E3 2012: Campeões e derrotados!

Passado a ressaca E3, vamos fazer um balanço!

É amigos, a E3 desse ano não foi o que todos esperavam, aquele apelo aos jogos foi esquecido pelas empresas, e por isso para muitos a Ubisoft foi a grande campeã da feira, pois foi a única que falou realmente do que queríamos ouvir: Jogos.

Mas porquê a Sony, Microsoft e Nintendo falharam em nos dar um show digno?

Microsoft

A Microsoft falou tão pouco de jogos, mas isso não necessariamente significa que o console está com poucos jogos, apenas que o foco da empresa mudou. A empresa de Bill Gates estava lá para vender seu produto: O Kinect.

A Microsoft desistiu de competir com a Sony, porque ela não precisa mais, embora no Japão o seu console jamais terá uma venda maior que o Playstation 2, nos EUA, o console é um sucesso absoluto e já superou o Wii graças ao Kinect há cerca de um ano, mas ainda há vários inimigos para vencer nos EUA, dentre eles a Apple.

Porquê a Microsoft não precisa mais se preocupar com a Sony? O streaming de filmes veio para ficar e sim está sobrepondo a compra de filmes em caixinhas, isso é fato, e o Kinect é um dos melhores meios para ver filmes, seja com o Netflix, Hulu ou vários outros serviços disponíveis no console e pela interface dele.

A Sony não perdeu, mas o Blu-ray passou a ser um nicho específico para quem quer alta definição e coleciona filmes. A pirataria mostrou para muitos o quanto é prático ter o filme instantaneamente, e o streaming tem se provado ser uma resposta superior por se assemelhar a pirataria, mas de forma mais legal e sem necessitar de espaço para guardar, nada de discos arranhados e outros problemas da mídia física.

O Kinect é a melhor forma de assistir a filmes e vem para lutar contra o Apple TV, com a adição de serviços, tentando se sobrepor aos outros consoles que também possuem serviços como o Netflix.

“Mas a E3 é para jogos!” Você diz. Na verdade trata-se de entretenimento “Electronic Entertainment Expo”. Anos atrás viamos apenas jogos, mas o foco mudou agora para as três empresas.

O destaque da Microsoft na feira foi Halo 4, mas uma coisa que estou bem curioso é o uso do SmartGlass e como isso será efetivamente usado. Seria essa a resposta para o Wii U, e muito bem feita na minha opinião, afinal de conta para ter uma experiência similar, basta usar um tablet que muitos já tem, ou seu smartphone, mas talvez somente na próxima feira veremos ele em uso completo.

Sony

A Sony tentou trazer um pouco mais de jogos, e de exclusivos a empresa tem bastante, mas falhou em tentar alavancar as vendas de seu PSVita, que ainda tem um início bem difícil em todo o mundo, e apenas serviu para mostrar que é cedo demais para comprar o portátil.

Para mim, a Sony devia investir mais na diversidade com aplicativos úteis para o portátil que justifiquem a compra de uma versão 3G. Acredito que muita gente deixaria de ter um iPhone em troca de um PSVita se ele fosse mais aberto a aplicativos, algo como é o Ipod Touch, um meio termo entre um smartphone, mas com um apelo bem mais gamer e com acesso a Internet por meio de um browser decente e suporte HTML5, Skype e outras coisas que é o que o público americano quer, mas ela jamais conseguirá porque a Sony sabe fazer hardware não software.

O 3DS é muito mais um videogame portátil do que o Vita, e prova disso é que jogos menores e tão simples sequer saem para ele. O último Madagascar 3: The Video Game, saiu para PS3, XBox 360 e Wii, e nos portáteis para o Ds e 3DS, mas nada do Vita e nem do PSP, pois eles não são Pop.

