Dia de correio: mangás e mais mangás atrasados…


Último pacotão dos últimos volumes lançados até semana passada.

Já faz algum tempo que desisti de comprar os mangás aqui nas bancas de Jacareí. É dor de cabeça demais. A distribuição é maluca, não entregam volumes de uma mesma série nas mesmas bancas, nunca se sabe aonde séries novas vão chegar ou se vão chegar, isso sem mencionar nas séries que são distribuidas regionalmente e chegam por aqui com meses de atrasos. É um saco.

Felizmente existe como contornar isso: basta adquirir os mangás online. Desde meados de 2011 parei de comprar na Banca 2000, que começou a demorar demais para fazer os envios dos meus pedidos,  e passei a comprar meus mangás na Comix, que é muito ágil no envio, e sempre tem um cupom de 20% rolando pela web, distribuidos em eventos de animês.

Mas sempre compro de pacotões, entre 15 e 16 volumes, pois assim posso parcelar e mesmo com o frete, o preço final dos mangás acabam saindo um pouco menor do que se eu tivesse comprado-os individualmente em bancas. Estes acima mesmo ficaram por 9 reais e alguns centavos. Pouca coisa é verdade, mas é uma pequena economia que compensa quando se coleciona tantos títulos.

Obs: obviamente não recebi esse pacote hoje, domingo. Foi na quinta-feita passada. É que faltou tempo para fotografar tudo no dia.

Como consegui colocar as aquisições das séries principais em dia (a leitura é outro detalhe, tem três pilhas maiores do que os volumes dessas fotos aqui pra ler), resolvi começar a pegar os volumes de Claymore, uma das famosas séries da Shonen Jump que deixei passar quando a Panini lançou e vivia louco para colecionar. Ainda bem que os lançamentos estão sendo feitos bem devagar pela Panini, vai dar para colocar em dia até o término de 2012. Começo pelos 4 primeiros volumes. E essa é uma das vantagens bacanas do mercado de mangás, sempre é possível achar as edições anteriores de algumas séries. Se não fosse por isso, seria difícil atrair novos leitores.

Na outra foto acima: Bleach, Naruto e Kekkaishi. As duas primeiras eu nem tenho muita urgência em ler, pois acompanha via web os capítulos japoneses, mas coleciono sem problema. A Panini está chegando perto dos volumes japoneses, mas isso não deve acontecer esse ano, já que ela freiou um pouco estas séries e está lançamento de forma mais vagarosa. Kekkaishi que já foi concluído lá fora que lamento ter virado meio trimestral, porque é um mangá muito divertido e que estava adorando. Pausei a leitura no volume 7, agora que comprei o 14, acho que vou voltar a ler.

Neo Genesis Evangelion comecei a ler o primeiro volume ontem. Mas vou deixar para comentar no meu próximo Mesa dos Quadrinhos. Fico feliz pelo relançamento, porque é um clássico que sempre quis ler. Mär é outra que vem me animando, mas fiz meus comentários sobre ela no meu último MdQ (leia aqui). Rosario + Vampire II eu não comecei a ler, mas terminei o primeiro ano da série e fiquei feliz com ela, que começa bem morno e esquenta mais ao fim. Mais personagens, melhores lutas e a trama passa a ser contínua.

Code Geass eu comprei meio as cegas. Admito que esperava muito mais, pelo hype que ele criou quando a JBC anunciou. Admito que é original e criativo, mas tem hora que acho-o confuso e apressado. Porém eu sei que esse é um mangá que originalmente era um animê, então é provavel que a animação seja melhor. Li apenas os primeiros 8 volumes da Revolução de Lelouch, mas já tenho aqui o Contra-ataque de Suzako e já comecei a colecionar o Pesadelo de Nunally. Por último, das fotos acima, Ranma ½. Gosto do tom de humor e comédia desse clássico, porém admito que fica repetitivo depois de tantos volumes. Parei no volume 11, mas pretendo retomar assim que possível.

E, para terminar, Bakuman e Fairy Tail. As duas séries nem comecei a ler, já que acompanho elas pelos animês não tenho urgência em começar o mangá. Fairy Tail depois da pavorosa tradução nacional me dá até medo de pensar em começar o volume 2 (li o primeiro apenas). Mas dizem que melhora depois. Tomara. Já Bakuman é um mangá com bastante texto, fiquei impressionado, mas parece ótimo e não está zuado como a tradução que a JBC fez para Fairy Tail.

