Japão

Impressões: Anime Tegami Bachi [Letter Bee]

Pois é, o anime estreou lá no Japão dia 03 de Outubro, dois dias atrás, e como tinha visto algumas pessoas comentarem sobre ele por aqui no nosso post a respeito dos novos animes de Outubro (veja aqui a lista), resolvi dar uma olhadinha no primeiro episódio.

Tegami Bachi (Letter Bee) é um mangá produzido por Hiroyuki Asada, que atualmente é publicado mensalmente pela Jump SQ. Só para se ter uma idéia, é a mesma revista que vai passar a publicar D.Gray-man (a partir de Novembro deste ano) e que publica atualmente Claymore.  A série já conta com 7 volumes em mangá (Tankobon). O que particularmente acho muito pouco para já transformarem a série em anime, mas tudo bem. A série ainda não tem previsão de término no mangá e nem o anime tem a previsão de quantos episódios serão produzidos.

Vou comentar apenas a respeito do primeiro episódio do anime, já que não acompanho o mangá online.

O primeiro episódio trabalha apenas com dois personagens, Gauche Suede, que trabalha na organização Letter Bee, que é um nome mais chique e fantasioso para uma espécia de Carteiros, que atravessa grandes distâncias e enfrenta diversos perigos e, o que parece ser o protagonista do anime, Lag Seeing, um garoto, de 12 anos, abandonado (ou não?) no meio do nada, que acaba sendo a “carta” que Gauche precisa entregar.

A história de ambos não é explicada em detalhes no primeiro episódio. A mãe de Lag foi levada por um grupo de pessoas, sem explicar quem eram ou porque a levaram. O garoto acaba sozinho no meio do nada por conta disso. Já Gauche trabalha na Letter Bee e foi promovido e precisa viajar para uma outra cidade por conta disso (o sistema dessa empresa ainda não ficou muito claro pra mim), mas ele acaba deixando em sua cidade, sua irmãzinha que usa cadeira de rodas. Gauche espera um dia curar suas pernas, por isso é um Letter Bee.

Claro, é o primeiro episódio. Não adianta carregar o telespectador com uma quantidade massiva de informação. As coisas precisam ir com calma. O anime em si é muito bonito e sereno.

O episódio acontece quase que inteiramente à noite. Um céu azulado muito bonito. Os “insetos-blindados”, que habitam a região onde os dois personagens estão foram feitos em compuatação gráfica, um 3D misturado com 2D. Não ficou ruim, mas sei lá, eu sou fã do estilo antigo 2D, o 3D as vezes parece meio “sem vida”, sabe?

Mas fora isso, a trilha sonora, as vozes dos personagens, e até mesmo a história é bem imersiva. É cedo ainda para dizer se vai ser um anime que acompanharei religiosamente toda a semana, vou deixar a história amadurecer mais e mais personagens e duvidas serem explicadas. A série parece ser mais voltada para o gênero fantasia/drama, apesar de ter algumas pitadas de ação e comédia. Mas é só isso que dá para tirar do primeiro episódio.

Clipe de 30 segundos do anime (Não achei a abertura no You tube – ainda)

Quem tiver curiosidade de acompanhar, eu baixei da Aya Fansub, neste link (Precisa ser cadastrado na Anime Central). O primeiro episódio é Gold Torrent, ou seja, não conta Ratio.

Para quem procura um novo anime, fugindo da mesmisse que o gênero sempre tem, fica a dica para ficarem de olho em Tegami Bachi. 😉

Update: Esqueci de comentar, mas existe uma OVA de Tegami Bachi, produzida em 2008. Mas segundo a Aya não é obrigatório assistir ela para começar a ver a série que estreou agora. É uma história paralela. De qualquer forma, o fansub também lançou essa OVA (baixem na Anime Central), eu só não tive curiosidade de ver ainda. Vou deixar o anime correr mais um pouco. Eu vi que na OVA o Lag já é um Letter Bee. Então não é o momento ainda para assistir ela.

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.