Cinema, a falta de opções… e o consumidor? (Opinião)

Por que tanto retrocesso?

Imagine a seguinte situação: Digamos que você seja um vegetariano e resolve almoçar no único restaurante da cidade porquê sei lá, você tá sem comida em casa e seu salário acabou de sair. Você senta lá na sua cadeira, chama o garçom e animadamente pede um prato de salada. No que vem a resposta, vem também a sua frustração, ele responde que salada só tem de noite porquê de manhã a maioria dos clientes come é carne. Absurdo né?

É um pouco parecido com o que acontece na minha cidade, só que em relação ao cinema. Logo mais estarei saindo de casa para ver um dos meus três filmes mais aguardados do ano, claro, o Batman. Seria perfeito, um sonho, não fosse ter que ser OBRIGADO a ver o filme dublado.

O cinema disponibiliza de 3 a 4 cópias do filme dublado e uma única legendada bem tarde da noite o que torna muito inviável para mim. E ele faz isso com quase todos os blockbusters que passam por aqui, com raríssimas exceções. Tome aí Vingadores que haviam sessões legendadas a tarde, porém sem o 3D… Era minha a escolha, assistir dublado com o efeito, ou legendado sem. Óbvio que escolhi legendado, mas mesmo assim deveria ter havido opções iguais para os que queriam aproveitar as duas coisas.

Agora presencio este problema deplorável, falta de respeito por quem prefere assistir legendado, ver o verdadeiro filme, ver as interpretações completas dos atores. Sim, porquê interpretação não se trata somente do comportamento do personagem dada à atuação do ator, temos ainda a entonação de voz em determinada circunstância, entre outros pormenores. Sem falar que a dublagem faz a gente perder detalhes que passam batidos.

Agora pense aí, há razão para tamanho desrespeito? Voltando ao texto da salada, se de fato houvessem mais consumidores que prefiram dublado (pode ser isso, mas não há nenhuma pesquisa que indique valores reais), o que raios isso tem a ver? Alguém que presta serviços tem que procurar atender a todos os tipos de público de forma justa, eu digo de forma JUSTA mesmo! Não estou dizendo para criar o mesmo número de sessões legendadas em horário comercial, mas pelo menos disponibilizar um! É pedir demais? Fica uma sensação de injustiça e também de subordinação, isso porquê é o único cinema que temos em nossa cidade, por enquanto.

Amigos meus também ficam indignados, outros falam de enviar e-mails para tentar reclamar do serviço que ele vêm prestando na cidade: fora esse problema das sessões legendadas, 3D que quebra muito, algumas salas com falha em projeção, etc. Eu falo que não adianta, enquanto houver exclusividade por parte do cinema, e não houver concorrência teremos este tipo de problema, o que é muito triste, mas não há nada que possamos fazer. Resta a indignação mesmo. Um novo shopping está sendo construído aqui, consequentemente com um novo cinema… Viva a concorrência, porquê nós que passamos por tudo isso não teremos memória curta.

Isso também pode lhe interessar

77 Comentários

  1. O problema, infelizmente, é que a grande maioria das pessoas não se importa em assistir uma obra de arte despedaçada. Sim, pois a dublagem DESPEDAÇA a obra original. Atores de qualidade passam até meses para compôr todas as características de um determinado personagem, para torná-lo o mais real e profundo possível, e aí vem o dublador e destrói toda essa composição ao assassinar parte do trabalho do ator em apenas algumas horas! Lamentável, e mais lamentável ainda é perceber que tanto nos cinemas quanto nas séries de TV, a dublagem vem se tornando padrão.

    1.  @ivonoatos eu costumo dizer que o áudio original representa 50% da atuação de um personagem senão mais, mas é assim mesmo, as pessoas gostam do que é mais fácil para elas. Abrem mão de uma coisa de qualidade inquestionavelmente maior para a preguiça de ler as letrinhas. Sim, tem gente que ainda dá essa justificativa…

  2.  @Meltoh  @ivonoatos Aqui não tem vergonha de dizer as letras passam muito rápido…são aquelas pessoas que leem como se estivessem separando as sílabas

  3. paciência + thepiratebay = sucesso.
     