 Ufa… tanto mangá. Nunca vou colocar tudo isso em dia. XD

Isso também pode lhe interessar

29 Comentários

  1. Evangelion, eu compro por ser fã do anime e também por que sempre quis ler seu mangá mesmo que sendo originado de seu anime, mais devo relatar que é uma vergonha o trabalho porco que a JBC emprega em um mangá que por ser um relançamento deveria ter uma qualidade melhor(Panini que não cometa os mesmos erros com One Piece e Monster).

    Quanto a sites online de compras de mangá, eu costumo comprar na LigaHq. Apesar de eles não terem um acervo de mangás não lançamentos(ou seja que já foram lançados a meses) muito grande se comparado a Comix, não pago frete(só uma taxa de manuseio) e 20% do valor que pago é revertido para mim em forma de bônus(mais do que recomendado para quem compra muitos mangás como eu, pois acaba podendo comprar algum outro mangá somente com esse bônus).

  2. Gostei dos sites não conhecia eles, aqui na minha cidade também é extremamente difícil achar HQs e Mangás sequencias, e adorei a compra, só coisa boa.
    Gostaria que você me falasse um pouco sobre o mangá de FT, porque o anime me decepciona a cada episódio! –'

  3. Code Geass em mangá não é METADE do que é o animê, boss. XD Me entristece ver que tu leu a série antes de assistir. :/

    Bakuman realmente tem muito texto, mas é padrão da dupla dinâmica, né. Death Note já era assim. =] Quanto a Fairy Tail, sim, a tradução melhora nos volumes seguintes. XD E que bom que finalmente vai começar Claymore! Mangá muuuuuito bom. =]

  4. Putz…tanto enchi o saco do dono da banca pra trazer OP em Janeiro (pra não ter que pagar frete desses sites) e agora descubro essa LigaHQ
    Vou falar que ele não precisa trazer mais,pelo menos pra mim

    1. Se fosse vc, ao menos com One Piece 1 pediria sim pra ele trazer. O mangá na LigaHQ já se esgotou ainda na fase de reserva, tanto que eles nem vão ter para por como amostra no site quando a Panini mandar os mangás para eles.

  5. Bah eu achei muita sacanagem o Kekkaishi trimestral, não tem motivo por que já está concluído no Japão e assim vai demorar muito pra acabar aqui no Brasil. Outra coisa que é um saco ler um novo só a cada 3 meses, já nem lembro direitor o que aconteceu…

    1. Sofro isso com Morango 100%, mais entendo o por que da editora fazer isso. Afinal o título apesar de muito bem falado(no caso de Kekkaishi) não vende muito e editora precisa de lucro pra ficar lançando um titulo desse todo mês em banca. Admito tbém que acho essa periodicidade ótima(até pq é uma periodicidade comum em outros países) para um mercado que cada vez mais tem séries sendo lançadas, já que alivia no bolso dos compradores.

  6. Sempre comprei na Comix, não conhecia a LigaHQ. Valeu pela dica, Flanders! Alguém comprou a "nova" edição dos Cavaleiros da JBC? Tenho só a saga do Santuário pela Conrad e gostaria de saber se vale a pena comprar este novo ou completar a coleção pela Conrad. Valeu!

  7. Thiago ainda não assistiu o anime de Code Geass? O_o A distribuição dos mangás foi uma bagunça, faltam vários volumes na minha coleção…

    Fairy Tail melhora bastante depois do volume 2, mas a tradução continua horrível, simplesmente não existe "está", só "tá" e outras bizarrices que a JBC teimou em manter mesmo depois das reclamações ¬¬

    Desde quando foi anunciado o lançamente não tive o menor interesse em Mär, li uma parte da primeira edição na livraria e passei longe…

  8. Eu gostava muito da revistaria que tinha na rua da antiga rodoviária, mas ela fechou faz alguns meses. 🙁

    Depois disso eu passei a pegar alguns na banca do shopping, mas vc já foi lá recentemente? Dá até vergonha de chamar aquilo de banca. Ridículo!!

    Uma banca boa é aquela mais pra frente da santa casa, é a única "menos pior" aqui da cidade.

