Jogando

Street Fighter IV: "Se colocarmos nossas mentes em algo, conseguiremos fazer coisas impossíveis!"!

Você acha que joga bem SFIV? Você se acha hardcore? Você é um zero a esquerda em jogos de luta e fica “roletando” o joysitck? Você nem consegue completar os trials?

É com a frase do título que o autor começa os comentários de seu vídeo. Bem então veja o que esse cara fez com os trials do Ryu, no jogo.

Me lembrei agora da época, em que mal soltava um hadouken, ficava rodando o joystick e apertando todos os botões ao mesmo tempo e de vez em quando acertava combos semi-impossíveis, ou até quando só saía o soca e ficava pulando com o meu personagem feito bobo na frente do oponente XD. Gastei muitas horas no SFII na época em que tinham máquinas do game em cada padaria da esquina, e nunca cheguei a um nível “pro“, como diziam na época.

Já tinha visto muitos vídeos da época que SFII comandava geral, como aqueles campeonatos em que os jogares anulavam um chute com um soco , ou esquivavam perfeitamente só pulando, mas esse cara aí se superou. Imagine encontrar esse cara na net para jogar com você, e o pior: com as DUAS mãos?

O sujeito aí em cima ainda afirma nos comentários do vídeo que teve a idéia, treinou 1 hora, e no dia seguinte gravou tudo em meia hora! Ah, ele também diz que quase considerou desistir nos trials 21 e 24, mas aí ele descubriu que era Hardcore! E como!

A Fanart acima é de uma artista famoso Dave White, que já trabalhou com marcas igualmente importantes como Nike e Coca-cola, e ela está avialiada em U$ 14.000, e o artista é um grande fã de Street Fighter, veja o que ele diz sobre a franquia:

Pelos 18 anos que se passaram joguei Street Fighter em todos os seus modos e versões. Pra mim e para milhões de outras pessoas, é mais que um videogame, é uma obsessão total e um modo de vida. É algo mais parecido com a complexa estrutura do xadrez, toda partida é diferente e a todo segundo é oferece chances e possibilidades, rico e drama. E é por isso que eu jogo.

Achei absurdamente perfeita a descrição desse cara, que não conhecia, sobre Street Fighter, e muito legal da parte de um arista desse nível demonstrar tamanho afeto por um game. Isso quebra um preconceito sobre os jogos em geral, de que pessoal ditas “cultas” têm certo pudor em falar que gostam de games, e dizem que são para crianças. É mais uma prova de como isso vem sendo cadavez mais abandonado hoje em dia.

E aí fica o desafio quem consegue fazer o mesmo que o sujeito do vídeo aí de cima?

[Via Joystiq e Kotaku]

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Rackor

Gamer de fliperamas aos consoles, passando pelo saudoso GB Color e seu Pokémon Yellow. Leitor de mangás, e dou preferência a estes ao invés de animes. Mais recentemente descobri as HQs, e desde então sou fã da trajetória de Geoff Johns em Laterna Verde, entre outros clássicos como Watchmen.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.