JogandoRapidinhas

Fé será testada, Dark Devotion chega ao PlayStation 4 e Nintendo Switch

Action RPG com combate agressivo e letal

Dark Devotion é um título que já esteve no meu radar tempos atrás, me lembro de tê-lo indicado aqui no site ano passado, em um post que falava sobre futuros indie games (todos já lançados, por sinal). E no caso de Dark Devotion, desenvolvido pelo estúdio francês Hibernian Workshop e distribuído pela The Arcade Crew, seu lançamento aconteceu em um primeiro momento para o PC, chegando ao Steam em abril desse ano. E hoje, dia 24 de outubro, o título está debutando no PlayStation 4 e Nintendo Switch.

O jogo é um RPG de ação, em um estilo mais ocidental, com o combate parecendo muita influência em jogos como Dark Souls, com ataque, defesa e esquiva como parte importante para vencer os poderosos adversários que irão tentar sangrar o jogador até sua vida se esvair. Mas o título vai além do combate básico, possuindo um intrincado sistema de armas e equipamentos, enquanto também possui habilidades que vão envolver bênçãos, maldições e doenças que podem ser aplicadas entre as mecânicas do jogo. Um sistema de nível dará o senso de progressão pela aventura.

O clima do jogo é bem sombrio, talvez não tanto quanto Blasphemous, outro lançamento recente que também explora a ideia de um mundo religioso, com combate agressivo e violência explícita. Mas não dá para ter certeza sem jogá-lo. Blasphemous não tem muito a pegada de um RPG, sendo uma ação mais direta, sem mecânicas complexas, o que parece ser o caso aqui de Dark Devotion.

Pelo que entendi de sua sinopse, que parece não ser muito esclarecedora de propósito, o jogador irá adentrar em um Templo que funciona como uma espécie de labirinto e lá sua fé será testada. Sobreviva e descubra os segredos desse templo, e das trevas que ali vivem. O jogo conta com 18 chefes mortais que espreitam os corajosos que andarem pelos ambientes da aventura. Soa como um bom desafio para aqueles que curtem o gênero. Mais um pouco do jogo e seus detalhes podem ser encontrados no site oficial.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.