Jogando

Dark Souls: Aqui a frase "prepare-se para morrer" passa longe de ser somente um slogan! [PS3/X360]

Quem já jogou Demon’s Souls, game que mescla ação e RPG com exclusividade no PlayStation 3, sabe que a From Software não dá moleza para ninguém e quer mais é mostrar como o mundo medieval pode ser mais cruel e injusto que a vida real. E se você é do clube dos que acham que os jogos de hoje em dia carecem de uma dificuldade e desafios maiores, pode ficar alegre. Pois Dark Souls, o primo distante de Demon’s Souls, ou como dizem os produtores: seu sucessor espiritual, se encontra em desenvolvimento com lançamento previsto para outubro deste ano.

Antes de mais nada a From Software deixa claro que Dark Souls não é uma sequência direta de seu conterrâneo, mas carrega consigo o mesmo espírito: fazer você odiar o game pela sua extrema dificuldade ou amá-lo ao ponto de não conseguir largar o joystick mesmo morrendo 20, 30 ou 40 vezes no mesmo lugar. Pois segundo a produtora, não há jeito melhor de fazer o gamer valorizar um jogo do que testando a sua persistência. Todos de acordo?

Mas o que exatamente Dark Souls vai mostrar de diferente além de uma nova locação para a trama, inimigos grandalhões e muitas poças de sangue no meio do caminho? Basicamente nada de mais, a idéia aqui é refinar o que já está muito bem feito, a começar pelo sistema de classes que agora deixa de existir, fazendo com você tenha mais liberdade e menos restrições na hora de optar por uma arma ou magia. A dificuldade será ainda mais elevada e a sensação será de constante apreensão, já que nenhum lugar será seguro, não apenas pela presença das almas sombrias ou criaturas de tamanho colossal à espreita, mas também pelo número de armadilhas que estarão espalhadas pelos cenários. Desde inimigos que mudam de área constantemente até os monstros ou mesmo jogadores camuflados por magias, todos prontinhos para lhe render um belo game over acompanhado de muita raiva e alguns palavrões.

A sacada do modo multiplayer online também continua, permitindo que ao longo da sua jornada você se depare com o sangue derramado por outros jogadores que já passaram por ali, além do direito de um ou mais jogadores desconhecidos poderem invadir o seu universo em busca de rápido duelo ou até mesmo uma ação cooperativa.

Os gráficos em comparação ao game de 2009 parecem ainda melhores, mais realistas e até um pouco mais assustadores eu diria, mas no fim a missão é a mesma: explorar esse universo com cautela, manter-se sempre em guarda, nunca subestimar seus inimigos e acima de tudo fazer do medo e a estratégia os seus maiores aliados. Sem isso, sobreviver em um game da From Software (por enquanto) é impossível.

Logo abaixo está o trailer antigo, já o mais atual foi postado aqui.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

K o n S a m a

Do ser sem razão a essa explosão de emoção, do preguiçoso leitor ao (meia-boca) escritor, do tímido calado ao ator inquieto, do caminho já traçado à esquina do destino incerto. Tentei me definir, mas sem sucesso. Games, filmes, música, animes, são só o começo desse quebra-cabeça sem nexo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.