JogandoMiscelâneaReflexões & Opiniões

Xbox One: Conferência BGS e Invitation!

As informações oficiais e uma nova campanha de marketing global!

Apenas complementando o assunto do post publicado aqui no blog hoje cedo (esse aqui). A conferência da Microsoft Brasil na Brasil games Show aconteceu agora na hora do almoço e pequenos anúncios foram realizados. Sobre os games, que já abordei no outro post, é realmente aquilo que presumi: o preço padrão deles serão R$ 199, dublados totalmente em português e da parte da Microsoft apenas os três já mencionados (DR3, Forza 5 e Ryse). A Ea/Warner estariam trabalhando para trazer outros títulos para as novas plataformas, mas ainda não definiram quando e nem quanto vão custar, mas eles trabalham com a intenção de continuar no preço de R$ 199 também. No release oficial no site da Microsoft Brasil diz que mais 23 títulos estão chegando por aqui nos próximos meses para a nova plataforma. É aguardar pra ver.

Quanto ao console da Microsoft, foi confirmado aquilo que já havia vazado alguns dias atrás: o Xbox One já está sendo fabricado no Brasil e inclusive todos os consoles já vendidos em pré-venda serão modelos já feitos por aqui. Nenhum Xone Day One precisará ser importado. Uma notícia ruim para aqueles que não puderam pegar na pré-venda o console é que o preço oficial dele passa a custar R$ 100 a mais, culpa, segundo a Microsoft, da alta do dólar, ou seja, o novo preço do Xone no Brasil é de R$ 2.299. PORÉM, vale lembrar uma reflexão que fiz aqui no blog alguns meses atrás quanto as maneiras de burlar esse preço salgado e conseguir o modelo oficial nacional, em preços mais camaradas (leia aqui).

Também ficou oficializado que o controle do Xbox One custará aqui no Brasil R$ 259, e o kit play & charge ficou em R$ 149 e o combo, kit + controle sai com um pequeno descontinho ficando em R$ 389. Achei todas as opções caras por sinal. Mas novamente, nada que uma promoção pela internet não resolve. E no Day One, duvido muito que vá precisar de um controle extra.

Muita coisa ainda ficou no ar. Nada foi dito ainda sobre a compatibilidade do Xbox One com canais de TV a cabo, não foi mencionado como ficará o suporte a Live-BR quanto aos games digitais (no Day One disseram que não estará disponível), nem se os usuários que atualmente possuem Live US no Xbox 360 terão algum problema em manter-se US. Enfim, os detalhes dos pormenores só vamos ficar sabendo mesmo quando o console estiver chegando na casa de todo mundo no dia 22 de novembro.

ENQUANTO ISSO, lá nos Estados Unidos a Microsoft começou hoje uma nova campanha de marketing global para o Xbox One chamada “Jump Ahead” e o primeiro vídeo da campanha ficou intitulado “Invitation” (Convite) e você pode conferir no vídeo que abre esse post. O comercial é realmente muito maneiro e a gente já percebe que o adiamento de Titanfall para março de 2014 foi algo realmente inesperado, já que o mesmo abre o vídeo e é um jogo que estava no Day One da plataforma. Será que veremos esse comercial aqui no Brasil nos canais de TV?

E é isso! Depois do continue lendo, um outro vídeo mostrando o making off do vídeo Invitation. Para aqueles que estão se perguntando “puxa, mas vale a pena pegar o console já de cara?” Minha rápida opinião também após o jump!

Vale a pena comprar agora um console da nova geração? A resposta mais correta e óbvia é: NÃO! Não vale a pena. Os motivos são vários, como o preço ser inflado em virtude de algo novo, a falta de informações de como ficará pequenos detalhes nas funcionalidades novas, há também o fato de que a primeira leva de consoles geralmente pode dar problema de durabilidade (mesmo com garantia de 1 ano, isso ainda é algo chato pacas), a biblioteca de games é muito pequena, e os primeiros games ainda estão se adaptando a um novo ecossistema. Ou seja, há muitos pontos negativos em entrar logo de cara numa nova geração. Se você não quer ter dor de cabeça, gastar mais do que poderia, e não for alguém paciente, com certeza esse não é um bom momento.

Ah, mas se você sabe disso tudo, por que então já comprou um Xbox One?” Pois é, eu já estou desde julho dentro da pré-venda do console e não me arrependo, mesmo sabendo de tudo que posso vir a sofrer comprando um console no Day One. Mas eu estou ciente dos riscos, dos problema e das chatices que posso ter que aguentar. Também não tenho problemas com dinheiro. Posso não estar cagando notas de cem reais, mas tenho um emprego estável, um bom salário, minhas contas estão em dias e não tenho relativamente nenhum custo muito alto para bancar nos próximos meses. Poderia usar a grana em games para as plataformas dessa geração? Poderia, mas sinceramente eu já joguei (quase) tudo que queria para a geração Xbox 360, não tenho a menor vontade de ter um PS3 (odeio o dualshock), e até mesmo sobrou uma graninha para comprar um 3DS XL meses atrás. Então a verba do lazer com games está dentro dos parâmetros que considero aceitáveis. Então pode-se dizer que sou uma exceção fora da curva. Fora que a toda a questão de precisar manter o blog atualizado com o que é atual (se isso aqui fosse um blog que só tivesse membros da equipe com PS2 teríamos sérios problemas com produção de conteúdo). Enfim, o que quero dizer é que não sou um bom exemplo para justificar a aquisição de um Xbox One. Se você já for bem estabelecido financeiramente, e tem uma verba bacana sobrando e não quer saber mais dessa geração… aí vale a pena, contanto que esteja consciente do riscos que mencionei. Caso contrário, a atual geração ainda vai manter muita gente entretida por mais algum tempo, o meu Xbox 360 mesmo ainda não vai voltar pra caixa dele. Ele vai continuar no rack da sala, ao lado do Xone, até meados do próximo ano com certeza, talvez até mais. Ainda tenho coisas para espremer dele nos momentos em que não estarei jogando o novo console, afinal também não vou sair comprando todos os novos lançamentos (não pelo preço que estão custando). Vai rolar um jogo de cintura e muita paciência.

OK, então?

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios