HQ Disney: A seleção das histórias de Agosto/2010!


Opa, o mês de Agosto está chegando ao fim e só agora é que sobrou um tempinho para criar o post com a seleção de histórias das HQs Disney do Mês. Mas não faz mal, antes tarde do que nunca. E agosto realmente tem algumas coisas bem interessantes nos quadrinhos Disney e não podia deixar passar em branco. Ainda não li todas as revistinhas, apenas a do Mickey e metade da do Donald, porém já dei uma folheada com bastante atenção em todas. Vamos as histórias!

Ah, lembrando apenas que este mês também foi lançado as edições extras, mas estas eu comentei e detalhei neste post.

Mickey nº 815

A Ilha de Quandomai realmente é o grande destaque do mês e a primeira parte da história acaba ocupando basicamente toda a revista do camundongo. Sobra um espacinho para um pequena, porém engraçada, história com o Pateta, onde ele acusa um corvo de furto, porém a polícia diz que ele mesmo deve resolver isso sozinho e então o personagem resolve criar um julgamento para o pássaro. Histórinha divertida mesmo, bem no clima do personagem mesmo. Quanto a Quandomai, a primeira parte da história só levanta questões e não responde nada. Todo os enigmas só serão respondidos na próxima edição. Casty criou realmente uma hsitória diferente, que usa e abusa pra caramba de elementos famosos no mundo do cinema e TV. Lembrei de Titanic, de Lost e até mesmo de Jurassic Park nesta trama. Divertida sim, mas ainda prefiro o Mickey detetive de Cavazzano. Tive a ligeira sensação de uma trama corrida, acho que Casty foi meio apressado com ela, tudo acontece muito rápido. Não tira a qualidade dele frente a mesmísse de muitas histórias Disney de hoje em dia. Quandomai vale à pena com certeza.

A Ilha de Quandomai – 1ª Parte (Inducks) – 2010
Roteiro e Desenhos: Casty e Arte-Final: Michelle Mazon
História Inédita no Brasil – 41 Páginas

Jóais e Balangandãs (Inducks) – 2003
Roteiro e Desenhos: Peter Härdfeldt
História Inédita no Brasil – 05 Páginas

Pato Donald nº 2385

A revista do Donald trás 4 histórias e desta vez com alguns Mestres Disney diferentes do que a revista vinha lançando. Exceção apenas ao William Van Horn que fecha a revista com uma história de 10 páginas. Também gostei de ver o casal Carol e Pat McGreal de volta as publicações Disney, pois fazia tempo que não os via. O quadro acima é da terceira história da HQ, e conta um pouco da infância do Donald e dos primeiros contatos do personagem com o Silva, o vizinho-rival. O interessante é que trata-se de uma história diferente daquela da série “Donald Menino” feita pelos italianos, onde o pato vive no sítio da Vovó Donalda. O traço é mais puxado ao clássico Carl Barks e o humor do casal McGreal está ótimo como o de costume.

As duas primeiras histórias são bem divertidas também, com o Donald ganhando superpoderes e virando um superherói atrapalhado e a segunda com ele topando se um carteiro, achando que o serviço é moleza. Basicamente toda a revista tem aquele estilo Carl Barks de histórias, o que é bem comum nos estúdios da Dinamarca da Disney.

O Quac-Quac Voador (Inducks) – 2010
Roteiro: Sune Troelstrup e Desenhos: Cèsar Ferioli Pelaez
História Inédita no Brasil – 12 Páginas

O Pato Carteiro (Inducks) – 2009
Roteiro: Terje Nordberg e Desenhos: Arild Midthun
História Inédita no Brasil – 12 Páginas

A Verdade Nua e Crua (Inducks) – 2009
Roteiro: Carol e Pat McGreal, Desenhoa: Francisco Rodriguez Peinado e Arte-final: Enriqueta Perea
História Inédita no Brasil – 12 Páginas

Bem na Hora (Inducks) – 2008
Roteiro e Desenhos: William Van Horn
História Inédita no Brasil – 10 Páginas

Zé Carioca nº 2350

A revista do Zé é a única das quatro revistas regulares Disney que vive de republicação. Esta edição não é muito diferente então. Ainda que esteja gostando das histórias da década de 90 do papagaio na revista. A do Tango não é lá grande coisa, mas a última, em que o Zé resolve construir uma piscina na sua casa é bem engraçada, com o Nestor e o Pedrão sendo tapeados e fazendo todo o trabalho braçal. Uma ótima história dessa fase do Zé.