    Mas eu te entendo, cinema é cinema. Aqui na minha cidade também só tem um cinema, e a coisa é tão feia (um filme em cartaz durante semanas, e sempre dublado) que eu já larguei mão. Mas eu não fico irritado com os caras não; se eu estivesse no lugar deles, com um público massivo que só assiste a filmes dublados, ligaria um grande "foda-se" para os filmes legendados também.

  4.  @ivonoatos Concordo que na maioria das vezes a dublagem estraga o filme, mas não acho que isso seja uma regra não cara. Tem muito dublador que simplesmente salva o personagem, principalmente em animações (o dublador Guilherme Briggs, por exemplo, faz isso de uma forma genial).
     
    Alguns filmes, como "Todo Poderoso", eu curti assistir tanto dublado quanto legendado, sem stress. Mas sim, também acho que em geral a dublagem estraga bastante o filme.
     
    Ps.: A melhor coisa mesmo é assistir o filme em inglês e sem legenda, apesar de ser um pouco difícil é uma maravilha não ter que desviar a atenção pra parte inferior da tela o tempo todo.

    1.  @SadMask  @ivonoatos Ah sim cara, você citou Guilherme Briggs, acho as dublagens dele fantásticas sim, mas infelizmente exceções como ele são poucas, e nem todos os dubladores que queremos ver estão nas obras que queremos assistir, portanto deveria sim haver uma escolha na hora de ver o filme. Ele pode ser um ótimo dublador e diretor dublagem (entre outros que também são bons), mas nada supera o áudio original que são é claro, as vozes dos próprios atores.

  5. Mas você viu dublado? Como ficou a voz do Baine, porque no original ela é muito estranha, hehehe!
     
    Gosto de ver legendado também, mas a dublagem no Brasil nos filmes dos anos 80 era tão boa que fazia atores com schwarzenegger parecerem bons, hauhauhua!!!

    1.  @Evandro loco To saindo daqui a pouco pra ver o filme, e já vi a voz original do Bane, modificaram por causa do lance da máscara que tava abafando o som e ninguém tava entendendo nada, mas nem esquento com isso, eu até gostei do resultado da modificação! xD

      1.  @Meltoh A voz dele me causou estranheza durante o filme, pelo fato que passava impressão que estava sendo dublado, a voz não combinava com o porto físico e o jeito do Bane!

        1.  @Evandro loco  @Meltoh Pô mais até ai, se for parar pra pensar, a voz do cara na versão original (em inglês) também é dublada. Não é como se o ator estivesse gravando as cenas com uma máscara que altera a voz dele. Agora, se a dublagem em português ficou ruim a história é outra.

        2.  @SadMask  @Meltoh Mas essa foi a reclamação quando apareceu o primeiro trailer do filme, que não dava para entender o que o Bane falava por causa da máscara, acredito que não tenha sido dublado posteriormente, só tradado o som original!

        3.  @Evandro loco  @Meltoh Nossa, esquece, falei merda. Agora que eu entendi o que você disse (acho). Você achou a dublagem, no original (em inglês), estranha… É isso mesmo Arnaldo?

        4.  @Evandro loco eu achei a voz condicente, ficou bem legal, ficou alta como a ingles (mascara amplificadora rulez), mas ficou legal, bem grave e séria, só faltou um pouquinho de entusiamos (o "eu vou quebrar você" meio que passou despercebido total).

        5.  @Sr.Coringa Pois é, estava olhando o nerdoffice do site do Jovem nerd, da semana passada e eles mostraram a voz no 1° trailer e o atual com a voz já modificado, tem uma boa diferença!!

      2.  @Meltoh Eu não vi o filme ainda, tenho pavor de filas, estou esperando mais um pouco.
        Ouvi dizer que a voz do Bane tava parecendo a do Scooby Doo, eh verdade?
        hahahaha
        To ouvindo cada coisa sobre o filme que estou até com medo de ver!!

  6. Eu sempre prefiro ver na estréia o filme dublado, e depois vejo com mais calma vejo legendado. Eu odeio deixar de notar elementos do filme, então essa é uma escolha que eu fiz para no fim ver tudo.
    É importante que nossos cinemas disponibilizem as duas opções, e é importante se a pessoa só goste de legendado deixe isso bem claro para a distribuidora, buscando soluções como mais salas ou exibições intercaladas.
     
    Que haja espaço para todos!