A Sony podia então localizar ao menos os JRPGs e outros jogos que saem para seu portátil nesse lado do globo, mas o investimento é muito arriscado e eles estão se limitando a trazer jogos do PS3 portados para o Vita. Se eu quero jogos do PS3 eu compro um PS3 e não um Vita, o investimento vale muito mais a pena, a Sony não sabe criar um nicho mais específico para seu portátil. A transferência de saves é legal, mas não está funcionando, tem que tornar seu videogame mais pop.

O vita também ganhou o suporte a ser usado como um controle do PS3, mas se essa era a resposta ao Wii U, foi falha na minha opinião. Para jogar um game como o novo “Smash Bros Sony” é necessário aparentemente uma cópia da versão do jogo do Vita, o que dobra o investimento para ter a feature.

Falando do PS3, o console recebeu o God Of War, mas eu nem tenho a menor intenção de jogar. A empresa podia deixar Kratos descansando um pouco mais, no entanto ainda assim o jogo vai vender e muito e como ele está lindo.

Além de Kratos, o destaque da E3 foi Beyond com seus gráficos lindos e seu apelo cinematográfico, e também para The Last Of Us que tem traços bem similares em termos cinematográficos, zumbis lutas com gangues, esse é o jogo do Apocalipse zumbi que sempre sonhei, embora no demo tenha faltado mostrar os zumbis, esse jogo certamente adquirirei.

Nintendo

Bem, a Nintendo tinha a difícil tarefa de superar as outras duas, tarefa que não parecia muito difícil de fazer, mas a Nintendo não conseguiu. A empresa começou muito bem, havia dedicado alguns dias antes para falar do novo console, para tentar focar em games em sua conferência, mas foi apenas papo furado e o que vimos na E3 foi mais do mesmo e repetição do que já havia falado em sua conferência pré-E3.

A Big N começou com Pikmin 3 para a alegria de todos, o que enganou a muitos imaginando que realmente seria um show a parte a sua conferência. Muito pouco foi falado de jogos para o Wii U, mas muito do que já sabiamos, além do New Super Mario U que também já conhecíamos, ou seja nada de surpresas, e sem contar dos jogos já anunciados anteriormente pela Ubisoft.

A Nintendo sequer falou de preço e data de lançamento de seu novo console, e apenas vendeu seu peixe descaradamente, trazendo poucas franquias que justificam sua compra. Acredito que apenas dentro de dois anos pós-lançamento poderemos avaliar se é um bom negócio comprar o console, até lá é melhor esperar o preço abaixar.

Para piorar a situação da Nintendo, ela falou de vários jogos do 3DS, mas falhou em surpreender novamente, escondendo de todos o fato de Fire Emblem ser lançado nesse lado do globo por exemplo, pois achou que não tem público para tal game.

O destaque para a Nintendo foram os eventos dedicados para o 3DS, uma boa sacada, a qual assisti mas cheguei tarde para ver, onde eles mostraram que o 3DS ainda é o rei nos portáreis e o Vita tem muito a trabalhar para ser uma ameaça.

Outro destaque fica claramente para o Wii U, que se mostrou ser um super console, e muitos embora riam, eu tenho certeza que será sucesso, eu mesmo planejo comprar no futuro, pela proposta diferente do console, que se bem usado será muito interessante, e convenhamos a Nintendo sabe usar os recursos de seu console. Já o game de destaque ficou com ZombiU, show da Ubisoft.

New Super Mario Bros U não me pareceu ser um grande game, parece ser mais do mesmo, enquanto o New Super Mario Bros 2 já me pareceu mais divertido com sua proposta de caça a moedas. E por sua vez o Nintendo Land parece uma evolução de Wii Sports, mas que prefiro que saia diretamente no console.

As 3

As três empresas falharam em trazer games, tudo o que elas fizeram foi tentar vender seus produtos como estações que tem algo a mais. A Microsoft o Kinect e seus serviços de streaming, Big e outros, a Nintendo com sua nova rede social e quase nada de jogos, quando ela tinha 50 jogos para mostrar, embora nem todos tenham videos, podia ao menos falar de números. A Sony foi a que mais mostrou jogos, mas foi tão pouco, e falhou em vender seu PSVita.

