JogandoRapidinhasVídeos & Trailers

Para se inspirar: trilhas sonoras de séries memoráveis do mundo dos games

Para marcar a vida de um jogador é preciso que tal jogo tenha um ótimo enredo com personagens cativantes, uma boa jogabilidade, gráficos exemplares e algo a mais. Esse “algo a mais” pode ser muitas coisas, mas sabemos que uma trilha sonora pode sim ser essa “cereja do bolo” em um jogo.

Afinal, só de tocar as primeiras notas de uma boa trilha, você é transportado diretamente para momentos nostálgicos ou de uma emoção tremenda que te faz querer voltar, ou simplesmente te diverte, pois é algo o qual você está acostumado, teve bons momentos e seu cérebro diz: “Ei, isso é muito legal!”.

Uma trilha sonora pode tornar um jogo inesquecível e vamos falar aqui de algumas franquias que com certeza fizeram isso.

Trilha sonora em jogos da Nintendo

Não há como não relembrar da música Lost Woods quando se fala de Legend of Zelda, que está sendo visado atualmente para uma adaptação da Netflix. A composição de Konji Kondo ainda se mantém viva entre os fãs da série e principalmente da Nintendo. O toque erudita e misterioso da saga clássica do personagem orelhudo de roupas comumente verdes, dizem muito sobre o que estava em alta nos anos 90 para os primeiros jogos 3D de grande sucesso.

Mas a falar da Nintendo, o que mais gruda em nossas cabeças são algumas melodias da época de um dos seus maiores sucessos, o Super Nintendo. Era muito comum ver pessoas com um Super Nintendo, mais do que qualquer outro console atual da empresa hoje em dia, pelo menos no Brasil em questão.

Uma das trilhas favoritas do próprio compositor Yasunori Mitsuda, a trilha de Chrono Trigger traz um sentimento bem profundo ao jogador, provocando um elo entre o jogador e o jogo. É comum vermos esse elo entrelaçando outros jogos clássicos da plataforma, como Top Gear, que não tinha como não sentir uma certa adrenalina.

Não podemos negar que a empresa está cheia de trilhas sonoras memoráveis. Na sua lista temos: Donkey Kong, Pokemon Red e Blue e por aí vai. Porém, destaca-se um jogo em especial que está na memória de todos os amantes de videogame, o clássico Super Mario World, que todos leitores devem conhecer.

Só que, mesmo com todo esse arsenal de um lado, de outro, com apenas um personagem, teve uma empresa que se levantou e criou um império oponente nunca antes visto na indústria…

Absolutamente tudo era memorável, de fases de cassino e cidades grandes em contraste com as fases pela natureza, quem nunca ficou com Green Hill Zone na cabeça de tanto jogar. Ou começa a ficar nervoso só de ouvir a música que tocava na Labirinth Zone quando o Sonic começava a perder o fôlego debaixo d’água? Sonic foi outro marco nas trilhas sonoras da história e de fato fez frente com o trabalho da Nintendo.

Trilha sonora em jogos da ação

Com uma trilha sonora rock n’ roll, Devil May Cry 3, mais recentemente lançado em uma versão HD, além de ser o “queridinho” dos fãs da franquia, o famoso jogo da Capcom tem umas das músicas mais marcantes da saga, a música Devils Never Cry. Tanto essa música como toda trilha do jogo foi desenvolvida por Tetsuya Shibata, compositor também de trilhas sonoras  da Capcom como: Darkstalkers, Marvel vs Capcom: New Age of Heroes, Monster Hunter e dentre outros jogos da produtora.

Já em Castlevania, que a trilha sonora de Castlevania: Symphony of the Night é memorável, disso não há dúvida, além de todas outras características do jogo que o tornam um clássico, a trilha sonora é o ponto chave do jogo. A trilha do jogo foi composta por Michiru Yamane, que também compôs as músicas de outros jogos da saga. Com um ritmo mais frenético, é um marco e único para jogos de ação de plataforma.

Já pelo lado tridimensional, o jogo considerado em premiações como um dos jogos da década passada, composto por Gustavo Santaolla, vencedor de dois Oscar de melhor trilha sonora pelos filmes Brokeback Mountain(2005) e Babel(2006), a trilha sonora de um dos exclusivos mais amado da Sony pode não ter ganhado nenhum prêmio relacionado as músicas, mas há um reconhecimento real no mundo. The Last of Us. Sem dúvidas está nesta lista.

Trilha sonora dos anos 50 em jogos?

Ok, aqui gostaria de ressaltar algo que realmente teve força nos últimos anos e era, provavelmente, inesperado. Com influências do jazz ao rock clássico, trazendo uma viagem do tempo ao jogador, Bioshock fez um trabalho único e fenomenal. Com temática de terror e uma história pra lá de cabulosa em um submundo cheio de gente maluca.

Quem seguiu essa premissa, sem estar nos anos 50, mas “estando” ao mesmo tempo é a franquia Fallout. Os Fallouts clássicos para computador já tinham essa temática, mas o auge da trilha sonora fica em Fallout: New Vegas, lançado para PS3, Xbox 360 e PC. O jogo segue uma história de um entregador em um mundo baseado no cenário dos arredores e da própria Las Vegas, chamada de New Vegas no jogo. Dentre mistérios, um povo em um mundo pós apocalíptico e muita jogatina, você pode fazer… Simplesmente o que quiser. Você pode literalmente visitar muitos cassinos ou espaços com jogos que vão dos slots, encontrados aqui no Brasil em sites como a Betway Online Cassino, a jogos de cartas comumente jogados como Blackjack. Tudo isso, segue com a temática anos 50, dando um clima absurdo.

Qual a sua preferida?

Ok, apesar de dar uma viajada nos temas pela matéria, sempre temos aquela trilha preferida. Muitos hoje em dia vão dizer que uma de suas preferidas é a de The Elder Scrolls V: Skyrim, por exemplo. A música Dragonborn, tema do jogo, é realmente marcante. Todo o trabalho do compositor Jeremy Soule foi reconhecido pelas indicações relacionada a música central, porém não ganhou nenhum um prêmio referente a canção.

GTA: San Andreascontinua sendo um dos jogos mais memoráveis da Rockstar Games, por mais que GTA V tenha sido um grande sucesso, o clássico dos anos 2000 se mantém firme como um dos melhores para os fãs da série, principalmente pela música.

Para fãs de RPG, Final Fantasy XI foi o último projeto musical em que o compositor Nobou Uematsu produziu exclusivamente para a Square Enix. Com temas que ressoam a mente de quem ouviu até hoje.

E continuando nos RPGs, se formos falar do online, queria ressaltar outra memorável: Um dos jogos mais conhecidos do mundo dos MMORPG tem também sua música nostálgica, a música tema a qual costumava tocar quando jogador se conectava ao server ainda está na memória de seus jogadores, mas não tem como não constar a música tema de Prontera.

Todo mundo tem uma trilha sonora preferida. Qual é a sua? Essas trilhas sonoras já inspiraram momentos marcantes em sua vida? Tenho quase certeza de que alguma, pelo menos, sim.

— post criado em colaboração com Jean Filipe

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.