  7. Excelente post… lamentável essa situação… em Belo Horizonte onde assisto os filmes no cinema, por ser capital é tranquilo, mas é só ir em Contagem, Betim e outras cidades que teoricamente são grandes da região metropolitana, já começamos a perceber como é tratado o cliente no interior… com muito falta de respeito mesmo…
     
    O negócio é realmente divulgar em blogs com público grande e encher a caixa de emails dos cinemas dessas cidades… acredito que não haja outra forma…
     
    Um fator que dificulta muito esses protestos é o fato de que muita gente não tem paciência ou capacidade de ler os diálogos, geralmente rápidos, no telão…
     
    Todos meus amigos que podem ser considerados cinéfilos ou tem grande apreço pela sétima arte, preferem assistir aos filmes legendados, já minha mãe, namorada e o povão em geral, tem preguiça de ler as legendas…
     
    O ideal, como citado no post, é ter sessões variadas para todos os tipos de expectadores, mas infelizmente pelo que li nos comentários e vejo aqui nas cidades da região metropolitana de BH, os expectadores do interior não tem o atendimento de respeito e variedade de opções, como geralmente o pessoal das capitais tem…
     
    Protestem insistentemente, mesmo que em geral recebam respostas vazias, uma hora as empresas ficam de saco cheio e acabam atendendo os pedidos… acredito ser a única forma de resolver esse problema…

    1.  @Rafael Gaara Sim, o ideal é ter diversidade, voltando ao exemplo do restaurante, não há só carne ou só vegetais num restaurante normal a não ser que ele seja específico né? E desde quando cinema tem que ser específico? Valeu pelo comentário e pelas dicas!

  8. Acontece a mesma coisa na minha cidade, e eu moro numa capital e que tem três cinemas!! Isso me deixa muito irritado, eu odeio ver filme dublado porque estraga a magia (Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada tá aí pra provar, quase dormi na sessão dos meus livros favoritos!!!!). As únicas sessões legendadas de blockbusters por aqui são de noite, quase na hora do shopping fechar. Sou menor de idade, por isso não tenho como dirigir, e táxi à noite é mais caro. E o pior é que eu não sei o que fazer pra essa situação melhorar.

    1.  @FanPower Pois é, tem essas coisas que você diz também que acabam só atrapalhando mais, tipo a questão do taxi, entre outras tantas coisas. E o pior que nessa história saem perdendo tanto quem vai ver o filme e preferia ver legendado como também a empresa de cinema.

  9. Moro em Vila Velha Espirito santo, e é Péssimo, os horários dos legendados são horríveis, cinema da Kinoplex, Mas Basta atravessar 1 ponte ( com pedágio ¬¬) e chegamos na Capital, com outro cinema dessa vez Cinemark 1000 vezes melhor, nunca tive problemas com horários lá, consigo legendados em 3d em horários bons, porém com o acréscimo de quase 4 reais no pedágio de ida e volta.
     
    O Maior Problema da Dublagem atual são os estúdios fundo de quintal, houve um tempo em que dublagem era levada a séria, mas agora, são tantos estúdios pequenos brigando por um espaço que a qualidade acaba ficando comprometida.

    1.  @Jonatas P Mattos Tem umas dublagens que realmente, vou te contar… Não dá para assistir simplesmente, umas vozinhas sem sal, diálogos sem entonação…

  10. Concordo em gênero, número e grau. Aqui no cinema perto da minha casa no Rio de Janeiro acontece exatamente a mesma coisa, querem empurrar filmes dublados e sessões 3D de qualquer jeito. Esse ano só assisti Vingadores no cinema, e só pretendo assistir além dele o Mércenarios 2 e o Hobbit, pois não vou aceitar esse sistema draconiano que os cinemas brasileiro vem adotando. Agora quando eu quero veer um filme eu espero sair em torrent, baixo, vejo legendado sem ter que pagar 25 reais para um 3D mal feito e ainda no conforto do meu lar. Não querem dar opção ? Blz, logo o PC e baixo o filme em HD em menos de 1h, e faço isso de conciência tranquila.

    1.  @leoreaper616 Estou torcendo e muito para que o cinema daqui tenha pena de nós e coloque legendado no Hobbit, mas acho que é sonhar demais..