Em resumo acho que a imagem abaixo ilustra bem como foi a E3.

E vocês leitores, o que acharam da E3 desse ano? Serão bem abastecidos de games nesse ano? Vai comprar o PSVita ou o 3DS?

Isso também pode lhe interessar

25 Comentários

  1. Concordo totalmente!! Alias acho que a nintendo ta dando um belo tiro no pé com o WiiU, eu vou comprá-lo com toda a certeza, só para jogar as franquias dela, em HD. Mas sinceramente este controle tablet com pouca bateria não me agradou! Prefiro ainda o controle do Wii.  Outra coisa acho que a estrategia da nintendo deveria ser diferente agora, deveria competir de igual com o Xbox 720 e PS4, ter um controle tradicional, com suporte ao wiimote, e graficos da nova geração!! Como sempre ela quer ficar na lanterna em termos tecnologicos, isso já me desanimou bastante!! Quanto ao 3DS acho ele show de bola to adorando jogar Mario Tennis Open, muito legal, e o Kid Icarous, e aguardo novos lançamentos.

    1.  @LeopoldoDiGiovanniIsola Sabe o que é estranho, quando a Nintendo teve o melhor console tecnologicamente falando, as coisas ou não foram bem ou foram acirradas, como no SNES, N64 e GC. E cara, o WiiU tem um controle tradicional.

      1.  @Mauri Link Sim Mauri concordo com voce, mais o foco deste console será o tablet. Digo isso pq gostaria muito de ver um metroid rodando por exemplo (Logico que a nintendo tem suas engines tbm) numa Unreal 4, ao invés de jogar num tablet. Sei lá sabe, no finalzinho desta geração me reforçou mais ainda que os controles por movimentos são meio chatos a longo prazo, achei o Kinect broxante, ta encostado, prefiro muito mais o Wiimote…. Rsrs é estranho, mais acho que foi reflexo da conferencia. Se tivessem monstrado um Metroid em HD eu estaria felizao agora, e compraria o Wiiu no lançamento. srsrs

        1.  @LeopoldoDiGiovanniIsola Ainda bem! Escanear as coisas com o GamePad será muito melhor do que com um controle como do 360, por exemplo. Vai ser o melhor dos dois mundos, poderemos usar a tela do controle como se enxergássemos pelos olhos da Samus, imagine isso em um Metroid Prime, no qual a Retro está trabalhando!

    2.  @LeopoldoDiGiovanniIsola podemos dizer que a nintendo esta feliz com essa “traseira”.
       
      ela nunca se preocupou com essa disputa, eu sempre vi a nintendo como uma das melhores empresas de games por esses motivos citados.
       
      ela sempre prefere fazer algo diferente, que de diversão ao jogar, do que como a MS e a Sony, fazer jogos iguais com nomes diferentes para lutar entre si.

  2. Realmente, pelo terceiro ano seguido, a Nintendo saiu-se melhor. Apresentando dezenas de jogos enquanto as outras se preocuparam com coisas como livros mágicos e integrações forçadas entre aparelhos. Mas´é assim mesmo, agora é reparar como as outras vão ficar correndo atrás pelo próximo ano tentando fazer suas gambiarras parecerem coisas da Nintendo ^^

    1.  @Mauri Link Wat wat?
      Sua mensagem parece concordar com a opinião do Alexandre “Pikachu”,em algum momento ele diz que a Nintendo saiu-se melhor? Oo
      Você é muito cego de amor pela Nintendo cara,tenta se controlar ao postar 

      1.  @HugoDSouza Eu AFIRMO que foi a melhor em todo aspecto mercadológico. Só porque um nicho de pessoas que acham que ainda estão em 1995 discorda, eu não vou pegar leve. A opinião não deve ser levada conforme o contexto, mas sim tem que ter seu próprio contexto. A E3 é sobre apresentação de portfólio, e nenhuma outra empresa mostrou tanto quanto a Nintendo. Agora, só porque os jogos mostrados por ela não interessam a um nicho eu vou lá querer agradar esse nicho? 

