LendoMiscelânea

Patópolis em Quadrinhos #7: Donald Duplo – Missão01! O início para quem não leu… [Download] [PeQ]

Vou quebrar uma das minhas regras para esta coluna, Patópolis em Quadrinhos. Acredito que a exceção é bem justificada porém. PeQ tem como regra apresentar e comentar apenas HQs publicadas pela última vez no Brasil dos anos 90 para baixo. É uma forma de apresentar aos leitores do blog HQs bacanas e que instiguem a criação de novos leitores Disney e que possam vir a consumir as revistinhas em bancas. Dando assim uma força ao mercado nacional. Não se trata, entretanto, de apenas disponibilizar a HQ crua, como sites de downloads fazem por aí, a coluna tem como meta a contextualização do universo dos quadrinhos Disney. Explicar as inúmeras facetas, os grandes artistas envolvidos, os vários universos e enredos de histórias. Mostrar que existe muito mais a se ver, do que patos e ratos falantes.

E estou quebrando esta regra de HQs mais antigas por um bom motivo. Conforme explicado com uma quantidade considerável de detalhes, neste link, a Editora Abril está lançando esta semana um encadernado especial com a série italiana Donald Duplo. Esta série, de sucesso mundial, produzida na Itália, chegou ao Brasil pela primeira vez em 2009, na extinta Aventuras Disney. Esta HQ já publicada tem 140 páginas, divididas em 4 missões (partes) e durou três edições de AV. Depois disso, como sabem, a revista foi cancelada e DD perdeu seu espaço de publicação no Brasil. Os fãs precisaram esperar 2 anos por este novo especial, que trará apenas aventuras inéditas.

Mas e o começo da série? Pois é. Para quem não comprava HQs Disney em 2009, a Abril promete um resumo da história na nova revista, apresentando o que você perdeu. Não que a origem de tudo atrapalhe o enredo das novas histórias. Não atrapalha, pois nos quadrinhos Disney, toda trama é feita isoladamente, você não precisa acompanhar igual novela ou mangá. Você lê e entende, sem maiores problemas. Então o começo ficaria mais como uma curiosidade do que uma obrigatoriedade de leitura. Troquei com o Maffia alguns e-mails algumas semanas atrás e ele também não descarta a possibilidade de republicar a HQ de 2009 futuramente, só não fez agora, porque ela é recente demais, o que concordo plenamente.

Pensando nisso, resolvi fazer esse Patópolis em Quadrinhos desta forma, apresentando Donald Duplo, a Missão 01! Como Donald conheceu a agência, como descobriu que é um agente secreto, como virou parceiro da K Ká, como decidiu continuar sua carreira como agente e como foi sua primeira missão, é claro. Selecionei apenas a 1ª Missão, que tem 38 páginas. As outras estão relacionadas a uma trama que começa e se resolve ali mesmo, sem deixar muitas pontas importantes, não estão mais relacionadas a origem e introdução da série, tanto quanto esta Missão 01. Se o Maffia tem essa intenção de republicar no futuro, é melhor deixar elas para vocês se divertirem depois. Minha intenção mesmo é mostrar o começo do começo mesmo, que é o que esta HQ faz.


Depois do continue, mais conversa sobre séries italianas, Donald Duplo e outras curiosidades!

Patópolis em Quadrinhos #07

Donald Duplo: Missão 01 e as fabulosas séries italianas!

Download – Donald Duplo: Missão 01 (09MB)

Para ler a história, recomendo o programa CDisplay. (Saiba mais sobre o programa aqui)

Dados Técnicos:
Revista: Aventuras Disney, nº 44
Publicado no Brasil em Março de 2009
História: Donald Duplo: Missão 01 [38 págs] Inducks: Clique Aqui!
Roteiro: Fausto Vitaliano e Marco Bosco
Desenhos: Andrea Freccero, Francesco D’Ippolito, Marco Mazzarello, Vitale Mangiatordi
História originalmente publicada na Itália em 29 de Abril de 2008

O Pato Donald é um daqueles personagens que fica bem em quase todo tipo de história. É um protagonista que pode ser moldado em muitas formas distintas. Fica bem naqueles enredos onde se requer um personagem de temperamento explosivo, naqueles em que ele é um preguiçoso, nos que tudo dá errado para ele graças ao seu típico azar, em histórias mais atrapalhadas com o Peninha, quando se está usando o uniforme do Superpato, seu alter-ego heróico, em história onde é arrastado pelo Tio Patinhas em caça à tesouros ao redor do mundo e por aí vai. Uma pena que esse Pato Donald só é visível nos quadrinhos, na TV, o pato sempre enfrentou o problema da voz esganiçada, que parece ser um problema para deixar o personagem tão eclético quanto é nos quadrinhos. Basta lembrar de Ducktales, e nas poucas participações do personagem na série.