  11. aconteceu algo parecido comigo esses dias, sou da zl d sampa (longe de tudo) e queria ver o filme do tim burton, Sombras da Noite. Não tinha em nenhum shopping proximo uma seção descente do filme. Em um o filme nem chegou a passar, nos outros dois so tinha seção a partir das 21h…achei muita sacanagem ¬¬ acabei tendo q ver o filme baixado da net "filmado" do cinema (ñ me orgulho disso mas eu queria muito ver kkk)

  12. acho errado isso tambem.
     
    aqui estava passando em 3 salas (como se desse tanta gente assim) e nenhuma com legenda, até achei estranho, mas não liguei, eu gosto da dublagem brasileira, prefiro mesmo ver o filme em portugues, não vejo tanta diferença na entonação, um grito vai ser representado como um grito (pode parecer forçado, ou não, mais ainda um grito), e a dublagem brasileira em filmes e series é MUITO, mas muito boa mesmo, em desenhos/animes é uma decadencia total.
     
    Não chego a dizer falta de respeito, mas sim uma falta de "profissionalismo" e "adaptação", de 3 salas, uma legendada não traria problema algum, os filme começavam uns 30~~50 min de diferença, aqui NUNCA uma sala lota, fica longe disso, da metade de gente numa sala, então colocassem duas sala em uma e deixava uma como alternativa diferente, mas o planejamento e fraco e da nisso,

  13.  @Meltoh concordo com você, mas eu ainda consigo sentir mais entrusiamos e dentro do clima e do filme ao ver com a dublagem, eu gosto da dublagem brasileira, concerteza já foi muito, mas muito melhor mesmo, mas hoje ainda manda muito bem, algumas vezes dão um deslizes que fodem TUDO, mas em outras acertam tão em cheio quanto o audio original.

  14. Me vi no texto. Passo constantemente por isso pois não gosto de filme dublado. A rede Cinemark, embora seja a melhor em termos de qualidade de imagem e conforto, tem esse mesmo problema. Como na minha cidade só tem um cinema, os mais aguardados sempre vêm com sessões dubladas, e quando é legendado é em 3d, pra pagar mais caro e de noite. Acabo tendo que ir à Porto Alegre pra ver legendado, passando mais tempo no trem e ônibus que dentro do cinema.
    A desculpa é sempre a mesma: a maioria prefere dublado.

  15. Na minha cidade NUNCA teve SEQUER UM FILME legendado, até porque aqui só tem UM mísero cinema com três salas apenas. Você ainda tem sorte de ter legendado aí (mesmo que de um modo não muito bom xD)

    1.  @lucassssst Antes da reforma do cinema que só tinha duas salas era show de dublados, e agora que expandiram para quatro salas, não tem nem desculpa, poderiam exibir sessões legendadas porque copias eles tem, boa vontade que n.

      1.  @Meltoh  @lucassssst
         Em varias cidades uma seção legendada provavlemnte não se pagaria, não que isso seja justificativa, mas é o que eles levam em conta. Acreditam que o publico de umna seçlão legendada seria infimo.

      2. Cara que exagero. O fato dos cinemas não disponibilizarem filmes legendados em horários melhores não é falta de respeito nenhuma. Concordo que a dublagem dos filmes tira boa parte da graça, mas e daí?
        Se para quem exibe o filme é mais vantajoso exibir dublado, ele não tem que ficar se preocupando com meia duzia de gatos pingados que fazem questão de assistir legendado, afinal quem ficaria com o prejuízo seria ele.
        Quando público passar a procurar majoritariamente as sessões legendadas com certeza os cinemas irão se adaptar, mas chamar isso de falta de respeito com o consumidor é simplesmente absurdo.

        1.  @NikolasBrenner Mas claro que é falta de respeito com o público, eu cresci vendo filmes legendados, eu quero continuar vendo legendados, deveria ser feita uma pesquisa de público para ver a parcela de usuários de filmes dublados e legendados, não acredito que o pessoal que curte ver o filme com som original seja uma parcela tão insignificante assim, a ponto de o cinema não se dar ao trabalho de exibir a cópia legendada em horários melhores!