        1.  @Mauri Link  @HugoDSouza Em termos de portfolio a Microsoft mostrou muito mais coisas e mais interessantes, só o Smart Glass se fizer tudo o que promete já é o mesmo que o wii u pode fazer com vantagens afinal uso qualquer tablet ou smartphone que eu tenha. Em termos só de jogos a Sony se saiu melhor que todas. Então onde que a Nintendo foi melhor??
           
          Não quero que você aceite isso, eu sei que sua cabecinha ista não consegue absorver esses fatos. Mas eles estão aí. Use você o contexto que queira usar mas estes são os fatos.

        2.  @simiano  @HugoDSouza Claro, oferecer soluções que ninguém faz igual (mas que já querem imitar) e DEZENAS de jogos pra todo e qualquer tipo de público não faz diferença. Eu bateria palmas para você se ao menos valesse o esforço. Mas é normal que uma parcela de um nicho de jogadores não queiram dar o braço a torcer, afinal, já tem que torcerem o bastante para TALVEZ ficarem na janelinha de novo. Eu realmente espero que aquilo apresentado por Microsoft e Sony dêem frutos, afinal, tenho um PS3 e gostaria de na próxima geração ter de novo um console da Microsoft. Mas é interessante notar que as propostas das três majors se dividem mas tendo no fim o mesmo objetivo. Cada vez mais, cabe ao indivíduo ponderar qual portifólio lhe seja mais agradável.
          A Microsoft apresentou uma proposta BOA com o Smart Glass que ainda precisa se provar como aconteceu com o Kinect, além de ALGUNS jogos. Sony idem, porém com um POUCO MAIS substância na quantidade e qualidade de jogos, porém com o agravante de NÃO ter alimentado com essa mesma substância um de seus produtos mais necessitados (Vita-nic). A Nintendo mostrou um novo console e DEZENAS de jogos (com mais de 40 JOGOS para a janela de lançamento), e outra DEZENA de jogos para seu portátil que já não precisa nem mais ostentar a bandeira do 3D.
          Somando Microsoft e Sony, não dá uma Nintendo em portfólio. Agora, qual é o grau da aceitação desse portfólio, isso sim é pessoal e cada um quantifica conforme seu julgamento.
          De novo, vocês estão se baseando por aquilo que gostam, e eu que sou o ista aqui? Então diabos, que seja uma pessoa ista, é melhor do que ser uma pessoa SEGA. E no meu julgamento de ista, a Nintendo ganhou. Não foi de lavada, mas ganhou.

        3.  @Mauri Link @Mauri Link  Então tá.
          Só passando pra lembrar que a maioria dos “40 jogos” já temos nessa geração atual ou são Marios (pra quem ainda está nos anos 80-90,mada contra isso,mas vc pareceu ter)
          Mas claro,agora tem o selo da Nintendo no jogo,isso muda TUDO né?
           
          É inegável que o Nintendo Wiiu se tornará um ótimo videogame,mas esse começo está bem fraco-razoavel(o que é normal,mas os istas estão pregando outra coisa)
           
          Pro bem dessa discussão (e de futuras) gostaria de dizer que possuo Nintendo Wii,PS3 e PC,e vejo as novidades de 360 na casa de um amigo.Só que eu não tive uma infância Nintendista,deve ser esse os motivos pra eu não morrer de amores por ela,pois não posso ser saudosista com algo que não vivi.
           
