LendoMiscelânea

O Checklist Disney voltou! (Dezembro/12)

Capas, capas e capas! E os fenomenais especiais e encadernados de fim de ano!

Checklist Disney está de volta ao blog! Foram meses complicados nesse semestre e apesar de estar atualizando tudo no Facebook do Calisota, tive que parar com eles temporariamente por aqui. Mas esse final de ano os lançamentos estão tão fenomenais que não tinha como passar mais um mês em branco por aqui. Tem tanta coisa: o especial de 600 páginas de 70 anos do Zé Carioca, Natal de Ouro com um dos maiores clássicos dos quadrinhos Disney (A Espada de Gelo), a origem do universo de As Novas Aventuras do Superpato que fãs esperam desde 1998, fora as revistas mensais, almanaques e edições de férias. Muita coisa boa. Para tal, e como faz tempo que não faço um checklist por aqui, vou replicar um “entenda o básico da linha Disney” que escrevi alguns meses atrás:

———

Eu acompanho Disney há mais de duas década. Sei de cor e salteado quais os títulos atuais, qual a periodicidade e qual o foco e propósito de cada um. Mas imagino que o leitor novato deve se sentir confuso e perdido no mar de lançamentos atuais. Por isso resolvi fazer um Checklist um pouco diferente esse mês.

Quem entender melhor como funcionam as publicações nacionais? Como as revistas se diferem, qual o público-alvo de cada uma, qual o preço, periodicidade e títulos atuais? Por onde começar? O que vale colecionar? E para ler regularmente ou casualmente? Tudo após o continue…

Mensais – 06 Revistas

O que preciso saber sobre estas revistas?

  • Todas as revistas mensais tem 50 páginas, exceto Tio Patinhas que tem 80 páginas.
  • Todas as revistas possuem material inédito, ou seja, HQs que nunca foram publicadas no Brasil. Exceto Zé Carioca que vivem atualmente com republicações do personagens e HQs clássicas de outros personagens. Em 2013 o Zé Carioca deve ganhar novas histórias (ver o Especial de 70 anos).
  • São apenas 6 títulos mensais, cada uma tem como foco histórias com o personagem que dá título a revista.
  • As revistas custam R$ 3,20 cada, exceto Tio Patinhas que custa R$ 4,95 por ter mais páginas.
  • As mensais são ótimos títulos para acompanhar o que vem sendo produzido atualmente nos quadrinhos Disney, ainda que algumas vezes elas se dedicam a material clássico jamais publicado por aqui.
  • As mensais sempre são lançadas na primeira semana de cada mês.



Quer saber quais são as HQs contidas nestas edições? Clique aqui!

Almanaques – 04 revistas (+02)

O que preciso saber sobre estas revistas?

  • Todos os almanaques possuem 80 páginas cada.
  • Todos são compostos apenas de republicações. Nenhuma HQ inédita então.
  • Cada almanaque custa R$ 4,95, independente do personagem.
  • Estas revistas costumam ser dedicadas a algum tema específico. As vezes é focado em um desenhista ou roteirista em especial, as vezes em uma série (ou ideia de plot) ou personagem coadjuvante, e nem sempre o tema é destacada na capa. Um leitor desatento as vezes nem nota isso. Óbviamente o almanaque também pode sair sem qualquer tema em específico.
  • Ao todo a Editora tem 10 títulos de personagens para seus almanaques. Donald, Mickey, Zé Carioca e Tio Patinhas são o carro-chefe e novas edições são publicadas bimestralmente (mês sim, mês não). Nos meses em que não saem esses almanaques, geralmente saem 2 edições de outros personagens secundários, sempre nessa ordem: Pluto & Prof. Pardal, Peninha & Super Herois Disney, Pateta & Margarida (são semestrais então).
  • Os almanaques são lançados sempre próximo ao dia 20 de cada mês, ou seja, é muito comum você ir na banca e encontrar 6 almanaques, pois como eles sempre saem quase no final do mês, acabam ficando ao longo do próximo mês também nas bancas.
  • São ótimas revistas para quem gosta de um personagem específico, para conhecer um pouco de certos aspectos históricos e certos temas. Mas não são títulos de leitura obrigatória, podem ser adquiridos de forma bem esporádica.
  • Andam sendo republicados muitos clássicos imperdíveis nessas revistas. Coisas que agradam novos leitores e também veteranos.



Quer saber quais são as HQs contidas nestas edições? Clique aqui!

Edições Férias/Extras – 04 revistas

O que preciso saber sobre estas revistas?

  • São revistas finíssimas, com apenas 36 páginas.
  • Periodicidade trimestral, onde revezam entre o subtítulo Férias e Extra (cada um com sua numeração própria).
  • Possuem em geral 3 a 4 histórias curtas, todas republicações do arquivo digital.
  • Custam somente R$ 1,95 cada.
  • Curiosamente não existem versões fininhas de personagens como Minnie e Zé Carioca.
  • São gibis para um público bem casual, para leitura rápida e leve. São revistas ótimas para aqueles leitores que sempre querem uma coisinha a mais para ler durante o mês. Geralmente a seleção delas é muito caprichada e bem elaborada. Quem não tem as histórias na coleção é um ótimo investimento.
  • As capas dessa linha são em geral as melhores de todas as outras revistas, sempre ousadas, inovadoras e diferentes. Faz o leitor ter vontade de comprar apenas pelas belas capas.
  • Geralmente essas revistinhas são lançadas uma semana antes das mensais, bem na virada de mês.


Quer saber quais são as HQs contidas nestas edições? Clique aqui!

Especiais

O que preciso saber sobre estas revistas?

  • Com as especiais é necessário que o leitor novato tenha mais cuidado, pois elas podem ter dois focos ditsintos: um tema que agrade mais a comunidade colecionadora ou almanacões com um absurdo números de páginas com repetecos que mais interessam aos novatos. Felizmente é fácil perceber para qual lado estes especiais puxam. BIG, Jumbo, Mega com suas 300, 500 e 800 páginas, respectivamente, não seguem um tema, então são almanaques gigantes de republicações.
  • Estes “almanacões”, na falta de um termo melhor, ao contrário dos almanaques de personagens não possuem qualquer tipo de foco. São publicações caóticas, voltadas para todos os tipos de personagens de qualquer época, país ou fase. Tudo numa única revista. São revistas que tem um apelo forte para os leitores casuais, que começaram agora suas coleções e possuem mais e mais vontade de conhecer o universo. Não são leituras obrigatórias para acompanhar as revistas atuais, mas servem de auxílio aos mais curiosos em saber mais.
  • Os especiais temático por outro lado atendem mais o colecionismo. É um tipo de revista que tem fama internacional. Lá fora se investe muito nestes especiais. Muitas vezes os quadrinhos Disney ficam melhores com temas que o leitor é fã. Esportes, mistério, ação, comédia. É como juntar um ator de cinema favorito com um gênero que também aprecie. Talvez não seja a melhor linha para o leitor novato e casual (ainda mais se o tema não for algo que se aprecie muito), mas nada impede que o mesmo consuma essas revistas que fogem da numeração editorial das demais.
  • O preços e quantidade de páginas destas revistas varia bastante. BIG custa R$ 12,95 (300 págs), Jumbo custa R$ 15,95 (500 págs) e Mega custa R$ 19,95 (800 páginas). Os especiais não possuem preço fixo, depende do tema, do tratamento gráfico, da quantidade de páginas e da seleção de histórias.
  • Os almanacões sempre trazem republicações, porém os especiais nem sempre seguem essa regra, podendo trazer matérias inéditos. Como saber qual especial tem material inédito e qual não tem? As vezes o sumário destas revistas alertam, mas o melhor é sempre consultar a internet, seja o Inducks, ou blogs e fóruns sobre o assunto (como o Portallos, Planeta Gibi e o Calisota).
  • Alguns especiais não possuem periodicidade no lançamento. Atualmente os especiais de temas costuma sair próximo do dia 28 no mês em que são anunciados. BIG sai sempre no dia 25 de forma bimestral. Jumbo e Mega são mais irregulares, mas vão continuar saindo.
  • Desde agosto de 2012 a Editora Abril vem lançando quase que dois especiais por mês, sendo que um deles estão criando o hábito de terem apenas conteúdo inédito. Já tivemos especiais como Horror, Velho Oeste, Agente Secret, no fim de dezembro Superpato e em janeiro Epic Mickey 2 e  Darkenblot.



Quer saber quais são as HQs contidas nestas edições? Clique aqui e aqui!

Mensais de Janeiro/2013

* as regras explicadas em toda linha de junho se aplicam aqui também…



FAQ – Perguntas Frequentes!

1 – As histórias das revistas Disney possuem cronologia? Preciso ler na ordem ou alguma coisa já lançada?

  • Uma das grandes vantagens dos quadrinhos da Disney é que realmente não existe qualquer cronologia entre as histórias. Não se faz necessário a leitura de qualquer material antigo para entender as histórias de hoje. Isso não significa que não exista uma linha de tempo ou certas características que conectem certos aspectos desse universo, mas o leitor não tem a obrigação de saber ou entender essa linha, com o tempo porém acompanhando você passar a pescar sozinho isso. Você pode começar a ler quadrinhos Disney a partir de qualquer revista, de qualquer época.

2 -Por que numa mesma revista o traço é diferente entres as HQ?

  • Ao contrário de revistas como, por exemplo, Turma da Mônica, a Disney tem diversidade de traços, cada país e cada artista retrata os personagens Disney com sua própria visão e traço. Muda o formato de quadros por página, mudam as cores (entre vibrantes ou mais realistas). Essa diversidade proporciona diversidade e visões únicas dentro de alguns núcleos de histórias. Por isso é fácil encontrar uma edição de um Mickey ou Pato Donald num mês com um artista que lhe agrade e no mês seguinte não curtir. Por isso não estranhe se comprar um gibi e não gostar das histórias, procure conhecer os melhores artistas.

3 – Quadrinhos Disney não são infantis demais?

  • Há muito debate e discussão sobre isso. Mickey e Donald não são personagens adolescentes, são adultos. Possuem trabalhos, obrigações e deveres. Sim, é verdade que as histórias possuem uma suavilização para que as crianças também se interessem pelos personagens, mas elas não são necessáriamente infantis. Elas possuem elementos que agradam um público diversificado, de qualquer idade. Pense nos desenhos antigos de Tom & Jerry ou Looney Tunes e em como eles divertiam uma faixa etária variada. Os quadrinhos Disney vem da década de 30/40 e sofreu várias evoluções nas décadas seguintes, mas os personagens vieram de uma época em que não eram criados pensando exclusivamente nas crianças (como o que ocorre hoje em dia com certos personagens animados). Nos quadrinhos Disney é possível encontrar temas do universo adulto, como trabalhos e profissões, mistérios policiais, conflitos com vizinhos e familiares, aventuras baseadas em mitos, lendas e locações reais. Os personagens também possuem personalidades complexas e as vezes até mesmo politicamente incorreta para os padrões de hoje (principalmente o Pato Donald, um personagem que não é retratado com tal complexidade no universo animado).

(Tem uma dúvida básica não respondida acima? Qual?)

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.