          1. Jovem, eu concordo deveriam haver mais opções para aqueles que preferem ver os filmes dublados, mas, dizer que não haver essas opções é falta respeito com o consumidor é totalmente absurdo.
            Se esse público realmente fosse tão expressivo os cinemas logicamente os cinemas o teriam como público alvo, mas de fato não é essa a realidade.
             Nós temos que ter em mente, que qualquer cinema pode fornecer um serviço melhor para quem prefere os filmes legendados, e que se isso for realmente vantajoso para quem fornece o serviço, com certeza ele vai investir nesse público, mas caso as pessoas simplesmente não se importem (digo a maioria) eles não a menor obrigação de fazer isso.
             Dizer que um serviço está pecando em qualidade de atendimento é uma coisa, e dizer que ele está desrespeitando os consumidores é outra bem diferente.

          2.  @NikolasBrenner Concordo. Essa grande quantidade de filmes dublados não é exibida só pra tirar uma com a cara de quem curte assistir legendado. É a lei da oferta e procura, e ninguém gosta de perder dinheiro.

          3.  @NikolasBrenner foi isso que eu quis dizer nos meu comentario, falta de planejamento e qualidade, OK é isso, já falar que é derespeito é exagerar, são coisas diferentes e que ocorrem em momentos diferentes.

        2.  @NikolasBrenner Eu acho que é sim desrespeito, e onde ficam os direitos de diversidade de quem não assiste dublado? Eles não atendem à lei de diversidade dos produtos e querem é enfiar goela abaixo de quem não pode/não tem condição de ver legendado pelos mais diversos motivos. Citaram abaixo a questão dos filmes legendados serem a noite, aí entra taxi, distancia do local, tanta outra coisa, e isso porque nãoi estou citando o dinheiro que os cinemas perdem ao fazerem outras pessoas viajarem para outra cidade so para ver filmes legendados. E eles perdem mesmo, ainda citando os comentarios aqui do post, salas dubladas em excesso que nem ao menos lotam. Falta planejamento, tem algo de errado aí, e não tem nada a ver com questão de oferta e procura.

          1.  @Meltoh  @NikolasBrenner Cara, não é por nada, mas você não é obrigado a ir ao cinema. Eles vendem um produto, comprar ou não é opção sua. Cinema não é um serviço público. Reclamar disso é como reclamar da falta de jujuba "sabor azul" no supermercado (mesmo que, obviamente, todos adorem jujuba sabor azul).
             
            "Eles não atendem à lei de diversidade dos produtos…". Lol. XD
            Sabe, não é como se existisse uma lei (quero dizer, ninguém é preso por isso… a não ser que forme cartel e talz, mas ai é outro papo, e não tem a ver com isso). Na real o que regula a diversidade de qualquer produto (inclusive o nosso cinema) é sim a "questão da oferta e procura". Porque você acha que estão sendo lançados tantos FPS e (relativamente) poucos jogos de, por exemplo, RPG ultimamente? É só um exemplo, uma analogia (meio boba, eu sei). Mas a questão é que ninguém ta sendo preso por isso. Essa história de "direitos de diversidade" não existe, essa diversidade é só uma consequência, o consumidor é que é a força motriz (olha ai a oferta e procura de novo). 

          2.  @SadMask  @NikolasBrenner Primeiramente, esse papo de lei, pensei que tinha apagado do comentário, mas quando o reescrevi esqueci de tirar ele de novo, não quis dizer lei mesmo.
             
            Bom… É um serviço sim, não é público, mas o que não deixa de dizer que nós não sejamos consumidores. Mas não vou me prolongar ao assunto de games FPS e RPG's porque isso eu já discuti demais no outro post.
             
            Não estou dizendo para prender ninguém também, e vou comparar a outro exemplo, meio bobo também que eu já usei algumas vezes, que é a questão do restaurante misturado com outra coisa que eu também citei no post, que é a concorrência. Você sempre procura serviços diversificados de um tipo de empresa, e se eles não atendem, mas o restaurante do lado têm o que você precisa, mesmo você não sendo maioria, é certo que o restaurante do lado vai ter um ganho bem maior do que o restaurante que têm seus serviços privados e focados num só tipo de comida. Não estou dizendo para investir, como disse no post, em uma mesma quantidade de atenção a filmes legendados que dublados, apenas um pouco de consideração para aquele cliente que se dá o prazer de sair de casa para assistir um filme real, do jeito como ele é, mas não consegue por causa da má vontade que alguns têm. Repito, qual o problema de disponibilizar UMA sessão legendada, como fizeram com Vingadores, e também lotava? Pelo menos falta de público que não era, não sei o que é mesmo.

