JapãoLendo

Um shopping, zumbis e mais sobreviventes em H.O.T.D! [MdQ] [Vol 05]

E eis uma nova edição do manga de mortos-vivos favoritos. Highschool of The Dead vem nesta quinta edição para trazer os momentos que todos ansiavam, e ainda com o fim do anime, as edições subsequentes trazem momentos inéditos e continua tudo o que vimos no anime, portanto se você já viu o anime esssa é uma boa oportunidade para começar a acompanhar o manga de Daisuke Sato com arte de Shouji Sato.

A capa tras essa que é a minha personagem favorita do manga, Saeko Busushima, e neste instante me vem a pergunta: Será que haverá capas com os persanagens masculinos? Vendo todo o clima ecchi da história, vejo que é muito difícil que isso ocorra.


Bem, tudo começa com os personagens já presentes no shopping, e parece que perdemos algo, mas é típico esse tipo de pulo. Logo no início conhecemos a simpática Asami, policial que acompanha o grupo de sobreviventes do shopping, e a Saeko e Rei estão num clima bem tenso, claro em razão dos acontecimentos da edição anterior, quando eles se separaram.

Asami a policial, é uma oficial muito inexperiente, e sem a ajuda de sua superior ela demonstra total falta de preparo para apoiar aos sobreviventes. Em meio ao caos, as pessoas ainda tentam se apoiar em policiais, mas a figura de Asami é muito diferente daquilo esperado por eles, e percebendo as condições do grupo, os sobreviventes do colégio decidem que o melhor é abandonar o local, e vemos Hirano fazendo o coração de Asami bater forte, que tenta ajuda-la a manter o controle.

O shopping para mim parece ser um bom local para sobreviver em caso de uma invasão zumbi, tem comida disponível, roupas, brinquedos e outras coisas úteis e inúteis. Claro que isso me lembra do Dead Rising e um outro filme cujo nome não me vem a cabeça agora, mas é bem interessante, aliás meu gênero preferido dos filmes de terror são os de zumbi, mas detesto aqueles com uma vertente mais trash, o que em geral é bem comum, embora Noite dos mortos vivos seja espetacular.

Bem, o grupo planeja sair do shopping e para isso decidem obter bicicletas para usar como meio de transporte. E vemos o quanto a Asami está perdida e não tem condições de dar aos sobreviventes o apoio necessário. E as necessidades humanas vão se tornando bem evidentes em meio a loucura e caos, dentre elas, o sexo, com a doutora Shizuka quase sendo estuprada por um maluco do grupo, mas a policial com o uso da arma recebida de Hirano intervem em vão, mas Hirano a salva.

E enquanto a rota para a fuga é observada por Hirano, percebemos as investidas de Asami com o garoto, mas eu ainda torço por ele e a Saya, embora os dois fariam um bom casal. E eles são interrompidos com o anúncio de que a idosa que acompanha o grupo do shop[ping estava passando mau, devido a ausência de sua transfusão de plasma semanal, e num ato de heroísmo, os estudantes decidem ajudá-la procurando por plasma na clínica que fica bem próxima ali, assim eles acabam por revelar que possuíam armas escondidas.

Este ato é inútil, pois uma semana depois ela precisará novamente de transfusão, mas os plasmas que devem ser mantindos congelados já não estarão mais bons para uso, já que a energia foi cortada após a bomba inutilizar os aparelhos eletrônicos. Um desperdício de munição, ou não, pois ao menos eles puderam pegar alguns remédios para os suprimentos deles também, mas a investida acabou por matar uma pessoa, o que faz Asami atirar no rapaz para que ele não se tornasse um deles, e assim a garota passa por um conflito terrível.

Retornando, Hirano e os participantes da busca entram em discussão acerca do que deu errado, uma discussão necessária, pois uma pessoa morreu, contudo Takashi não está para conversa, difícil imaginar ele como líder do grupo, acho que Saya seria uma pessoa melhor para por ordens no grupo, mas de certa forma é ela quem dá as cartas, o que me faz lembrar que os homens nunca mandam, sempre as mulheres dão as diretrizes, cabendo a nós apenas concordar e fingir que mandamos, apenas transmitindo aquilo que elas nos passam, é duro mas é a mais pura verdade.

Bem, interessante também foi Busushima mostrando que se necessário ajudaria Takashi como uma mulher, pois o rapaz poderia pirar com todos os acontecimentos, gostaria de ver o casal em bons momentos, nada muito picante, mas algo que demonstre que eles realmente estão envolvidos amorosamente. Interessante também que a Alice notou que a policial estava dando em cima do Kouta, e avisando Saya, pois ela também acredita que os dois estejam enamorando, assim como eu.

Asami pede que Kouta fique, mas ele ainda pretende ficar com os companheiros, e logo após dizer isso a sempai dela parece como um zumbi, e ela fica desesperada, a única policial que era o alicerce do grupo desestabilizada, e Asami sem condições de auxiliá-los, e assim o grupo do shopping nota claramente que estão com um grave problema, mas todos eles são muito individualistas, e jamais serão um grupo como o de Takashi.

Não resta nada ao nosso grupo de protagonistas nada a não ser abandoná-los ali, e eles se preparam para partir, pegam suas armas que estavam escondidos em meio a sutians. Eles notam que as munições estão acabando também, é claro que uma hora acaba, gosto desse realismo da obra, como os recursos se vão, como as pessoas reagem eme meio ao coas gerado por uma infestação zumbi, imagino o quão tenso seria uma situação assim, com certeza não seria muito diferente da ficção.

E assim se encerra a história, e dois capítulos extras nos mostram praticamente nada, mas quebram um pouco essa tensão que tinha sido gerada na edição.

High School of The Dead é bimestral (mais ou menos), tem média de 176 páginas, custa R$ 9,90 e está sendo trazido ao Brasil pela Panini, com recomendação para maiores de 18 anos, continuem lendo e nos acompanhando aqui nas discussões.

Isso também pode lhe interessar

Pikachu

Gamer e nerd, meus gêneros favoritos são RPGs e Adventures, e claro que adoro Pokémon. Aprecio uma boa música também, em especial o bom e velho Rock N' Roll e o Metal e suas vertentes.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.