  9. Rosario + Vampire é realmente sensacional. É daqueles títulos que começa mais ou menos, mas que não demora para mostrar todo o seu potencial. A primeira fase do mangá foi surpreendente, e a segunda está indo pelo mesmo caminho. Uma pena que exista aquele anime sem qualidade para manchar a imagem do manga. D:

    1. Eu até que gostei do anime quando vi há alguns anos…O mangá não sei por que deixei passar, mais vou ver se no futuro dou uma corrida atrás deles pra dar uma lida.

      1. É, eu acompanho o mangá com o Japão, e digo que ele vira um shonen de boa qualidade, muito superior as outras fases do mangá. A segunda fase é mais séria, e tem momentos realmente "preocupantes", colocam relações entre personagens em jogo etc…

        Não é expecional, OMFG, mas é bom sim e diverte.

  10. Já Claymore não tenho muito o que comentar. História envolvente e surpreendente, personagens carismáticos, muitas batalhas, e o melhor, na minha opinião: a criatividade invejável, do autor, para fazer monstros. Não tenho medo de dizer que este é um dos melhores títulos da atualidade. Pena que Claymore é um mangá mensal. 🙁

  11. Os únicos mangas que ainda consigo pegar na banca (aqui na cidade tem somente uma) é o CDZ Episode G, Naruto (sempre vem atrasado, mas esta vindo ultimamente) e as vezes Kekkaishi. De resto tudo via sites, principalmente o da Animepro e o da Comix. Como compro em grande quantidade de 3 em 3 meses o valor do frete acaba não atingindo muito já que tds os mangas tem desconto na Animepro.

  12. Em relação a tradução do Fairy Tail eu só tenho um sentimento-Culpa.
    Culpa,pois fiquei culpando o coitado do Guilherme Briggs quando quem fez a merda foi o Marcelo Del Greco.Mas depois a tradução fica menos pior.Já em relação a qualidade do material,eu não vou puxar o saco de nenhuma Editora,pois é TUDO FARINHA DO MESMO SACO.A qualidade dos mangás da JBC é mesma da Panini,antigamente a única que diferenciava em relação ao material era a conrad(e hoje um pouco a NewPOP).

    1. Ate onde ser o Briggs poderia obrigar o Marcelo del Greco a mudar o estilo de tradução, mas eles preferiram manter mesmo que os fãs online tenham odiado. E está errado, a própria JBC já confirmou que o papel que a Panini usa é mais espesso do que o deles, sem falar dos extras, contra capa e páginas coloridas…

      1. É culpa tanto do Briggs quanto do senhor Del Greco, um por traduzir assim e outro por deixar passar esse modo ridículo que o primeiro traduz. JBC deveria se tocar e tirar Del Greco do comando da sua linha de mangás pois o futuro dos mangás da JBC nas mãos desse cara muito me preocupa(quem viu a entrevista dele, a um programa e que foi divulgado em alguns blogs sabe o que eu quero dizer).

        Quanto a qualidade dos mangás, a novata(no ramo de mangás que fique bem claro) LP&M com seu "Solanin" e "Aventuras de um Menino", já deu um esculacho em todas as outras editoras…

        Newpop tem um trabalho melhor feito nisso também do que as outras duas.

        Panini no meu ver só precisaria mudar o papel que usa(um offset sertia ótimo), pois extras, páginas coloridas(obviamente quando a edição original tem) e etc…já vem como o Killua disse. Mais aposto com qualquer um como teria nego "chorando" por ter que pagar R$15 ou R$16 em algo com qualidade melhor…

        JBC é um lixo. Tem o pior quesito em tudo, nada se salva.

  13. eu tenho rosario+vampire,code geass,e bakuman to no 6,eu leio mias manga do que assisto anime,e pra min os melhores mangas que estão sendo lançados sao bakuman e rosario,rosario tenho a primeira completa

  14. Recentemente também fiz uma compra gigante pela internet já que aqui em Macaé é quase impossível achar essas coisas nas bancas. Kekkaishi, por exemplo, eu nunca vi em banca, tive que comprar tudo pela internet.

    Se você for comprar religiosamente pela internet todo mês recomendo comprar pela LigaHQ que cobra um frete quase nulo. Mas cuidado que os mangás lá acabam rápido, é bom você comprar logo na semana que lança.

  15. Nossa, isso me lembra que to com tudo atrasado, so no primeiro volume da maioria!!
    Mas espaçø é algo muito complicado hj em dia em são paulo rsrsrs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.