          3.  @Meltoh  @NikolasBrenner  "É um serviço sim, não é público, mas o que não deixa de dizer que nós não sejamos consumidores.". Cara, quando foi que eu disse cinema não era um serviço? Não entendi o que você quis dizer aqui.
             
            Não é "certo" que um restaurante com mais diversidade vai ter um "ganho bem maior" do que os demais, se isso fosse verdade só existiriam restaurantes desse tipo (como eu já disse, ninguém gosta de perder dinheiro – ou nesse caso deixar de ganhar, o que dá no mesmo). Diversidade nem sempre é sinônimo de lucro – isso não é, de maneira alguma, uma "lei de mercado".
             
            Cara, nem eu nem você sabemos o suficiente sobre essa indústria pra falar o que é melhor ou pior pra eles fazerem. Eles conhecem os seus consumidores muito bem (melhor do que eu e você, inclusive) e tudo o que fazem é visando um lucro um pouco melhor. "Repito, qual o problema de disponibilizar UMA sessão legendada (…)?". Não posso dizer ao certo (nem ninguém aqui), mas se fosse pra chutar eu diria que é porque, pra eles, simplesmente não vale a pena – isso é, eles provavelmente perderiam mais dinheiro do que ganhariam fazendo isso.
             
            Falar que "a sala lotou" ou "público não falta" é muito subjetivo. Só colocando os números no papel é que nós podemos saber se vale ou não disponibilizar uma (sim, UMA) mísera seção que exiba filmes legendados. Se eles não disponibilizam essa seção é porque alguém fez essa conta e concluiu que não vale a pena, e esse alguém é muito mais capacitado do que eu e você juntos, contra isso não adianta discutir. Chamar os caras de idiotas e falar que eles estão perdendo dinheiro e clientes, sem conhecer de fato esses números, é pura ingenuidade.

          4.  @SadMask  @NikolasBrenner Eu não disse que você não disse que não era um serviço. Procure ler melhor. Apenas afirmei que o cinema não deixa de ser um serviço
             
            E muito menos chamei ninguém de idiota, e acho que vou parar de expor as minhas opiniões sobre o assunto neste comentário, pois esta discussão não está mesmo levando a lugar nenhum, exceto a visões meio distorcidas do que cada um está falando. Expus meu ponto de vista, você expôs o seu, tá de bom tamanho.

          5.  @Meltoh  @NikolasBrenner Bom, com o meu ponto de vista e o seu já são dois, o que é uma quantia relativamente bem diversificada de opiniões. Pelo menos ninguém vai ser preso hoje. =)

          6.  @Meltoh  @SadMask  @NikolasBrenner 
            Nossa vocês meio que fugiram do foco LOL.
            A questão é que, desagrada muita gente essa história de faltar sessões legendadas, fato.
            Mas isso nunca vai configurar desrespeito ao consumidor, afinal, cinema não é nenhum utilidade pública para precisar atender todo mundo.
            E se esse como empresa privada que visa lucro,não fornece essas sessões legendadas, é como defendeu o SadMask, simplesmente não é lucrativo, ou o prazo de retorno não é interessante. 
             Agora acho que vale a pena chamara atenção para um fato Meltoh, usar a expressão desrespeito ao consumidor foi meio exagerado né?
             E essa discussão toda acabou sendo prova disso, afinal mesmo quem prefere os filmes legendados, entende que cinema não faz filantropia , e que como outro já disseram, enquanto o pessoas ( um número expressivo pelo menos) não deixarem de frequentar as sessões dubladas para ir nas legendadas, os cinemas não tem nenhum motivo se preocupar com essa pequena ( e sofrida) parcela que prefere os filmes com legenda. Afinal essa  obrigação eles não tem, e filantropia eles não fazem.

          7.  @SadMask  @Meltoh
            @Meltoh Cara essa sua colocação é muito excelente, tentar exigir que uma empresa forneça um serviço que vai além dos interesses dela, é uma mistura de egoísmo e inocência.
            Afinal, para aqueles insatisfeitos, se realmente vêem futuro no segmento por que não se arriscam nos negócios para  atender essa demanda?
            Tanto nós quanto eles sabemos que não é viável (pelo menos não hoje).
            Se achar no direito de exigir isso deles é algo no mínimo, muito inocente.

