E3 Electronic Entertainment ExpoJogando

Assista a 15 gloriosos minutos de gameplay de The Elder Scrolls V – Skyrim! [Ressaca E3] [PC/PS3/X360]

The Elder Scrolls V - Skyrim
Isso é um wallpaper! 😉

Aaah, Skyrim… Por que a sua data de lançamento está tão longe? Onze de novembro parece não chegar nunca! E o que dizer dos outros jogos AAA+ que estão previstos para sair este ano? Como arranjar tempo (e dinheiro!) para jogá-los? Enquanto não encontro uma solução para esses problemas, eu fico babando nesse vídeo de gameplay de Skyrim. O jogo não teve espaço nas conferências principais, mas acabou roubando o show quando foi apresentado nas mesas-redonda dos grandes portais de jogos. Foram 15 minutos de puro orgasmo visual, confiram:

Esse é o jogo que Oblivion tentou ser. Sério, aparentemente todos os problemas dele (movimentação em terceira pessoa, diálogo travado, gameplay repetitivo…) foram resolvidos em Skyrim! A atenção aos detalhes está incrível (notem a roupa dos inimigos sendo consumidas pelo fogo), o cenário é gigantesco (observem a profundidade de campo, as montanhas lááá longe no horizonte) e ainda temos dragões! DRAGÕES! Todd Howard, o produtor do jogo, já comentou que a quantidade de dragões presente no jogo é in-fi-ni-ta. Ótima notícia, já que para evoluir seus poderes – cada poder tem três níveis – você deve absorver a alma de um dragão, e com essa quantidade infinita você não precisa ficar preocupando com o gerenciamento de poder. Isso sem contar o fato de que muitos dos dragões não possuem comportamento definido pelo roteiro, ou seja, o comportamento deles é imprevisível. Você pode estar andando por um campo numa boa, só colhendo ingredientes e VUUUUUSH! aparece um dragão! Aí você vai fugir dele e VUUUUUSH! outro dragão! Tipo, tem como ser mais épico que isso?

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Theo Medeiros

Cinéfilo, gamer, adorador de música e entusiasta tecnológico. Acha que Nescau é melhor que Toddy e que bacon é a oitava maravilha do mundo.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios