Conversa de MangáJapão

Conversa de Mangá: Naruto 518 – Os Pelotões de Emboscada se Chocam!

Naruto: Capítulo 518 foi disponibilizado dia 24 de novembro: “Os Pelotões de Emboscada se Chocam!”.

Se você não sabe o que é o projeto Conversa de Mangá, clique aqui. Depois do “continue”, a gente conversa mais:

Aviso: Continue apenas se você já leu o capítulo 518 de Naruto. Atualmente acompanho o mangá pelo site Mangá Stream, e a qualidade da scan é absurdamente fantástica! Basta não ter medo de inglês. Mas, em todo caso, a StrawHat Scans tem a tradução em Português! 😉

Naruto 518

Os Pelotões de Emboscada se Chocam!

Deixa eu começar falando desse personagem aí, Omoi. Eu realmente não dava muita coisa por ele e pelos novos chars da névoa que o Kishimoto tinha colocado na história lá atrás, antes ainda desse cenário de Quarta Guerra Ninja, mas já há três capítulos, contando com esse, que sua participação me chama atenção. Não fala muito, mas parece forte e bem determinado, focado mesmo. Tenho gostado de suas aparições, apesar de não curtir tanto o traço dele.

Outro que merece destaque é o próprio Kankuro. Parece até que foi treinado pra ser comandante, mas ele não era assim na saga do Exame Chuunin e nem na do resgate ao Gaara ele parecia tão líder; já era mais sério, mas não desse jeito. Talvez seja o jeito do Kishimoto mostrar como a guerra impõe comportamentos às pessoas, que estão ali lutando por suas vidas e, nesse caso, pela paz. Aliás, “lutar pela paz”? Nunca dá muito certo… mas isso é reflexão para fazermos lá quando essa guerra estiver no fim e já pudermos tentar adivinhar o que vem depois.

Como um todo, gostei da forma como o capítulo dessa semana foi feito. Rápido, utilizando todos os quadros para mostrar algo útil e já finalizando essa primeira batalha. Foi bem executado, digamos assim, mas o que não sei é se gostei do resultado da luta. Aquele meio desespero inicial quando a “Akatsuki” chegou explodindo e tomando controle dos aliados parece não ter significado que eles estavam em vantagem. Achei a vitória fácil demais, como se fosse pra gente já ter esperado por isso, mas eu, ao menos, não tinha tanta certeza de que ia ser assim tão simples. Por um lado, achei uma pena já acabar logo agora com a luta, tava gostoso de ler, mas por outro é bom que a guerra tenha um ritmo mais frenético. Em One Piece, Oda trabalhou com dezenas de situações ao mesmo tempo durante o conflito em Marineford, mas se o Kishimoto for seguir essa linha de mostrar as lutas em ordem, e não intercalando-as, é bom, sim, que não durem muito mais que três capítulos.

Outro ponto que achei que poderia ter sido melhor explorado foi esse reencontro do Sai com o irmão. Não que tivesse que mostrar um flashback, mas a imagem com o Sai enraivecido não teve grande impacto em mim. Esses reencontros dos vivos com os mortos eram pra ser grande parte do que íamos esperar com ansiedade, como Itachi e Sasuke ou Shikamaru e Asuma, então eu esperava alguma coisa mais intensa. E o fato do irmão ter ido embora depois de “resolver as pendências” que o prendiam a esse mundo? Então esse exército do Kabuto vai se desmanchar assim que cada um dos renascidos passar por uma reflexão? Seria essa a forma de derrotá-los, já que não morrem… o que quer dizer que as lutas mais dramáticas não vão terminar com grandes jutsus, e sim com palavras.

Só faltou comentar da surpresa do capítulo: a marionete de Sasori! Não me arrancou um “fooooda”, mas com certeza eu não esperava por isso. A reação do verdadeiro foi o mais legal, percebendo que agora que é enfim imortal isso não faz mais sentido. Terminou com Kankuro dando um sermão pra ele também, será que o vai ser o próximo a evaporar? Não vejo que outra pessoa poderia liberá-lo desse mundo, talvez sua avó, mas ela também está na mesma condição. E agora é esperar pra ver o que nos aguarda no 519. Imagino que a narrativa siga pra outro lugar, mas adivinhar qual dos pelotões ganhará destaque primeiro é meio difícil. E o Naruto, já terminou o treinamento?

Isso também pode lhe interessar

Dakini

Viciada em RPGs, sejam eles Final Fantasy e Tales of ou Mass Effect e The Elder Scrolls! Fã incondicional de animês e mangás, e ousem criticar meus favoritos sem bons argumentos! Fora isso, podem me chamar de “a dama dos wallpapers”, hahaha.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.