          8.  @NikolasBrenner  @SadMask Li críticas demais aqui sobre a palavra que usei "desrespeito", não sei se fui feliz em escolher a palavra certa. Olhando pelo ângulo de que uma empresa pode sim fornecer seus serviços de forma diversificada, os cinemas de grandes cidades fazem isso, e há público.
             
            Mas deixar uma parcela de clientes de lado colocando a sessão num horário inacessível para muitos (sim, porque aí entra questão de transporte, cidades a noite, menores e etc. Acredito que haja falta de um pouco de …, na falta de uma palavra melhor que vocês não achem tão ofensiva, insira outra aqui, já que olhar para palavras-chaves é mais fácil do que analisar o todo da discussão.
             
            Se tão dizendo que eu sou muito inocente e tal, sobre isso vou nem discutir mais nada. Como eu disse antes, cada um fica com a sua visão. Deveria haver diversidade de salas, é o que acho.
             
            Mas se o título do post tá ofendendo tanta gente, vou alterar ele, mesmo achando que não deveria.

          9.  @Meltoh  Cara, não acho que você fez bem ao mudar o título, igual você mesmo falou, uma simples palavra não é o foco da discussão e ainda por cima vai deixar muitos comentários sem contexto… O que você escreveu no post é certo e os leitores com bom discernimento entederam…
             
            Tiveram leitores que vieram apenas para criticar e é direito deles, mas como podemos ver lá no topo entre os primeiro comentários, teve gente que chegou ao Portallos pela primeira vez ao ler esse artigo…
             
            Mantenha a posição que você teve até agora e responda a galera no alto nível, o ponto central do post ficou muito bom…

          10.  @Meltoh  @NikolasBrenner Pra que mudar o título? O post é seu e essa é a sua opinião. A minha é a seguinte: o cinema é uma empresa privada, eles (os donos da bola) não são obrigados a exibir mais filmes legendados e/ou em horários melhores. Claro que, se quiserem, podem fazê-lo, mas isso é um direito deles e não um dever.
             
            Eles podem sim fazer o que quiserem, e não precisam dar nenhuma satisfação a ninguém – podem perder dinheiro por causa disso, but still, o negócio é deles. Nós podemos sim pedir mudanças, nos organizar e tentar mudar alguma coisa, mas exigir isso deles, como se eles estivessem violando ou nos privando de um direito nosso, não.
             
            Simples assim.
             
             

          11.  @NikolasBrenner  @Meltoh "Afinal essa  obrigação eles não tem, e filantropia eles não fazem.". Essa frase é o coração do meu (e pelo visto seu) ponto de vista. É isso que eu tentei defender (pelo visto sem muito sucesso) nos meus comentários. Muito bom.

          12.  @SadMask  @NikolasBrenner Eu entendi seus pontos de vista, mas fique tranquilo, peço até desculpas se me esquentei muito, mas é que em geral algumas discussões realmente não tem para onde correr senão ficar mesmo no "empate" para cada um. Mas eu gostei de ver a sua opinião, e muito obrigado por participar deste debate.

          13.  @Rafael Gaara A posição que eu tenho é a mesma, eu mudei o título para não haver o problema de alguns ficarem se baseando somente por uma palavra-chave ao invés do todo. Mas é só ler, que eu não alterei nada de muito relevante no que diz respeito a idéia do texto. Mas valeu pelo toque Rafael Gaara! Vale a lição para outras discussões de outros posts 😀

          14.  @SadMask  @NikolasBrenner Só alterei o título mesmo, a opinião do texto, que é a que conta, continua a mesma xD.
             
             

          15.  @Meltoh  @NikolasBrenner como disse, eles não estão certos, mas não estão errados.
             
            Desrespeito é algo muito mais serio e grave do que isso aqui, isso é somente falta de planejamente e de possivel lucro.
             
            não é uma perda tão grande deixar uma sala para legendados, aqui tinha 3 salas exibindo batman, a que eu pegei, sessão que começou 5:00 da tarde do sabado, se colocassem todos juntos coladinhos e tal, tava o fundinho do fundo do cinema, na maximo uma duas fileiras e meia, se isso já é o suficiente para eles exibirem uma sessão em plena tarde do sabado, tendo mais 2 sessões coladas, uma 5:30 e a outra 6:15, cortar uma delas, essa da 5 e tacar pra junto da 5:30 já ia aumentar o publico naquela sala, ia dar meia sala mais ou menos.
             