          TIve Master System,Megadrive,PS1,PS2-present day

        4.  @HugoDSouza Na line-up inicial alguns jogos já foram lançados há algum tempo para outros consoles sim, mas não vejo isso como algo ruim, e sim sensacional. Jogo bom não tem idade, e há muitos gamers que por diversos motivos nem puderam jogar ainda um Arkham City, por exemplo. Se fossem jogos ruins eu ficaria desapontado, mas são jogos muito bons e que só agregam para a line-up. Aliás, com a confirmação de que o Virtual Console será transposto totalmente ao Wii U, ele será o videogame com a maior biblioteca de jogos de todos os tempos, incorporando jogos do NES até os mais recentes. Pra um cara como eu que joguei praticamente todos os consoles de videogames, isso é um fator importante.

  3.     Qdo o Iwata veio com aquele papo de “Alone Together” e que queria aproximar as familias, aí já vi que seu console seria descartavel para gamers.    Sony e seu wonderbook , se tivessem gastado aquele tempo mostrando um pouco mais dos jogos talvez teriam ganhado a E3.     MS mostrou que o redondinho (360°) será muito mais que um videogame, e sim , uma plataforma de entreterimento, se já nao tivesse comprado ps3 compraria o 360.Enfim acho q deu empate na E3, pelo menos para mim, que dormi no trailer do watch dogs e que nunca gostei de Assassins Creed. 

  4. “Porquê a Microsoft não precisa mais se preocupar com a Sony? O streaming de filmes veio para ficar e sim está sobrepondo a compra de filmes em caixinhas, isso é fato, e o Kinect é um dos melhores meios para ver filmes, seja com o Netflix, Hulu ou vários outros serviços disponíveis no console e pela interface dele.”
     
    Lol engraçado eu não preciso pagar PN pra assistir Netflix no meu Playstation 3, e vocês, tá quanto mesmo pra jogar ONLINE ? ….palhaçada.

    1.  @GlauberAraujo Cara pagar 40 R$ por ano pra ter a estabilidade da Live não é caro. E olha que também tenho a PSN, pra mim a estabilidade e velocidade da Live é algo muito diferente do que eu experimento com a PSN.
       
      Mas o foco do Pikachu não foi que a Live é melhor que a PSN, e sim que a interface Netflix / Hulu do Kinect é melhor que a interface das mesmas para a Sony.

    2.  @GlauberAraujo O que disse é que o Blu-Ray é diferencial na Snoy e no PS3, mas o Kinect não perde com isso, pois se beneficia do streaming.
       
       

      1.  @AlexandreCampelo  @GlauberAraujo Cara lí e relí seu texto e crí que ao se referir ao Kinect você se referia ao conjunto: sensor de movimentos/interface (dashboard) do Xbox, mas agora ví algo:
         
        Não é o Kinect que se beneficia do streaming, o Kinect é uma extensão do Xbox, você não precisa do Kinect pra se beneficiar do streaming.
         
        O KINECT não é o XBOX!

        1.  @r4phf43l Sim, mas a Microsoft o vende como sendo outro console.
          Eu entendo perfeitamente, mas durante toda a apresentação da Microsoft o que vimos foi ela enfatizando o Kinect para uma eperiencia plena de suas funcionalidades de streaming.

  5. É por isso que existem guerras, idiotas tomam partido de uma merda que é para agradar e a tomam com sua bandeira fundamentalista. Não existem perdedores ou ganhadores nessa E3.
    Os únicos que ganham somos nós, gamers. E ] somente a nós nos cabe a escolhe de qual aparelho comprar e utilizar.
    E agora Mauri, vem vc falando e pagando de bonzão. Porque na conferência da nintendo vc nem deus as caras… Aliás, apareceu no finalzinho recolhendo os cacos….

    1.  @guilhermeprotzner Eu não posso dizer que ví o @Mauri Link durante a apresentação da Nintendo até porque eu não assisti, mas a posição dele agora é a mesma de depois da conferência, eu o provoquei bastante na realidade . . . E o fato é que todos nós somos um pouco de ISTAS . . .

