Ficha Indie | The King’s Bird, dos desenvolvedores Serenity Forge

Há jogos que me fisgam logo de cara, no primeiro trailer que assisto. The King’s Bird é um destes casos. O jogo está sendo desenvolvido pelo estúdio Serenity Forge, um estúdio que talvez você já tenha ouvido falar. Localizado no estado do Colorado, nos Estados Unidos, o estúdio tem obras originais, assim como colaborações em outros indies de renome, assim como parcerias onde atuaram como distribuidores. Veja um pouco disso aqui.

No caso de The King’s Bird, trata-se de um produto original do estúdio. Está para chegar ao Steam no próximo dia 23 de agosto, sendo que existe intenção de lançá-lo nos atuais consoles em uma data futura ainda a ser revelada. O que é sempre ótimo essa política de multiplataformas para jogos independentes.

O jogo parece ser uma daqueles experiências de jogabilidade com desafio ao mesmo tempo em que também é contemplativo. Mistura um pouco de plataforma com precisão, em meio a um cenário minimalista, que aposta em uma narrativa mais intuitiva (sem toneladas de textos explicativos). Amplos cenários, pixelart e suave tonalidade de cores que segmentam os cinco mundos do jogo.

A intenção de sua mecânica principal parece levar o jogado do ponto A ao ponto B, em meio a labirintos de ambientes a qual o protagonista precisa voar e planar entre diversos obstáculos, entre plataformas e paredes. Você é um ponto pequeno na tela em meio a um cenário muito grande, pra mim um dos elementos que mais me despertou interesse. Gostei.

Os desenvolvedores também já revelaram que para aqueles jogadores que não curtem o desafio da precisão e dos obstáculos de morte, o game terá um Assist Mode, que vai funcional como um modo mais fácil, onde os jogadores poderão procurar uma experiência de jogo mais zen e pacífica.

links.

Para saber e descobrir mais sobre The King’s Bird vale planar até seu site oficial. Em relação as redes sociais, vale seguir a Serenity Force tanto no Facebook, quanto Twitter. A página do game no Steam ainda não revela seu preço, mas oficialmente, lá fora, custará 19 dólares. Resta saber como ficará a conversão para nossa moeda local. Por fim, o estúdio também está contando com uma parceria com a Graffiti Games, que está fazendo todo o trabalho de distribuição do game nesse seu lançamento no Steam.

trailer.

imagens.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
More from Thiago Machuca

[O que estou] Jogando – Lendo – Assistindo!

Ligue o videogame, abra um gibi ou assista alguma coisa… Faz muito...
Read More