            Então uma sessão legendada em uma sala pro exemplo as 5:00 trocando por aquela daria no minimo o suficiente para se pagar (não se esqueça da venda de comida/bebida e os doces que sempre levam para sala).
             
            não precisava ser uma sala, talvez uma sala intercalada, nem seria tanta perda assim, passa dublado, depois legendado, dublado, depois legendado. algo assim, não seria perda de dinheiro, tanto que se alguem quisse assistir alguma sessão 5:00, concerteza dava para aguentar até 5:30, não era tanta diferença, é tudo falta de planejamente, e um pouco de coragem em ficar com uma sessão a mensos (que não da nem tanto lucro e nem tão pouco lucro).
             
            é oia que isso é em maringa (a segunda cidade principal do parana).

    2.  @lucassssst
       Aqui só tem um cinema com uma sala, logo não tem como passarem alguma coisa legendada poios o publico seria de um ou duas pessoas, ja que é cidade de interior e o publico das seções dubladas ja é baixo, levando em conta que tem seção todos os dias.

  16. Finalmente! Achei que só eu tava incomodado com a ditadura dos filmes dublados! Mas seu caso é bem pior, lançamentos como Batman tem legendado aqui. Mas não assisti Valente até agora, não tem nenhuma sessão legendada. Fui perguntar pros caras e disseram que não veio uma cópia legendada sequer pra Baxada inteira. =[

  17. Acredito que possam fazer uma seção ou outra legendada em grandes centros, mas em cidades do interior é dar um tiro no pé com td certeza. Aposto o que quiser que aqui na minha cidad,e onde tem somente um cinema com uma sala de exibição nao ia dar procura por esta seção legendada… ate pq aqui os filmes chegam um popuco deppois do lançlamento e quem estava desesperado para ver o filme no lançamento ja vai ter ido nas cidades vizinhas. Mas em cidades com cinemas comn 3 ou 4 salas isso poderia ser adaptado sim.

    1.  @prlsilva Aqui também. os filmes chegam com 3 semanas de atrasos, e o dono do cine só pega cópia dublada.
      Meia dúzia de gatos pingados pediam seções legendadas. É de doer!

  18. O mais engraçado disso tudo é que não faz muito tempo, a briga era para que houvessem mais exibições de filmes dublados, algo que só veio acontecer nos últimos anos, e isso também aconteceu em escala global.
     
    As voltas que a vida dá. xD

  19. Falou e disse!
    Primeira vez que comento aqui, descobri esse blog HOJE e já estou lendo todos os posts. Amei esse blog!!!
     
    Fui funcionária de um cinema, o único na minha cidade tambem e sei muito bem o que é o desrespeito ao consumidor.
    Por causa da grande maioria que não consegue ler e assistir um filme ao mesmo tempo, o dono só pegava copias dubladas e foda se quem queria assistir legendado. Muitas vezes o cliente chegava na bilheteria, reclamava com a  gente e dizia q estava indo ver o filme no shooping de outra cidade (na minha ainda nao tem) e eu ficava sem o que responder. E indignada tambem, pois se eu quisesse ver o filme na minha folga, teria q ver dublado, (tinha direito a ver qnts filmes de graça quisesse, com a pipoca free tambem) e vi filmes ótimos na versão dublada, o que me decepcionou muito, pois eu nao queria pegar um onibus, ir até a cidade vizinha pra ver o filme no shooping, pgar horrores pelo ingresso e pela pipoca, e ainda ter que aguentar aquela molecada de 15 anos que só vai ao cinema para farrear.
     
    Vi o segundo filme do Batman na versão dublada ( me consolou ter ganho o cartaz d filme, aquele em que ele está de frente com um predio pegando fogo com o morcego como marca, sou louca pelo homem morcego *-* ), Thor, O Dia em que a Terra Parou, Avatar, entre outros. 
    E não adianta chorar, se o dono acha que é mais rentável ter uma cópia dublada no seu cinema, pode apostar que ele fará isso, pois a parcela do público que prefere assistir com legenda, eh bem inferior. Praticamente a cidade inteira prefere versões dubladas. É lamentável.
     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.