Sacrifícios necessários? Zero mostra sua verdadeira cara e sua determinação! [Code Geass Vol.2] [MdQ]

A pergunta que não quer calar: quem sobreviveu ao primeiro volume? Acredito que com o primeiro MdQ e toda a coisa se Mechas fora, alguns personagens sumidos, e personalidades um pouco mudadas muitos tenham desistido da compra. Mas fã que é fã é uma desgraça né? Compra até o fim, e essa é umas das coisas que motiva a continuar lendo a adaptação. Avante sobreviventes! Cliquem no “Continue” para discutirmos mais um volume.

O volume começa no núcleo escolar, bem calminho. A entrada da Kallen para o conselho ficou com uma desculpa esfarrapada na minha opinião. Esfarrapada pode ser até exagero, pois sentido ela faz. Zero precisa vigiar a garota de perto para evitar qualquer traição ou algo do tipo. Mas ficou meio estranho de como a proposta foi introduzida. Momento “melhores amigos”, do Lelouch e do Suzaku foi bacana, gostei dessa parte para melhor explicar a relação deles de perto.

Um dos grandes acontecimentos do volume foi a acusação do Suzaku pela morte do governador geral, e o resgate feito por Lelouch. Eu gostei bastante de como foi retratado essa cena no mangá, deu a sensação de medo amim, semelhante a que tive quando vi Lelouch marchando contra a horda da Britânia. A pergunta ficava sobrevoando minha mente a todo momento: aquela coisa de papelão vai desmoronar?

Suzaku salvo, e uma das melhores partes do mangá. Na verdade uma das mais cruciais em termos de história e personalidade, algo que é sublime em Code Geass. Dessa vez Majiko não deixou a peteca cair, e deu um show de bola nas expressões e nas passagens de quadro. Igualmente para o fragmento que origina o apelido de “Orange” para Jeremiah. Uma pena a Villetta não existir, pois isso sem dúvida deu um desespero bem maior a coisa toda, já que ela praticamente o ignora após o evento, mesmo sendo parceiros de longa data, aparentemente.

Teve também a reaparição da C.C., e ainda bem que a personalidade dela continua intacta. Aquele desdém com uma pontinha de preocupação sem dúvida é um dos charmes da persanagem. Pizza is back! Rá! muito bom também terem incluído isso assim como a historinha do gato. Na primeira vez rolou a tensão de alguém descobrir a identidade do Lelouch, principalmente a Kallen que tem um papel “maior” na trama do mangá, e o Suzaku por motivos óbvios.

Já falei isso no volume anterior e repito: não gosto de todo mundo virar estudante assim. Neste volume foi a vez da Euphemia. O encontro ser ambientado na escola, ao invés de num passeio pela cidade fez a história perder um pouco da grandiosidade da perspectiva mais geral quanto as diferenças entre as classes. Apesar disso, ri com a piadinha da bola de futebol. O encontro do Lelouch, como a maioria do mangá, foi apressado aqui e já houve a revelação oportuna para o caso do sequestro da frente de libertação do Japão.

Euphemia me pareceu bem mais determinada no mangá que no anime na hora de se declarar princesa Britanniana para “salvar” a todos os sequestrados. Também passou bem mais perrengue, já que não lembro dela ter ficado no meio do tiroteio que Zero provocou.

A esta altura o leitor é conscientizado da posição de Zero como guerreiro da justiça, protetor dos fracos, assim como o mundo da série. As últimas páginas valeram o volume todo pra mim. Desespero, nenhuma piedade, mortes, tudo pelo bem de uma “causa maior”. O impacto do que é Code Geass foi captado verdadeiramente nestas páginas. Zero manipulando as pessoas a sua volta com o Geass, e destruindo todos – sem distinção – que possam le opôr. Jeremiah pulando na água inútilmente buscando Zero. E a raiva e o ódio de Suzaku cimentados pelas ações de seus melhor amigo.

“Na próxima vez que alguém tentar me impedir…” Nessas palavras ecoaram a força e o lado mais sombrio da figura que chamam de Zero. Um marco Zero na história do mangá sem dúvida este volume 2. Bem, nos vemos no próximo MdQ!

Isso também pode lhe interessar

19 Comentários

    1. Eu já tinha visto isso por aí, mas é sempre bom citar pro pessoal ver também! Valeu Nintakun!

      Mas será que tem como arrumar o vídeo pra quem não tem conta no nicovideo? Ficaria deveras melhor…

          1. Ok, tô dando o meu jeito aqui de cortar o video pra poder upar no YT, ele tem quase 30 minutos, e eu sou meio noob com edição de vídeos mas eu acho que consigo ainda hoje.

            Malz a demora.

  1. eu não desisti do mangá de Code Geass no volume 2 pois ainda nem comprei o primeiro e só acho que irei comprar quando todas as 8 edições forem lançadas.Mas pelo que li o mangá dá um certa melhorada apesar de mudar algumas partes da obra original e espero que continue tendo uma melhora progressiva pois essa é uma obra que só comprarei por ser fã afinal é como vc mesmo escreveu Rackor “fã que é fã é uma desgraça” mas mesmo assim não quero ter aquela sensação de dinheiro mal gasto ao termina-lo de ler

    1. Eu acho que de mês em mês a sensação de perder dinheiro é menor né XD
      Se for ler tudo de supetão eu acho que ia desgostar muito mais…

      1. Na verdade acho melhor ler de mês em mês só que já compro tantos mangás ultimamente que achei melhor eu esperar completar o mangá de Code Geass(já que é curto mesmo) e comprar tudo de uma vez com descontos da comix em eventos de cosplay(pois é tudo menos eventos de animes/mangás).

  2. Eu já tinha adorado o primeiro volume, mesmo achando beeem inferior ao animê (e o que isso quer dizer, falando-se de Code Geass?), e o segundo só melhorou. Realmente uma pena a Viletta não existir, gosto muito da personagem.

    Bom é que a sensação de “cadê a escala épica do animê?” diminuiu um pouco agora, já que se abriu pra sociedade em geral, sem ficar restrito à escola, o que eu tinha achado muito furado (o jeito que o Lelouch salva a Kallen no animê é muito mais foda). Esperando ansiosamente o volume 3! E será que o mangá vai se dividir em R1 e R2 também? Quatro volumes pra cada parte?

  3. acho que eh impossivel o manga ser milhor que o anime…

    preferiria que tivessem lancado as outras historias que sao ambientadas no mundo de Code Geass…

    mas a melhora dos volumes melhrou e muito…

    estou feliz que esse Zero eh obscuro pois umas das coisas que mais marca em CG eh a morte(perda) de perssonagens importantissimos no decorrer da trama e comu LL continua mesmo perdendo tantas pessoas queridas…

    espero mudancas do anime e do manga…

    ao meu ver esta parecido de mais com a anime por issu preferiria os outros titulos…

    mas eu amo CG…essa eh uma serie que nunca vou esquecer

  4. Eu nem tive a chance de tentar sobreviver, o primeiro volume não chegou na minha cidade ¬¬’

    Com certeza o mangá é inferior mas sendo Code Geass eu tenho que comprar @_@

  5. OFMG! Essa primeira imagem ai do post, sem ser a da capa, eu fiquei com o mangá aberto um tempão pra desenhá-la inteira e quando venho ao Portallos, encontro ela aqui. XD Mas, eu adorei o volume, mesmo sem a inclusão dos mechas, o que tornava a história no anime mais impactante, na minha opinião, o mangá está perfeito e bem interessante. ^^

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.