  6. Acho que o texto do @AlexandreCampelo foi um dos melhores que lí sobre a E3 até agora.
     
    Se o cara é ista ele tem muito a comemorar:
     
    Por um lado a MS apresentou uma nova franquia FORZA (sim nova franquia porque sai do padrão anterior) e um novo Halo (novo porque não é uma continuação dos demais nem um episódio para complementar a história anterior) que são dois dos melhores jogos para Xbox, ela aproveitou e lançou novos complementos que integram o Xbox a tudo (é incrível, mas a MS agora integra iPhone / iPad / iPod / Androids e WinPhones algo que só se viu a MS fazer com o Office) tornando o Xbox o console mais conectado e social possível.
     
    Do outro a Sony encheu nossos olhos com jogos lindos (embora não tenha ‘desejo’ de jogar GoW ou mesmo o Last of Us o Beyond me atraiu e muito), motrou que sua PSeye tem uns truques na manga para tentar encarar o Kinect e sem dúvida é a empresa que mais terá Blockbusters exclusivos nos próximos meses tornando o PS3 o console mais ‘hardcore’ possível – pelo menos até o ano que vem. (A coisa realmente ruim foi a forma como ela enterrou o Vita)
     
    A Nintendo quietinha lançou um console com HD com anos de atraso, mas, compensou com um novo modo de se ver jogos (a mesma coisa que fez com o WiiMote que culminou em tecnologias como o Move e o Kinect) o WiiPad (que pra mim foi um dos motivos da MS integrar a caixa até com a concorrência). Jogos lindos e demonstrou como o WiiU pode enfrentar as duas anteriores em jogos de alta qualidade gráfica e o mais importante e que é o foco da Nintendo: Diversão.
     
    Não julgo quem foi melhor ou pior, simplesmente as três decepcionaram pelo que se esperava delas, mas cada uma foi boa de um lado, mas do lado gamer quem se saiu melhor mais pelo lado ‘isto você ainda não viu’ foi a Nintendo que deu uma prévia do que podemos esperar do WiiU.
     
    A MS e a Sony fizeram o arroz com feijão, a Nintendo acrescentou uma pimentinha, mas nem tão forte assim.

  7. Na minha opinião Sony e Ubisoft foram de longe as melhores, a Sony em primeiro, pois foi a que conseguiur trazer mais jogos interessantes e que empolgaram, se não fosse pela aquela parte do livro e conferência teria sido bem melhor, achei a da Ubisoft muito boa também, e isso se deve mais pelo anúncio do Watch Dogs, A MS, eu achei bem morna, ela conseguiu trazer bons jogos, mas metade da conferência nem sobre games foi, outra que achei morna foi a Nintendo, aquele cara falou muito e não disse nada, falta bastante informação a respeito do Wii U ainda, e faltou jogos também, Batman AC é um jogo que não é novidade para ninguém e faltou mais jogos da BIG N, até Mario foi deixado de lado. E a pior foi sem dúvida da EA, nossa senhora, não da para aproveitar nada ali, até DS 3 que era um jogo aguardado por mim parece que resolveram a cagada. Por mim a Sony levou esse pela quantidade e qualidade dos jogos mostrados em sua conferência.

  8. Parabéns pelo texto, cara. Bem imparcial, sem aquela coisa de "eu prefiro a Sony/Nintendo/Microsoft, então vou puxar o saco da mesma".
    A falta de jogos do Wii-U (console que comprei esperando Zelda e Super Smash Bros) no momento é algo complicado, porque ele foi lançado antes dos outros, então grande parte dos jogos que estão saindo, quase todo mundo já jogou nos outros consoles. Espero que isso mude com o Lançamento de Bayonetta 2, Ninja Gaiden 3 e Batman Arkham Origins.
    Bom, só falei do Wii-U porque é o console que eu tenho, portanto, já pesquisei bastante coisa sobre ele (e nem vou ter dinheiro pra comprar os demais). XD

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.