JapãoLendo

Depois de Evangelion, One Piece poderá ver uma luz no fim do túnel? A Editora Panini está na mira!

Neon Genesis Evangelion chegou por aqui em 2002, de forma tímida pela Conrad que na época trazia este curioso material, um tanto desconhecido para nós, chamado mangá, mas como obras mais populares aqui no Brasil como Dragon Ball e Saint Seiya já haviam despertado o interesse do público antes, não demorou para EVA decolar também, e o resto da história todo mundo ja sabe qual é, mas porque eu estou repetindo a mesma ladainha toda novamente então?

Simples, a história do futuro Rei dos Piratas não foi diferente, mas  assim como Evangelion, parece que nossas preces estão a caminho de serem atendidas, ontem o site Omelete divulgou uma notícia revelando que a editora Panini, entrando na onda da JBC, estaria conversando com os japas “vista grossa” da Shueisha para um possível relançamento (ou continuação, isso ainda não está claro) da obra deixada as traças pela Conrad (isso me lembra minha pobre coleção de Vagabond, snif, snif…).

Segundo a notícia o Omelete entrou em contato com Élcio de Carvalho, editor chefe de lá, mas a única confirmação até então é a de que a editora tem interesse no Chapéu de Palha, nada mais além disso, o que se especula é que a editora estaria sendo avaliada pelos poderosos da Shueisha, que não devem estar levando muita fé em editoras brasileiras ultimamente, muito provavelmente em decorrência do caso da Conrad (alguém duvida?). Agora fica a dúvida em uns e expectativas em outros, ou quem sabe as duas coisas ao mesmo tempo, dúvida por não sabermos em que formato o mangá será relançado caso seja repatriado pela Panini, imaginem vocês tendo de comprar meio tankobon todo mês, se lembrarmos que a trama ainda tem fôlego para mil e uma aventuras mais, estando nítidamente distante de uma conclusão, diria que seria um sofrimento e tanto acompanhar One Piece pelo antigo formato da Conrad. Ah e a expectativa? Expectativa porque também há a possibilidade de relançarem em formato original, se bem que para EVA voltar pela JBC, uma das exigências foi a de que o mangá fosse continuado (ainda não sei porque cargas d’água) no mesmo formato adotado pela Conrad (embora o que eu espero mesmo é um relançamento no formato atual), será que  tal imposição será aplicada a One Piece? Lembrando que nada está confirmado, mas uma coisa já é certa,  depois de EVA, ficou claro que relançar um mangá trazido pela Conrad é sinônimo de dor de cabeça, o modo como consumiamos mangá em 2002 era um, mas hoje ele é outro e de modo algum eu gostaria de retroceder neste processo, tanto que reclamei aqui, enfim,  como eu acabei de dizer, uma coisa é certa, vai ter uns reclamando e outros aplaudindo (aliás, queria saber onde me encaixarei nisso), não fugiremos muito disso, podem ter absoluta certeza disso.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

K o n S a m a

Do ser sem razão a essa explosão de emoção, do preguiçoso leitor ao (meia-boca) escritor, do tímido calado ao ator inquieto, do caminho já traçado à esquina do destino incerto. Tentei me definir, mas sem sucesso. Games, filmes, música, animes, são só o começo desse quebra-cabeça sem nexo.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios