JapãoLendo

Reunião, lutas e novos rumos faltando dois volumes pro fim! [Busou Renkin Vol. 8] [MdQ]

Mantendo o nível de qualidade depois do salto que a série deu no sétimo volume, temos a reunião dos protagonistas e se conclui a mini-saga da unidade de reextermínio. Volta-se a atenção ao Victor e enfim surge a chamada para o que deve ser o último arco ou, como disse o Kazuki, “o confronto final”.

Não sou muito fã das lutas que o Watsuki cria, sempre acabo passando rápido demais as páginas, quase como “tá, tá, continua com a história”. Isso por vários motivos dos quais já reclamei em MdQs passados, né. Sendo assim, como esse volume foi basicamente só lutas, não achei tão bom quanto o anterior, que focou mais na narrativa e progrediu bastante a história, mas dá pra dizer que a qualidade tá melhor que o “normal” da série, mesmo assim.

A luta do Papillon, a habilidade daquele personagem de entrar nas coisas e o Gozen defendendo a Tokiko foram momentos legais, mas o que mais gostei foi com certeza o final, com a luta contra Hiwatari. Escala épica, ataques enormes e bem impressionantes, cheguei a me empolgar! Mas quanto ao Bravo, a impressão que tive foi de que ele tinha morrido, e eu tinha gostado muito disso, de ver o Kazuki explodindo pra cima do culpado e só não o matando pela interferência superior, mas aí… é, não morreu. Tudo bem também, mas perdeu a chance de amadurecer o Kazuki com isso. Apesar de que aí ele e Hiwatari não poderiam se unir contra o Victor… enfim, seria outra situação, talvez pior pro final imaginado pelo Watsuki, mas que teria me marcado com o sacrifício do personagem, que eu achei muito bacana.

Gostei também da lealdade da Tokiko de ficar ao lado do Kazuki mesmo com a oferta do Bravo, e aí o Gouta por tabela ficou também. A entrada dele no caminho da Silver Skin Reverse foi uma grande sacada da luta, um desses elementos surpresa que eu sempre acho que faltam ao mangá. Quanto a essa luta, teve vários ataques potentes também, mas o que a definiu foram trocas de palavras, né. Acho que não poderia ter sido diferente, considerando o quão convictos são os dois. Encaixou bem. Outra parte legal foi eles trocando golpes no céu, o que deu um ar de Dragon Ball que combinou muito bem com a ideia do autor de dar a sensação dos dois estarem num nível completamente diferente dos outros Guerreiros. Chegaram a notar, mais pra frente, a Tokiko criança? Não foi dito o nome dela, mas pelo flashback do Bravo achei que era ela a sobrevivente que encontraram dentro do armário. Tava de cabelo comprido, sem a cicatriz no nariz… mas acho que é ela, sim.

Quanto ao final… gostei do design do Guerreiro Líder Supremo, mas que raio de nome é esse?! Não sei como é em japonês, mas em português dá vontade de rir, não consigo levar o cara a sério. Na verdade, “Guerreiro Líder” e mesmo “Guerreiro Alquímico” eu já acho meio demais, colocando “Supremo” então… Mas é birra minha, provavelmente. Bom, agora vai todo mundo atrás do Victor, que foi encurralado de forma misteriosa pra mim, já que ele não podia simplesmente sugar a energia de quem está em volta? Enfim, temos que esperar pra ver como o Watsuki vai estruturar essa luta, ainda mais tendo vários personagens ativos, mas tenho boas expectativas de que a série termine bem. Ficou a ponta solta da Newton Apple. O Bravo disse pra Tokiko que uma amiga dele tinha ido investigar, mas ficou por isso mesmo. Agora com esse novo objetivo o trio vai desistir de ir atrás do mascarado e descobrir mais sobre a Kakugane negra do Kazuki? Espero que não, porque achei uma parte interessante do volume passado.

E é isso. Tinha comentado em outro MdQ que “queria só ver” como o Watsuki ia fazer com a roupa da Tokiko quando ela voltasse ao tamanho normal, e foi uma cena divertida! Meio tenso ele ter aberto a barriga do cara e ele ainda ter tido prazer com isso, mas depois as cenas com o Gouta foram bem engraçadas. Outros pequenos comentários devo ter esquecido de fazer, já que li faz uns dias o volume, mas não devia ser nada demais. Próximo MdQ provavelmente será Fairy Tail #5!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Dakini

Viciada em RPGs, sejam eles Final Fantasy e Tales of ou Mass Effect e The Elder Scrolls! Fã incondicional de animês e mangás, e ousem criticar meus favoritos sem bons argumentos! Fora isso, podem me chamar de “a dama dos wallpapers”, hahaha.
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios