a proporção do formato de tela de uma TV Widescreen é de 16 x 9, e que as resoluções suportadas pelo Xbox 360 seguiam apenas esse formato. Pegue por exemplo a resolução 720p (1280×720, 1280 colunas por 720 linhas), dividindo ambos números por 16 e 9 respectivamente, temos o mesmo resultado, 80 (seriam 80 partes x 16 de largura – que dá as 1280 colunas -, e 80 partes x 9 de altura – as 720 linhas). Porém o formato de monitores (widescreen) segue a tal proporção 16 x10. Assim, na resolução 1152×720 (encontrada em monitores), dividindo por 16 e 10 respectivamente temos o mesmo resultado, 72. Isso significava que ao jogar no monitor, você tinha uma imagem levemente distorcida.

Obs: foi uma forma bem tosca de explicar, mas pelo menos é possível ter uma idéia entre as diferenças de widescreen em relação a TVs e monitores. Até o termo resolução é errado usar nesse contexto heh Se alguém quiser explicar melhor e com os termos corretos ficarei feliz em postar =] por ora, fica assim =p

Finalizando: agora, além de 16×9, o Xbox 360 suporta 16×10 (resoluções 1440×900 e 1650×1050), detalhe, apenas por conexões VGA ou HDMI (sim, existe monitor TV com entrada vídeo componente).

HDCP

Apenas a título de informação, já que não é necessário o monitor ter suporte a HDCP para poder ser utilizando junto ao Xbox. HDCP se refere à tecnologia blu-ray apenas, onde é necessário que o dispositivo de saída – tv, monitor, etc – tenha suporte a HDCP, ou simplesmente não terá imagens (é uma característica que visa a segurança), caso do Playstation 3 (ao usar a porta HDMI). Todo televisor com entrada HDMI possui suporte a HDCP, o que não acontece com monitores, em que cada caso tem de ser verificado.

Acessórios (Kit Play and Charge, Wireless Headset)

Primeiro acessório essencial: Kit Play and Charge. Substitui as pilhas do controle wireless por uma bateria, que pode ser recarregada mesmo jogando (basta conectar o controle em qualquer porta USB, nem precisa ser a do X360 =]). Quando a carga está baixa, os leds dos controles piscam, avisando da necessidade de recarregar. Defitivamente comprem um junto com o console =]

Segundo acessório (quase essencial heh): Headset Wireless. Claro, além da comodidade de não ter fio conectado ao controle, a qualidade dele parece ser superior ao headset com fio (que apresenta som baixo, frequentemente tem de deixar o volume no máximo, e o fio é frágil).

Um aviso: existem relatos de headset sem fio não funcionando com determinado controles, ou desconectando durante partidas. No meu caso, tenho um Kit Play and Charge que não funciona com um dos meus controles (apesar que com o outro controle funciona perfeitamente). Ainda acho que vale a compra de ambos, se possível em um lugar onde possa realizar a troca caso ocorra algum destes problemas.

HD-DVD

Como vocês já devem saber, o Blu-ray venceu a disputa pelo formato de alta definição. Com isso, o acessório que permite assistir filmes em HD-DVD (concorrente do Blu-ray) no X360 caiu muito de preço, assim como os filmes nesse formato. Seria uma boa compra, mas como sai cada vez menos filmes nesse formato, não compraria (na verdade, nem sei se ainda são lançados filmes em HD-DVD). Apesar dos rumores, a Microsoft não confirmou planos de lançar um player Blu-ray para o Xbox.

Packs, Bundles

Não são tão comuns como no Playstation 3, mas já surgiram alguns bundles. É mais comum encontrar bundle de console e um jogo específico. Nesta categoria temos o da foto acima, dos Simpsons (em homenagem ao filme), que apenas 10 sortudos ganharam. E temos também de vários jogos, no Japão/Ásia por exemplo, encontramos os de Blue Dragon (além do jogo acompanha faceplate do jogo, 5 mini figure, calendário, porém é baseado na SKU Core), Eternal Sonata (baseado no Core, com soundtrack em DVD), Devil May Cry 4, Dead or Alive 4, Fifa 2006, Dead of Alive Xtreme 2, etc… e agora dia 07 de agosto está marcado para sair o de Tales of Vesperia (baseado na SKU Premium)… interessante que em outras regiões é raro encontrar qualquer bundle desses específicos para jogos, não achei versões americanas =/, e apenas três na Europa: Call of Duty 3, Pro Evolution Soccer 6 e WWE SmackDown vs RAW 2007 . GTA IV por exemplo tem, mas feito por lojas (nada de um oficial). E além disso são edições realmente limitadas, que esgotam rapidamente. Só comprando no lançamento mesmo…

Uma exceção (encontrado nos EUA) é o bem conhecido Halo 3 Special Edition, trata-se de um Premium 20 GB (exatamente com os mesmo acessórios), porém com console e controles verdes com detalhes em laranja. Acho que foi com esse bundle que surgiram os primeiros Falcon. Mesmo sendo mais caro que o Premium ‘comum’ (atualmente, pois na época do lançamento creio que era o mesmo preço), não vem com o jogo Halo 3, apesar do nome oO

Dois bundles interessantes foram o ‘Go Pro‘ e ‘Go Big‘. Compostos respectivamentes de modelos Premium e Elite, traziam dois jogos, Marvel Ultimate Alliance e Forza 2, pelo preço normal das SKUs. Chegaram em meados do natal de 2007, porém já não estariam mais sendo produzidos (mas pesquisando na Amazon encontrei o ‘Go Big‘ novo para compra =]). O meu console inclusive é um ‘Go Pro‘, Premium Falcon de novembro do ano passado. Parece que volta e meia surgem esses packs de console e vários jogos (nestes casos, na caixa vem as imagens das capas dos jogos).

* grato a AsukaBulma do Fórum NGM pelos links de vários bundles

Troca de HD

Xbox 360 120 GB HDD

Ao contrário do Playstation 3 (que aceita qualquer HD de notebook), é necessário comprar o HD específico vendido pela Microsoft. Parece que tem como fazer gambiarra para usar HD de note, ainda assim independente do tamanho do HD vai ficar limitado em 120 GB (ao menos era assim antes do Elite, qualquer HD que colocasse, aceitava somente 20 GB, e somente após o lançamento do Elite, surgiu uma atualização de firmware que permitira o vídeo game aceitar até 120 GB). Assim, trocar HD, somente por um desses modelos oficiais. O problema é que eles são caros, e como não são vendidos oficialmente no Brasil ainda tem os custos de importação (frete, impostos), então se puder investir em uma SKU com maior espaço em disco, não pense duas vezes (Elite tem HD de 120 GB, e o novo Premium tem HD de 60 GB).

As opções para compra em avulso são de 60 GB e 120 GB.

Links

Coleção de links que apareceram no decorrer do texto:

Podcast #06 – Especial E3 2008 Coferência Microsoft

Passo a passo para ativar compatibilidade com Xbox original

Lista de jogos do Xbox original compatíveis com o Xbox 360

Compre cartões pré-pagos Live e Microsoft Points

http://www.microsoftpointsxbox.com/

http://www.xboxliveagora.com/

Tópico do fórum NGM com mais links/informações

Como identificar um Falcon (anadtech)

Como identificar um Falcon (Fórum NGM)

Written By
More from dadah89

Heroic Map Pack de Halo 3 disponível de graça [terça feira]

Enquanto ainda não chega a data de lançamento do Legendary Map Pack...
Read More