League of Legends – Zyra, e novidades do Beta brasileiro!

Será que ficou bom?

Finalmente foi lançada a mais nova champion do MOBa mais jogado do mundo: Kura… Ops… Zyra! Na atualização passada ela deveria ter sido lançada mas acabou que provavelmente devido a alguns bugs ela precisou de mais testes e eles acabaram segurando ela. O que para alguns não deve ter sido nenhum problema né? Afinal deu tempo de juntar mais alguns IP’s!

Ela é boa? É sim! Acabei de testar ela em duas partidas, perdi as duas, mas fiz ótimos scores com ela (é, os times nem ajudaram muito, mas tudo bem!). A impressão que parece é que a Riot está investindo em champions que tenham um estilo alternativo de jogo. Primeiro tivemos Jayce e seu estilo de jogar com duas stances, agora temos um champion mage mais defensivo que foca no combo entre as sementes.

Zyra é difícil de jogar, não espere que é fácil pegar o jeito dela logo na primeira partida. Normal é ficar confuso que nem eu que demorei uma boa parte do primeiro jogo tentando engrenar os combos de skills. No segundo game, finalmente “perdi a timidez” e joguei bem melhor controlando a mid lane. Apesar da curva de aprendizado difícil, ela é extremamente divertida de se jogar e também é ótima para fazer farm.

Ainda sobre League of Legends, há alguns dias atrás entrou no ar o Beta Test do servidor brasileiro. Tive a oportunidade de ser um dos escolhidos para pegar a key, e só não postei as impressões antes aqui porquê tentei em vão gravar um vídeo, mas não deu certo. Fazer o quê né?

O jogo está totalmente dublado e legendado, tirando algumas discrepâncias de traduções de skins por exemplo que cosntam com um nome na loja e outro na galeria, mas provavelmente devem consertar isso. Sobre a tradução propriamente dita… Bem… A princípio, não vou mentir, é estranho. Mas depois de algumas partidas seu ouvido vai acostumando com os dizeres da narradora. Agora, não nego, que alguns textos de tradução foram erroneamente escolhidos para serem traduzidos, poderiam ter deixado como no original. Gostei das vozes de alguns campeões como a Lux, mas a de alguns outros soam um tanto estranhas. De qualquer forma é inegável a ótima iniciativa e porquê não, o bom trabalho que a Riot Games fez localizando o game para as nossas terras.

Outra coisa que muitos de vocês devem estar se perguntando é em relação ao ping. Há sim uma redução acentuada dele, o que é ótimo, porém tem gente reclamando que ele não está tão reduzidod quanto deveria. Bom, não vou reclamar de barriga cheia né? E para quem estava com dúvida de como é o beta? Simples, cada jogador recebe 500000 de Influence Points e 500000 de Riot Points, então é possível testar os champions que quiser, bem como as skins. Legal né?

A única ressalva mesmo fica pela comunidade gamística brasileira que não é das mais educadas. Não generalizando, mas boa parte dos brasileiros que jogam o game em geral não se comportam bem, reclamam por besteira e as vezes trollam demais. Esse é o único porém que coloca dúvida se devo ou não mudar de servidor…

Isso também pode lhe interessar

10 Comentários

  1. Comprei a Zyra também, muito divertida de se usar realmente, logo de primeira matei 15. E a curva de aprendizado é difícil sim mas nem tanto assim, o Jayce tem uma maior.
    Quanto ao beta test… não sou muito animado a jogar por aqui de fato. Os piores jogos que tive foram em times de brasileiros aliás. Não só ofendiam os que não entendem português como saem do nada, isso foi o que presenciei no server NA.

  2. Parabéns pelos posts de LoL continue fazendo-os
    Sobre o server BR realmente fiquei preocupado como vc disse com a educação dos jogadores brazucas, joguei 2 partidas no beta e vi muito xingamento, muito mimimi, uma falta total de educação e detalhe importante: isso somente do meu time de 5 pessoas (nao ativei o chat geral para os 2 times)
     
    Quando jogo com os gringos não tem essa "falação" toda no chat nao. 
     
    Me espantei e me surpreendi negativamente, antes tinha plena convicção que mudaria para o BR depois dessas 2 partidas e vendo mais pessoas argumentarem a mesma coisa estou em dúvida =(

    1.  @FabioMartinez obrigado 🙂
       
      pois é cara, o jogador até sente vontade de mudar de servidor, de forma a prestigiar a boa vontade da riot games, mas essa comunidade faz a gente pensar duas vezes antes de fazer qualquer mudança.  :/

  3. gostei mto da Zyra, como ando meio sem tempo de jogar mesmo, só tou pegando as updates por 1 IP no PBE server, joguei com ela lá tem um mês, e adorei a jogabilidade, assim como ja sou fã do jayce.
     
    Quanto ao Lol BR, a Lux ficou Mto boa, sorte minha pois ela é minha Main AP, Gostei mto da Irelia (com a voz da Azula de avatar).
     
    Além das Skins, também existem outras diferenças, nos próprios eventos do jogo, as vezes a narradora fala uma coisa e aparece outra escrito no log do chat.
     
    Quanto a falta de educação, voltamos no mesmo problema da falta de educação na internet inteira!, IDADE, muita criança imatura na internet dá nisso. Gente que não sabe respeitar.
     
    Ainda Acho que jogos onlines no Brasil deveriam Adotar o Sistema Coreano Cadastro por CPF sujeito a Comprovação, Assim você comprova idade e outros fatores, e além disso, reduz Hackers e Scammers, pois sendo Ban uma vez, você vai precisar de outro CPF. E todos sabem que a maioria dos Hackers e Scammers, são crianças atras de jogo fácil.

    1.  @Jonatas P Mattos alguns jogos no Brasil requeriam cadastro com CPF entre outras coisas, um que me vem pela cabeça é o Gunbound, mas mesmo assim a quantidade de hackers no jogo impressionava!

      1.  @Meltoh porque nao era comprovado, você podia pegar um Gerador de cpf aleatorio no google, e pronto, ta feito novo cadastro. Ja na Koreia, vocë precisa comprovar conectando com o site de algum orgao do governo e usando uma senha pessoal, 300 vezes mais eficiente.

      2.  @Meltoh porque nao era comprovado, você podia pegar um Gerador de cpf aleatorio no google, e pronto, ta feito novo cadastro. Sem contar q no Gunbound nao tinha idade minima, o que mais tinha era 11, 12 anos jogando.
         
        Ja na koreia quem é de idade colegial precisa colocar o turno que estuda, e o jogo limita os horarios de acesso, muito mais bem controlado. la jogo é coisa séria. Do lado de cá do mundo  as empresas só pensam no Dinheiro, se o jogo ta vendendo Cash (RP no caso do LOL), ta bom. tem jogo que eles nem banem os hackers, nem com 500 pessoas reportando o mesmo cara. isso Hacker, Scammer então nem se fala.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.