LendoMiscelâneaNas Bancas

Nas bancas: mensais, férias e últimos PatetaFH

Entre os destaques tem Paolo Mottura, Superpateta italiano e até Zé Carioca em Patópolis!

Da minha última visita a uma banca de jornal cheguei com 8 edições de quadrinhos Disney em casa. Todos lançamentos da semana passada aqui na minha região, Jacareí-SP. A antepenúltima e penúltima edição de Pateta Faz História, e esta semana a coleção deve finalmente ser concluida com o volume 20, Teatro Disney. Também fiquei muito contente com as mensais Pateta e Minnie, que ainda não estão no pacote de assinaturas então tenho que correr todo mês para comprá-las em banca, a seleção de ambas esse mês estão imperdíveis. E por último, as quatro revistinhas de férias com 36 páginas que custam duas moedinhas de 1 real. Nesta rodada elas estão bem diferentes, com uma aposta maior em HQs italianas (exceto Pato Donald Férias).

Enquanto isso, no dia 07 deste mês, recebi as quatro mensais tradicionais do pacote de assinatura. Todas as edições possuem algum destaque interessante esse mês. Também preciso comentar que parece que minha assinatura estabilizou um pouco. Ainda não chega no tempo certinho todo mês. Ficando sempre depois do lançamento oficial das bancas, mas ao menos não anda “sumindo”. Uma pena que a Editora Abril e a distribuidora tercerizada ainda não conseguim agilizar o envio das revistas aos assinantes. Seria ótimo receber as revistas na virada do mês.

Após o continue, mais algumas fotos e os principais destaques do mês destas 12 edições. Lembrando que este mês ainda temos mais quatro almanaques, que devem chegar lá pelo dia 20, a última Pateta Faz História, Disney BIG #12 com uma homenagem aos 50 anos do Prof. Ludovico e Natal de Ouro Disney #2 que já está nas bancas, mas parece meio raro de se encontrar. Aqui na minha cidade sumiu geral a edição!!

É natal! E muitas das HQs que ilustram as edições mensais deste mês entram no clima natalino! Tio Patinhas traz uma bela história natalina (Fugindo do Natal) abrindo a revista com o excelente Giorgio Cavazzano (quadro ao lado). Olha aí toda a família Pato reunida. Você que não acompanha muito bem as revistas Disney, ou que talvez seja um leitor novato: consegue reconhecer tudo mundo na imagem?

Mas o grande destaque da edição do Tio Patinhas fica por conta da HQ O Segredo do Tenor Distraído com os belíssimos quadros do Paolo Mottura, que sempre traz maravilhosas cores. Basta ver o quadro acima. Essa HQ possui uma sequência, com o Superpato. Espero que ela saiu por aqui no próximo ano.

Enquanto isso, Zé Carioca também tem seus destaques este mês. A história que abre a edição, Natal do Peru, é um clássico da década de 70. A edição ainda tem Comando Laser e Morcego Vermelho. Essa do Morcego Vermelho, A Volta do Aranha, dá um destaque grande ao próprio Peninha por sinal. Ela é baseada numa HQ da década de 70, que infelizmente há muito não é republicada. E a edição fecha com a excelente série “Zé em Patópolis”, uma série produzida aqui no Brasil que coloca o Zé dentro do universo dos habitantes de Patópolis. O ritmo é bem diferente das histórias do personagem na Vila Xurupila no Rio de Janeiro. Uma pena que a Abril não está republicando ela na ordem em que foi produzida. A HQ A Lábia tem Dois Gumes é a 8º história dessa série segundo o Inducks. A primeira só foi republicada uma única vez e em 1994. Faz muito tempo. Que pena que não foi desta vez.

Voltando aos patos, a edição de Pato Donald também está muito bacana!

O quadro acima é baseado na HQ Viagem ao Fim do mundo, protagonizada pelo Gastão e os sobrinhos do Donald. Muito interessante a escolha dessa história, pois geralmente temos o Gastão sempre atazanando o Donald e não numa aventura solo, ainda mais com Huguinho, Zezinho e Luisinho. Show!