Dito isso, não acho estranho Donald virar um agente secreto, e ao mesmo tempo, os roteiristas terem o máximo de cuidado para se manterem fiéis as personalidades do pato. E é exatamente isso que a Missão 01 mostra, um Donald clássico, dorminhoco e briguento, descobrindo que é um agente adormecida de uma agência de espionagem. A primeira trama trabalha com isso, com Donald reaprendendo a ser agente, enquanto precisa conciliar sua vida normal com a vida de agente, com uma Margarida irritada com o jeitão do Donald, enquanto o pato tenta a todo custo se livrar de uma multa de trânsito.

Alias esse plot da multa de trânsito é realmente uma sacada genial. Isso mostra um pouco da maturidade da série, já que é uma espécie de elemento na história que faz mais sentido aos adultos do que as crianças. Adoro a piada com o guarda explicando o que diz a placa maluca de trânsito (veja abaixo) e logo depois a história mostra o Donald enfrentando a burocracia do departamento de trânsito e brigando com um funcionário público. Rá! E os roteiristas ainda amarram esse elemento da história a trama principal de agente secreto. As Missões 02, 03 e 04 ainda continuam com o Donald tentando se reconciliar com a Margarida, partido para sua primeira missão de verdade e ainda tentando se livrar da maldita multa de trânsito. XD

Donald Duplo cria alguns novos personagens, uma característica bem comum para séries especiais que os italianos vivem criando. Porém não se trata de um universo alternativo, pois personagens clássicos fazem suas aparições. Na Missão 01 podemos ver a Margarida, o Tio Patinhas, Gastão e até mesmo o Peninha. Esta é uma forma de não criar um abismo muito grande entre o universo do pato, mas também de isolar as aventuras de DD, das HQs normais do personagem. Assim Donald sempre interage com núcleos distintos para cada tipo de HQ. Em DD temos a K Ká, que é parceira do Donald, o diretor da Agência, o J Jota e o Agente B-Black, meio que o brutamontes rival de DD. Ainda tem a Liz Zago, secretária do J Jota e o Gizmo, o cientista da agência, que funciona como um Prof. Pardal. São personagens que ajudam a dar o ar que a série precisa.

Sobre séries italianas e também de outros países…

Donald Duplo não é a única série especial com personagens Disney que a Itália produz. De fato, a Itália produz muitas séries especiais e que as vezes nem chegam no Brasil ou quando chegam, as vezes são interrompidas pela metade, o que sempre achei uma sacanagem enorme. Certas HQs também não podem ser chamadas de séries, as vezes ficam melhores como sagas ou arcos fechados, enquanto outras como DD fucionem melhor como série mesmo.

Uma bem recente aqui no Brasil, publicado também na Aventuras Disney e descontinuada é Mágicos do Mickey. A história tem um tom mais medieval, dos tempos de mágicos, dragões e lendas. Mostra Mickey, Donald e Pateta vivendo juntos, como magos, que precisam preservar a paz do reino onde vivem contra magos vilões. A série funciona também em arcos com várias partes. Seria sensacional se a Abril resolvesse encadernar essa série, porque ela saiu toda picada na Aventuras Disney, dificultando bastante a leitura. E aqui no Brasil ficaram mais de 6 HQs inéditas para se publicarem, somando mais de 372 páginas. Infelizmente a Itália não produz uma nova HQ desta série desde 2009, mas os italianos as vezes são meio loucos, e não é tão raro ele largarem uma série ou arco e só resolverem criar mais histórias depois de alguns anos.

Outra série italiana recente é Ultra-Heróis. Apesar da série também não ganhar novas histórias desde 2008, ainda sobrou algumas HQs inéditas que não foram publicadas no Brasil, apesar do arco principal de 240 páginas ter saído por completo também na Aventuras Disney antes da revista ser cancelada. Ultra Heróis mostra o Esquálidus recrutando Donald, Pateta, Peninha, Gastão, Gansolino, Margarida para formar uma liga de super-heróis para combater um grupo de super vilões. Mickey também participa do grupo, mas não chega a virar um “Ultra-Herói”.

Ainda existe muitas outras séries italianas que nem chegaram a dar as caras por aqui. Recentemente a Itália vem criando histórias de uma série chamada Pateta Reporter, que tem o Pateta como protagonista atuando como um reporter investigativo na década de 30 (Veja um pouco disso neste link e neste link). Eu tenho muita curiosidade de ler estas histórias, até porque gosto quando criam estas HQs onde se encaixam os personagens em histórias de época. O Maffia acabou comentando lá no Clarim Diário, o blog do colega Macgaren, que estuda-se trazer essa série ao Brasil ano que vem num encadernado especial. É aguardar para ver.

Alias SEMANA PASSADA estrou na Topolino italiana uma nova série, também do mesmo criador de Donald Duplo (Fausto Vitaliano) chamada Crônicas do Planeta T. Pelo que deu para pesquisar rapidamente, trata-se de uma “Space Opera” (Wikipédia), uma aventura num universo alternativo, mesclando muita ficção científica. Os personagens são do universo do rato. Mickey e Pateta são os protagonistas da aventura e Mancha Negra e Bafo os vilões. Parece muito bom só pela arte da capa da Topolino desta semana (imagem ao lado). Essa série vai ser uma das principais atrações da Topolino até julho deste ano. É aqui no Brasil? Será que ela chega algum dia?

