JogandoRapidinhas

Indicação | Seja mestre no e-Sports com 5 documentários

Os esportes eletrônicos, mais conhecidos como e-Sports e, por alguns, como ciberesporte, são competições organizadas para jogos eletrônicos.

Com o avanço da tecnologia, os games passaram a ter cada vez mais relevância, e campeonatos que inicialmente se restringiam a eventos locais sem muita repercussão, como um campeonato de Space Invaders que a Atari fez na década de 80, ou a própria Nintendo nos Estados Unidos durante os anos 90.

Hoje em dia se trata de uma mercado multi bilionário, com premiações totais entrando na casa dos milhões de dólares que só seriam imaginados de se levar em sites de apostas online ou na Mega Sena. Mas, estão na mão de competidores que viraram verdadeiras celebridades. Aqui no Brasil, redes de televisão como SporTV já cobrem o cenário e-Sports, e é um mercado que só tende a crescer.

1 – Free to Play

Feito para os fãs de Dota 2, este é um documentário lançado em 2014 que conta a história de três jogadores que chegaram a Colônia, Alemanha, para competir pelo The International. Pegando um pouco da trama por detrás de cada um dos proplayers, temos momentos dramáticos e cômicos, mesmo se tratando de um documentário.

O filme conta todos os perrengues e mostra que as coisas não são “tão fáceis” como a maioria das pessoas pensam. Um deles, Clinton “Fear” Loomis, um jogador americano de Medford, Oregon, enfrenta dificuldades financeiras e é obrigado a jogar em um PC de segunda mão em um monitor CRT, conhecido popularmente como “TV de tubo”.

O documentário acompanha toda a trajetória, até o “Fear” conseguir um PC novo e o desfecho do campeonato. Quer saber quem levou US$ 1 milhão para casa? Não perca o Free to Play.

Documentários e-Sports

2 – Legends of Rising

Feito para os fãs do League of Legends , este foi produzido pela Riot Games e é uma série de vídeos que contam histórias por detrás dos proplayers mais famosos do cenário mundial naquela época.

Inteiramente disponibilizado em um playlist no YouTube, talvez ele até não valesse estar nessa lista por se tratar mais de uma série do que “documentários”, sendo um meio termo entre ambos. No entanto, vale a conferida.

“Legends Rising vai além do jogo ao explorar as inspirações, os medos e o trabalho individual de alguns dos jogadores profissionais mais respeitados de League of Legends. Estas são as histórias deles, contadas dos bastidores.“ – diz a sinopse oficial.

3 – The Celebrity Millionaires of Competitive Gaming

Recomendado pela grande maioria dos canais que tratam do assunto e-Sports, este enfatiza a Coreia do Sul e mostra todo o cotidiano da vida dos proplayers, mostrando o quanto eles “respiram” esse assunto para competir no cenário mundial e serem os melhores jogadores do mundo.

“Hoje em dia há mais pessoas no mundo que jogam League of Legends do que pessoas que vivem na França. Quisemos dar uma olhada rapidamente nesse mundo cada vez mais expansivo do cenário competitivo, então a VICE voou para a Coreia do Sul, o país onde os eSports podem te fazer rico e famoso, ou podem te levar para uma clínica de reabilitação” – diz a sinopse.

Explorando também o lado sombrio do cenário eSports, ele é excelente para que as pessoas entendam os “prós” e “contras” deste universo.

4 – Fighting Chance

Este explora os torneios dos jogos de luta, e é um mini documentário de apenas 10 minutos que acompanha a trajetória do norte-americano Lennel “LTrain” Dinkens durante o evento Battle Opera que ocorreu em Michigan, nos Estados Unidos. Além dele, também há depoimentos de diversos organizadores.

“Street Fighter foi lançado em 1987 e 30 anos depois, mesmo que não esteja no topo das vendas, os jogos de luta resistiram a ação do tempo e ainda tem lançamentos para uma audiência fiel. Hoje vamos olhar como a comunidade de fãs dos jogos de luta não são apenas pessoas jogando em seus controles, mas uma família”.

Documentários e-Sports

5 – All Work All Play

Este explora o quanto as relações profissionais mudaram com o tempo utilizando a perspectiva do eSports, que é considerado um dos ramos mais jovens e “modernos” dentre as profissões que existem na atualidade.

“Fique por dentro da ascenção mundial dos esportes eletrônicos acompanhando a preparação de várias equipes do jogo League of Legends para o campeonato Extreme Masters” – diz a sinopse oficial.

A ideia é questionar também o papel na relação de trabalho: o que vale mais? Ter estabilidade ou trabalhar com a sua verdadeira paixão, mesmo com todos os altos e baixos que ela pode ter?

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.