Outra pérola da edição do Donald é essa HQ ao lado, A Felicidade não se Compra, que é uma homenagem a um clássico de 1946 (alguém já assistiu o filme?). As informações estão no box azul acima, que retirei também da edição.

A edição ainda conta com Willian Van Horn e Vicar em outras duas histórias.

  A edição do Mickey vem com uma reimaginação de um clássico animado da Disney: Os Fantasmas Solitários, ou Lonesome Ghosts no original em inglês. É um desenho de 1937! Claro que a HQ não é uma reprodução fiel da versão animada, mas ele é fiel até onde pode. É como se fosse o mesmo plot, mas com o Mickey, Donald e Pateta com suas personalidades dos quadrinhos, que para quem não sabe, é um pouco melhor trabalhada do que as personalidades superficiais dos antigos desenhos. Gosto da ideia, por exemplo, do visual moderno (visto no quadro ao lado), dando um contraste com a versão antiga do desenho. Por sinal, conhece o desenho de 1937? Assista já:

Indo agora para as novas mensais. Minnie chega este mês com uma belíssima capa e HQ inspirada em Arquivo X. Quer dizer, não é bem baseada na série Arquivo X, tem apenas alguns toques de sci-fi e contatos imediatos. Tem aquela “pegada”, sabem? Mas o que despertou mesmo a minha atenção ao folhear a revista foram os quadros, como este ao lado, que ocupam uma página inteira da revista! São raríssimas as ocasiões em que os desenhistas da Disney fazem coisas assim. Quadros de meia página são comuns, mas de páginas inteiras não. A HQ segue o mesmo estilo gráfico de Mais Frio que o Gelo, que saiu em Minnie #3 (Ago/11), que possuia um estilo mais graphic novel (mas não era) nos enquadramentos, com quadros que seguem vários formatos próprios, fugindo do estilo mais tradicional. A história ocupa 35 páginas da revista, mas ainda sobre espaço para uma HQ natalina no fim. A revista da Minnie realmente chegou bem diferente de sua antiga versão. Agora parece que tem uma personalidade mais forte, agradando tanto ao público feminino quanto o masculino. Isso anda fazendo toda a diferença.

Para terminar a mensal do Pateta chega chutando bundas este mês. A HQ que abre a edição, Um Natal Apatetado, tem o tema natalino e parece ótima, com aquela clássica situação do Papai Noel saindo de cena em algum infortúnio e sobrando para alguém, neste caso o Pateta, substituí-lo. Porém o que me chamou a atenção mesmo foram outras duas histórias.

Em Confusão em Alta Definição rola uma brincadeira com a franquia Senhor dos Anéis, com o Pateta encontrando a Irmandande do Senhor dos Patéis, mais o mago Grandalf, Frofo e tem até um ali que seria o Gollum. Veja o quadro acima. Rá! Acho muito hilário estas brincadeiras e paródias que as vezes rola nos quadrinhos.

Por último, a cereja do bolo é a HQ de 22 páginas produzida na Itália com o Superpateta! Finalmente o herói ganha uma HQ longa na mensal do Pateta! Superpateta X Pirataria Natalícia! E os italianas adoram viajar nas histórias. Nesta temos o Superpateta no espaço sideral, interagindo com aliens e dando uma de Papai Noel espacial.  Muito bacana! Espero que venham mais histórias originais assim no próximo ano com o personagem. Nada contra o Superpateta da Dinamarca, mas os italianos ousam muito mais com o universo do personagem. Quando fazem HQs com ele, né? O que não é tão comum como o Indiana Pateta. Estranho isso.

E fechou! Estes foram os destaques (na minha opinião). A seleção de histórias completas, mais as prévia ainda vão rolar no novo Portallos, mas não hoje. Aguentem ae que logo logo trago elas. Enquanto isso, vale a pena ficar sempre de olho na lista de lançamentos do mês no post do Checklist Disney! 😉

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.