A revista ainda conta com mais uma relíquia do Superpateta, a maior história da edição, com 15 páginas. História antiga, da década de 60. nunca havia lido, mas ainda assim, conforme já andei dizendo por aqui, já cansei desse Superpateta velho. Queria umas histórias mais recentes com o personagem, de preferência, inéditas no Brasil.

A outra história clássica é com o Tio Patinhas, Donald, Peninha e Urtigão. Um quarteto muito engraçado para histórias, diga-se de passagem. Clássico da década de 70, com desenhos de Tony Strobl. Clássica e divertida. Gostei da escolha de coloca-lá nessa edição, ainda que vivo dizendo pro aqui que a Abril deveria publicar na íntegra a mini-série “Zé no Brejo” e “Urtigão In Rio”, que é bem mais a cara da revista.

Zé Carioca: Dançando Tango (Inducks) – 1996
Roteiro: Raimundo Guimarães de Cerqueira Júnior, Desenhos: Eli Marcos M. Leon e Arte-final: José Wilson Magalhães
Hitória publicada em Zé Carioca 2057 – 07 Páginas

Superpateta: Quem Roubou a Lagoa? (Inducks) – 1969
Roteiro: Carlo Chendi e Desenhos: Luciano Bottaro
História publicada em Zé Carioca 959 – 15 Páginas

Tio Patinhas, Donald, Peninha e Urtigão: A Canoa Virou… (Inducks) – 1975
Desenhos: Tony Strobl
História publicada em Zé Carioca 1239 – 11 Páginas

Zé Carioca: As Três Metades de uma Piscina (Inducks) – 1996
Roteiro: Arthur Faria Jr e Desenhos: Átila de Carvalho
História publicada em Zé Carioca 2053 – 09 Páginas

Tio Patinhas nº 541

“Ninguém pode gastar dinheiro em… litros”. Rá! Boa! Com Giorgio Cavazzano nos desenhos, a história tem que ser criativa e original. Gostei da idéia de Rodolfo Cimino no roteiro da HQ Os Pelicanos Morcegos. História bem bizarrona, mas é do Tio Patinhas e suas idéias mirabolantes para poupar sua fortuna que estamos falando.

A revista ainda trás um clássico do Romano Scarpa, da década de 60, até então inédita no Brasil. O traço meio que deixa um contraste estranho na revista como um todo, mas nem por isso a história é ruim, afinal é o velho embate Metralhas vs a Caixa Forte! Mas ainda assim prefiro a última história da revista com o Cavazzano. Também merece elogios a história de 06 páginas com o Pardal e o Donald, que ficou bem engraçada e diferente e com belos quadros. O Livro de Merlin é bacana, mas nada que tenha me chamado a atenção a ponto de precisa elogiar o bom trabalho, é apenas uma boa história.

Tio Patinhas X Supermetralhas (Inducks) – 1966
Roteiro: Rodolfo Cimino, Desenhos: Romano Scarpa e Arte-final: Giorgio Cavazzano
História Inédita no Brasil – 27 Páginas

Pardal nas Nuvens (Inducks) – 2003
Roteiro: Janet Gilbert e Desenhos: Wanda Gattino
História Inédita no Brasil – 06 Páginas

O Livro de Merlin (Inducks) – 2008
Roteiro: Gorm Transgaard e Desenhos: José Massaroli
História Inédita no Brasil – 16 Páginas

Os Pelicanos Morcegos (Inducks) – 2009
Roteiro: Rodolfo Cimino, Desenhos: Giorgio Cavazzano e Arte-final: Sandro Zemolin
História Inédita no Brasil – 28 Páginas

E encerro o post por aqui. O mês de agosto fecha com algumas histórias interessantes no mundo Disney, em especial a Ilha de Quandomai, na revista do Mickey, Donald e Silva crianças em Pato Donald, e mais uma ótima história inédita no Brasil com Giorgio Cavazzano com Patinhas liquifazendo a sua fortuna, além de um clássico inédito de Romano Scarpa na revista do Tio Patinhas.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
More from Thiago Machuca

Pinball FX2 chega ao Xbox One e importando mesas do Xbox 360!

A princípio, quando a Zen Studios anunciou que estaria levando o excelente...
Read More