AssistindoLendoMiscelânea

Netflix: novidades e problemas que persistem…

O pior das Tartarugas, Séries Fox, Vingadores, South Park dublado e Nine de Burton!

Rá! A pior série live-action das Tartarugas Ninjas estreou hoje no Netflix! Lembro que ela passava há muitos anos atrás na Tv por Assinatura e mesmo tosca e bizarra eu assistia sempre que achava ela na grade de programação! Será que hoje, já adulto, conseguirei ver ela na sequência? Uma coisa é esperar por algo que seja bom, outra diferente é assistir um programa tosco só pela saudades de outros tempos. Mas vou tentar, sempre curtir Tartarugas Ninjas e existem tantas versões na TV que essa é só mais uma da pilha. Mas espero que o fato do Netflix conseguir colocar isso em seu cardápio, assim como colocou mês passado o filme TMNT (de 2007) abra a possibilidade de num futuro poder ter aquele desenho dos anos 90 das tartarugas, assim como aquela versão mais recente e moderninha, com alienígenas e tal, e que durou impressionante anos na TV paga e nunca consegui assistir tudo (via muitos episódios picados, entre as muitas temporadas). Fico contente com a expansão do universo das Tartarugas no sistema de streaming, temos para o fim do ano a nova animação em CG pela Nickelodeon, assim como o projeto de um filme. São personagens que sempre encontram um lugar para ser aprensentado para novas gerações.

Hoje também começa o contrado da Fox com a Netflix (leia mais neste link). E novas séries finalmente estão estreando. Na verdade não há nenhuma novidade aí pra mim. Eu já acompanhei Prison Break do começo ao fim quando era exibida e as outras séries, How i met your mother, Bones e Glee já acompanho e estou em dia com suas temporadas americanas. É uma boa pedida para quem nunca asistiu, em especial “How Met” porque é uma série que sempre se embaralhou nos canais de TV por Assinatura e parece que só a agora o canal Fox percebeu o sucesso que tinha em mãos.  Tirando How Met, todas as outras com opções de legendas e dublagem. Não sou grande fã de dublagem de séries americanas, mas acho importante ter essa opção. No caso de How Met, como é uma série que nunca foi exibido na TV aberta imagino que nunca tenha sido requisitado uma dublagem então fica só na opção de áudio original.

É bacana ver o serviço correndo atrás de séries atuais, mas sempre fico pensando porque não apostam também em mais clássicos? Tem Xena, tem Hércules, tem Sliders por lá? Tem, mas porque não correr atrás de mais clássicos? Seinfield, According to Jim, Buffy, Angel, Um Maluco no Pedaço etc. Essas séries famosas que devem estar com o pessoal que eles já possuem contratos. Outro detalhe é a manutenção de séries que já estão no serviço. Cadê novas temporadas de séries que estão lá já há algum tempo? Não pode só adicionar novas séries e esquecer daquelas que ainda tem temporadas pendentes…

Outra novidade é o desenho dos Vingadores, que admito que tentei assistir o começo algumas vezes ano passado e em todas eu caí no sono. Acho que não presto mesmo pra Marvel. Curto muito as animações da DC, os longas que saem direto em DVD e estou achando uma coisa beirando a perfeição Justiça Jovem, mas não sei qual meu problema com a Marvel. Curtia muito O Espectacular Homem Aranha (que estou alias revendo no Netflix), mas não consigo gostar desse novo desenho do Aranha com o Nick Fury e aquele deboche e palhaçada em todos episódios. É muita viagem, muita coisa sem noção, muito diferente dos quadrinhos do Aranha. Essa fusão do universo Marvel como um todo dentro do desenho dele ficou muito farofa pra mim. Está fazendo sucesso acho… o Mauri tá sempre babando e eufórico a cada novo episódio, mas sei lá. Pra mim… méh. Mas é uma opção. Acho bacana o Netflix conseguir disponibilizar toda a primeira temporada dos Vingadores, tanto no áudio original com legendas quanto com dublagem. Quem sabe dou uma nova chance agora que posso ver dublado (ano passado tentei ver legendado).

 

E agora começo a entrar nos problemas e na persistencia em continuar errado. South Park chegou no Netflix da pior forma possível. Além da série em si, também foram adicionados três coletâneas de episódios (daquele “os melhores de”). Até aí tudo bem, o problema é que disponibilizaram a série nas temporadas 10, 11 e 12 apenas. Que merda é essa? Pra piorar ainda mais a situação TODOS os episódios estão DUBLADOS! Não! Não! Não! Sem áudio original é pedir para os fãs amaldiçoarem o serviço e desejarem a cabeça do maldito que colocou isso no serviço. South Park tem que ser legendado, me desculpe quem curte uma boa dublagem, mas “boa” é algo que a dublagem de South Park não passa nem perto. É horrível, de dar pesadelos, é tudo aquilo que não se espera um serviço de dublagem. Que horror! Aí Netflix, pra que dar esse tiro no próprio pé? Não colocasse no ar então… contratasse algumas pessoas para legendar se não tinham legendas disponíveis. E por que diabos começar da décima temporada? Cadê os primeiros anos? Estão em fullscreen, em imagem SD, garanto que os fãs de verdade não ligam! South Park foi lançado em DVD nos Estados Unidos, incluindo seus primeiros anos. É impossível que não seja possível obter ao menos as primeiras temporadas em qualidade de DVD. A chegada de Cartman e trupe no Netflix nacional foi realmente uma grande frustação. Achei que o Netflix já teria aprendido a lição quanto a colocar programas sem opção de áudio original…

Para terminar, gostaria de recomendar uma animação solo. Não é um programa de TV, mas um filme que estreou no cinemas já há alguns anos e teve um péssimo tratamento em DVD no Brasil (nunca saiu em Blu-ray) e raramento vejo passando na TV: Nine de Tim Burton. É um filme muito massa e que está sendo disponibilizado também entre as muitas novidades de filmes que estão chegando hoje no cardápio do serviço. Eu assisti no cinema e achei muito bacana, tem esse jeitão mesmo das produções de Burton e é um filme bem sombrio, quem não viu ainda, vale a pena! Fica a minha recomendação.

Com isso, Netflix abre julho com um novo contrato, continua com seus contratos antigos, mas ainda tem muito que adicionar em seu conteúdo. Tem muito que aprender com o gosto de seus assinantes. Vídeos e programas sem áudio original não dá. É também inacreditável um contrato com a Fox onde não se tem Simpsons como opção de estréia no cardápio. Eu penso em Fox, penso em Simpsons. E até o momento nada foi dito se teremos ou não a família amarela no serviço. Futurama seria outra série muito bem vinda. Fora isso ainda há muito que se explorar no contrado da Disney e da Nicklodeon que parece que o Netflix não anda sabendo o que fazer. Darwing Duck meu deus! Cadê os clássicos de séries animadas da Disney no serviço? Só Ducktales não basta. The Guumies, Bonkers, Timão e Pumba, A Turma do Pateta, TV Quac, Rescue Rangers, Esquadrilha Parafuso. Netflix com a faca e o queijo na mão e fica cortando rapadura? Argh!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.