Conversa de MangáJapão

Comentários aleatórios | One Piece 718 – O Exército Real Riku dos Campos Floridos

Um ótimo capítulo, com vários acontecimentos

Semana passada não teve publicação da JUMP, então não houve capítulo do mangá. Na verdade o capítulo que era para ser dessa semana, saiu, se não me engano, na segunda, então, meio que temos um capítulo para duas semanas. Felizmente, até que a história rendeu bastante dessa vez…

One Piece 718 – O Exército Real Riku dos Campos Floridos

De inicio tenho que dizer que achei meio forçada (e desnecessária) a aparição daqueles guaxinins que servirão como “ônibus” para levar Robin e Usopp de volta a Dressrosa. O meio de transporte não era necessário, além disso, se é uma vila de anões, por que motivos eles teriam esses bichos tão grandes, ainda mais 02… é conveniente demais.

Foi sinistra a revelação do chefe dos anões sobre os problemas com a família Donquixote… 900 anos, é tempo à beça, será que a “família” é apenas uma organização independente do Doflamingo, e que este é tão somente o líder da mesma em razão de ser o mais poderoso? De início eu sempre pensei que eles fossem uma espécie de tripulação dele, porém, é possível que não seja bem isso.

Como já havíamos suspeitado aos poucos os personagens vão se juntando novamente. Eu não tinha pensando que os anões e os brinquedos pudessem ser aliados na luta contra a repressão da família Donquixote. Na real, pensei que ambos estivessem em uma luta independente, mas gostei de dividirem o palco da batalha, isso ajuda a história a não se segmentar ainda mais.

Se antes tínhamos cada membro da tripulação para um lado, agora já temos apenas 04 grupos mais os isolados Luffy e Law, sendo que os grupos de Sanji/Kinemon e Usopp/Robin então indo ao encontro de Zoro/Franky. Não demora todos estarão juntos de novo.

Eu estava mesmo engano em relação à mulher que capturou o Sunny ser a responsável pela transformação dos brinquedos. Foi como o Samuel disse no comentário do último post, ela transforma as pessoas em “arte” e não em brinquedos. É bem interessante isso, mas acaba que são dois inimigos com poderes praticamente idênticos… Como será que o Oda vai trabalhar com eles?

Também diferente do que escrevi semana passada, o grupo que ficou encarregado de proteger o Sunny não foi tão inútil assim, eles conseguiram derrotar alguns capangas e ainda derrubar o navio da mulher… É o mínimo que se esperava né, principalmente do Chopper. O problema é que agora a coisa não está muito bonita para eles, já que suas habilidades foram inutilizadas após a transformação em arte (será que nem a forma “monstro” do Chopper tem utilidade?), e pra piorar ainda tem o Law que precisa de ajuda (e como precisa…).

Sobre a armadilha citada pelo Doflamingo, fiquei em dúvida se a intenção dele era apenas distrair o Luffy na batalha para que o Law ficasse sem ajuda, ou se ele acredita mesmo que o nosso protagonista pode ser derrotado na competição do Coliseu. É bem capaz das duas hipóteses estarem certas, afinal ninguém sabe ainda o limite de força do Luffy após seu treinamento. Em se tratando de “armadilha”, pode até ser que a fruta prêmio da batalha seja falsa, o que seria bem triste.

CDm 718 3

[Extra] Já faz algum tempo que recebemos pelo facebook uma mensagem do Vinicius Caldas, dizendo que estava com um projeto de transcrever a história do mangá de One Piece para uma espécia de “formato livro”. Na verdade ele vem narrando a mesma história que já conhecemos no mangá, só que utilizando apenas palavras, ou seja, sem os desenhos.

Na ocasião até fiquei de fazer um feedback aqui no blog, então, segue o link para quem quiser conhecer a acompanhar a evolução desse projeto: http://onepiecefanbook.wordpress.com/

Eu cheguei a ler alguns capítulos elaborados por ele, e achei bacana a ideia. Acho que a qualidade da história de OP, como um todo, é praticamente indiscutível, porém, há aqueles que não gostam dos mangás, acham sombrios demais, ou difíceis de serem lidos. Nesse caso, o “fanbook” como ele mesmo descreve, acaba por auxiliar na introdução de quem gosta somente de ler.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Mailson SHiN

Adorador de muitas coisas que nem sempre possuem relação. O que me ocupa nas horas vagas? De forma simples e compacta? Lá vai: Cinema (Filmes), Games, Animes, Mangás, Música (Engenheiros do Hawaii / Pouca Vogal), Tecnologia, Computadores. O que me ocupa nas horas "não-vagas"? Contabilidade e Legislação Tributária. Uma coisa leva à outra... ou talvez não.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.