Mas não é só a Itália que investe nestas séries com personagens Disney. Posso citar Dragonlords, criado na Dinamarca pelo roteirista Byron Erickson, com os belíssimos desenhos do Giorgio Cavazzano. Série que saiu completíssima no Brasil na estréia de Aventuras Disney lá em 2005. Ela é tão fantástica que os italianos acabaram de relançá-la esse mês na luxuosa coleção Tesori Disney (Inducks). Merecia sair no Brasil no mesmo molde por sinal, porque é realmente uma obra-prima.

Ainda pensando em séries criadas na Dinamarca, não posso deixar de mencionar a série com Donald & Peninha chamada por lá de TNT = Tæmning af Overnaturlige Trusler, que numa tradução meio Google Tradutor, seria “Domadores de Ameaças não Humanas“. A série mostra a atrapalhada dupla se afiliando a uma organição secreta que combate ameaças de criaturas sobrenaturais. Ainda não tive a oportunidade de ler essa série, apesar de ter algumas histórias dela em inglês aqui no PC (valeu Sergio!), mas esta série já foi mostrada em muitos países da Europa e até nos Estados Unidos e até hoje permanece inédita no Brasil, enquanto continua ganhando mais e mais histórias inéditas lá fora. Para saber mais sobre TNT, entrem neste link de um topico que fiz no forum Projeto Inducks.

Infelizmente o Brasil tem um problema sério com séries Disney. O formato das revistas atuais não permite a publicação correta destas histórias. Aventuras Disney era uma ótima ideia, mas tinha poucas páginas, então era comum um arco ter que durar de 3 a 4 meses para ser concluido, o que é um saco. Sem mencionar que metade da revista era queimada com republicações e histórias velhas, junto com as sagas e séries inéditas italianas. Péssimo mix. O ideal seria uma revistona de mais de 200 páginas para histórias grandes e série inéditas ou como o que a Abril fez agora com Donald Duplo, um encadernado solo. O único mal dos encadernados é a demora que eles levam para serem oficializado, criados e lançados. Quando teremos mais Donald Duplo, por exemplo? Daqui 2 anos? Isso que mata. Sem mencionar que são apenas um ou dois encadernados por vez, ou seja, não supre a demanda de tudo que precisa vir pra cá. Uma revistona mensal poderia trazer várias séries ao mesmo tempo, sem fazer o leitor esperar meses ou anos para continuar determinada saga ou série.

Queria continuar falando sobre esse assunto, mas acredito que já me extendi demais. Acabei nem falando das séries mais alternativas como Paperinik New Adventuras, Mickey Mouse Mistery Magazine e Mickey-X, mas não se preocupem, pois estes são os assuntos do próximo Patópolis em Quadrinhos. Na verdade, esta edição seria sobre Mickey-X, com a primeira HQ completa da série, mas como Donald Duplo voltou as bancas de sopetão, tive que mudar o tema desta edição. Mas não desisti ainda de Mickey-X! Aguardem!

Finalizando…

Nesta edição não tive espaço para falar dos roteiristas e desenhistas da HQ, mas acredito que Fausto Vitaliano e Andrea Freccero dispensam certas apresentações. Até porque já mencionei ambos aqui no blog diversas vezes. São dois gênios dos quadrinhos Disney da atualidade e vivem fazendo suas aparições em HQs no Brasil. Recomendo que deem uma olhada na entrevista que o Edição Extra Blog conseguiu com o Vitaliano, pois ficou muito legal (clique aqui).

Quanto a Donald Duplo, eu espero que vocês curtam esta introdução da série e que possam prestigiar comprando a HQ nas bancas. Deem uma força para que mais encadernados sejam criados e que novas séries possam vir ao Brasil, assim como novas histórias de Donald Duplo possam voltar a aparecer por aqui (pois apesar do especial com + de 300 páginas, ainda tem HQs inéditas da série para sair no Brasil, incluindo uma que se passa no Rio de Janeiro).

<- As Novas Aventuras de Donald Duplo #1, lançado dia 25 de Abril. 160 páginas de histórias inéditas! Preço R$ 9,95. No dia, 10 de Maio, chega as bancas As Novas Aventuras de Donald Duplo #2, com mais 160 páginas inéditas! Depois disso, resta torcer pelo sucesso dos encadernados para que novas edições de DD sejam lançadas por aqui!

Ainda estou procurando Donald Duplo aqui em Jacareí-SP. A coisa está feia por aqui. Bancas fechando por falta de venda de revistas e a distribuição sacaneando geral, com revistinhas Disney não chegando em várias bancas da região central. Tá triste viu…

Mas assim que encontrar a revista, farei a prévia com as scans e detalhes completo das histórias que compõem a primeira edição! Nem que tenha que comprar pela internet. Não vou deixar passar essa preciosidade!

E até a próxima Patópolis em Quadrinhos! (Em maio provavelmente)

Uma pequena prévia da HQ disponibilizada no Download:



Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios