Jogando

Super Street Fighter IV 3DS Edition: uma conversão perfeita, também para converter novos jogadores!

Eu já comentei aqui que o produtor da franquia Street Fighter, o carismático Yoshinori Ono, quer ampliar o alcance de público da série de luta mais amada (sorry MK) pelos gamers, e pelo visto tudo vai começar com a conversão de Super Street Fighter IV que em breve chegará ao Nintendo 3DS.

A idéia do produtor é dar ao jogador duas opções de sistemas de controle. A primeira seguira a velha escola, e agradará a quem fez calos nos dedos jogando Street Fighter II no Super Nintendo. Agora, a segunda opção de controle é intrigante, pois usa a tela sensível ao toque, de modo a ajudar os iniciantes. Como funcionaria isso?

Não sabemos a resposta, mas eu pensei em ícones na tela que, quando acionados, resultariam em golpes especiais ou mesmo combos completos. Por exemplo, para lançar um hadouken, o jogador, usando a styllus, faria uma meia lua na tela, dispensando a necessidade de se fazer toda a combinação de movimentos com o direcional em cruz somado com o acionamento do botão.

Eu acredito que é um recurso interessante. Não sei se vocês já jogaram o Capcom Vs. SNK 2 “E.O.” do GameCube. Alguém aí? Para os novatos, a sigla E.O. do título significa “Easy Operation“, um sistema que facilita a execução de comandos. Usando esse sistema, eu conseguia fazer um shoryuken apenas dando um toque para a esquerda na alavanca C (aquela amarela) do controle do meu GameCube. Esse recurso era muito usado quando eu ia jogar com alguém inexperiente, e ajudava o novato a equilibrar um pouco mais a partida, ou mesmo quando eu estava com bolhas no dedo e queria continuar jogando!

Ono também diz que está trabalhando com a forma como SSFIV3DS trabalha com o 3D. Por exemplo, usando o slider na opção máxima, o efeito 3D é capaz de destacar muito bem os personagens do cenário de fundo, e se o efeito for desligado, a sensação de se estar jogando o clássico SFII é maximizada. O produtor ainda comentou que o jogo não poderia ser convertido de maneira satisfatória nem no atual DS, nem no rival PSP.

Ainda segundo o produtor, Street Fighter IV nos consoles HD não foi capaz de repetir o alcance de público que a franquia tinha no passado. Nessa busca pelo público, foram feitas as conversões para PC e IPhone, mas Ono está confiante que com o Nintendo 3DS, finalmente sua busca seja completada, e então todos os outros jogadores que ainda não tenham sido “resgatados” possam novamente voltar apreciar Street Fighter, juntamente com novos “discípulos”.

Isso também pode lhe interessar

Mauri Link

Um gamer inveterado desde a primeira geração de consoles, aficcionado por histórias em quadrinhos, nerd de carteirinha, e super-herói nas horas vagas!
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.