Assistindo

Impressoras flamejantes marcam o fim da sexta temporada de The Office! [6×26][PdS]

The Office: Ano 6, Episódio 26. Foi exibido nos EUA dia 20 de Maio: “Whistleblower”.

Enquanto isso no Brasil: The Office é exibido por aqui pelo canal pago FX diariamente (reprises), sendo que os inéditos ficam para o domingo às 21h. Atualmente o canal está ridiculamente atrasado, neste domingo, dia 30 de maio, será exibido o episódio 6 da sexta temporada. Só 20 episódios atrasados…

Aviso: Continue apenas se você já assistiu ao episódio 6×26 de The Office. Haverão spoilers!

Não conhece o Papo de Série? Basta clicar aqui e ficar por dentro do projeto. Depois do “continue”, a gente conversa mais.

Breve comentários sobre a série…

Mais um seriado estreando aqui no Papo de Série! The Office é uma das séries que só fui descobrir quando resolvi comprar a série em DVD alguns anos atrás. Fiquei curioso com a série justamente por causa de Steve Carell, que na época estava ganhando fama com filmes de comédia nos cinemas e como é raro ver um ator de cinema atuando em tempo integral numa série, não deu para deixar de conferir.

Para quem não sabe, o The Office americano, exibido pelo canal NBC é inspirado numa série inglesa de grande sucesso, de mesmo nome e formato. Nunca assisti a versão inglesa para comparar, então prefiro não apontar qual a melhor e o que uma tem de diferente da outra.

Quanto terminei o primeiro ano em dvd da série, que contém apenas seis episódios, achei ela incrivelmente ruim. Sem nexo, com esse formato intencional de falso reality show com os personagens falando como se estivesse num confessionário, com piadas forçadas e personagens sem carisma algum e até mesmo Steve Carell parecia estar num personagem que não era confortável de se interpretar. Realmente não vi graça alguma no primeiro ano. mas eu tinha comprado a primeira e segunda temporada numa promoção, então resolvi continuar assistindo, afinal, já estava pago mesmo.

Na época fiz uma rápida pesquisa na internet e li que o problema com o primeiro ano da série era que ela se espelhava demais em termos de roteiros com a versão inglesa, não dando aquela flexibilidade para que a série pudesse ser algo original e criativo. Como disse, não vi a tal versão, mas o fato é que o segundo ano de The Office é muito melhor que o primeiro. E desde então, a série só vem ficando mais divertida e engraçada a cada temporada. Os personagens finalmente foram consolidades, a história apareceu, o formato falso reality finalmente descobriu como funcionar em favor da qualidade do programa e as piadas chegaram. Ufa. Não que o ano 2 tenha sido perfeito, ele ainda tem alguns probleminhas de estrutura, mas conforme a temporada foi sendo feita, as coisas foram entrando nos eixos. Um dos meus momentos favoritos do show são as tiradas do Jim contra Dwigth, essa aqui é impagável (3×07 “Branch Closing):

E hoje em dia The Office é incrivelmente engraçada, original e criativa. Rola rumores que o sétimo ano será o último de Steve Carell como Michael Scott, que o ator não teria interesse em renovar seu contrato para um oitavo ano. Sinceramente espero que isso não aconteça, porque mesmo com todo o elenco divertido dea série atualmente, Michael, o personagem de Carell é ainda a melhor coisa em The Office. Mas é aguardar pra ver.

Ano 6, episódio 26 e fim de temporada!

No geral, a sexta temporada teve ótimos momentos. Adorei os momentos de Pam e Jim, que sempre se destacaram em todas as temporadas. O episódio duplo com o casamento e depois com o parte do bebê foram clássicos instantâneos para a série. O relacionamente de Erin e Andy foi outro momento que ficou bacana dentro da história, e olha que a personagem de Erin até então estava quase como uma figurante no começo. Jim e Michael como co-gerentes, Darry sendo promovido, Ryan indo parar numa salinha minúscula. O sexto ano foi deveras engraçado.

Fiquei preocupado com os rumos da série quando resolveram mudar o ramo de negócios do escritório, com a falência da Dunder Mifflin, mas na verdade mesmo com a Sabre e a entrada do escritório no ramo de vendas de impressoras, não perdeu muita da qualidade cômica da série, e até deu algumas novas, como a situações que resoltou no episódio final desta temporada. A personagem Jo Bennett, interpretado por Kathy bates, é basicamente tão linha dura quanto o David Wallace.

O legal atualmente em the Office é essa ousadia nos roteiros, numa temporada tiraram Jim do escritório, criando um The Office paralelo onde Jim trabalhava, depois Ryan virou um figurão da empresa, até retornar a estágiário, a relação de Jim e Pam também foi super explorado ao longo dos anos, Michael também teve seus momentos malucos como o relacionamento com a sua chefe Jan e logo em seguida a sua demissão da Dunder Mifflin onde ele fundou a sua própria empresa de papel e nesta temporada os roteiristas resolveram falir de vez com a empresa. São várias mudanças e situações que dão uma refrescada na série a cada temporada.

Admito que o final deste ano não foi tão interessante quanto o último quando Pam descobre que que está grávida, mas ainda assim foi engraçado ver ao longo do episódio os funcionários se confessando a Michael que eles deixaram vazar a informação das impressores vendias pela empresa estarem pegando fogo. E todo mundo achando que apenas o Andy tinha feito isso. XD

A despedida do cara da informática que ninguém sabia o nome também foi ótimo. Nem preciso citar Dwight, pois em todo o episódio esse personagem me fez rir, e torço pelo relacionamente dele com a irmão ou prima de Pam (esqueci), a Isabel, que aparece ocasionalmente. E o único personagem que não é muito explorado na série até o momento é Creed. E será que Holly volta? Fiquei em dúvida pela forma que a Jo falou ao fim do episódio e pela cara do Michael. Gostava do relacionamento tosco dos dois, mas ainda acho mais engraçado a forma como Michael trata o Toby. Se holly voltar, espero que não dêem fim no Toby.

Agora é esperar a nova temporada que estréia no segundo semestre e aí sim vou comentar com mais calma sobre de The Office aqui no blog mais regularmente. Fecho o post com um belo momento da sexta temporada de The Office:

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios