Jogando

Gold & Plus: os games gratuitos de setembro/2014!

Como assim agosto já está no fim? Alguém segura esse relógio! Bem, ao menos isso quer dizer que setembro está aí na bordinha da virada e com isso teremos mais games gratuitos vindo aí para os assinantes da Xbox Live Gold e PlayStation Plus. E os títulos já foram divulgados, e há coisas legais na mesma proporção de coisas meia bocas também.

Xbox

Bem, novamente a Microsoft deu uma trollada na Games With Gold no Xbox One repetindo Crimson Dragon para o mês de setembro, assim como já havia feito com Max: The Curse of Brotherhood nos meses de junho e julho. Palhaçada na minha opinião. Desse jeito fico torcendo para a Sony aparecer em algum evento por aí caçoando dessa coisa ridícula de ficar oferecendo o mesmo título por dois meses seguidos num programa de fidelidade que é anunciado como mensal. Não faz sentido essa medida de repetir o mesmo game, antes então oferecesse ele novamente daqui uns seis meses talvez, dando a oportunidade a novos assinantes da Gold terem algo já distribuído gratuitamente.

Enfim, sendo assim, em setembro apenas um novo título para Xbox One será distribuído de graça e, ao menos, será um belo game: Super Time Force! Apesar de que vale a crítica de que está ficando cada vez mais óbvios que as empresas, tanto Sony como Microsoft, estão meio que abusando dos indies games para dá-los de graça, Não que isso seja ruim, mas é meio mesquinharia dar games de 15 dólares no serviço, ainda mais no caso da Microsoft que ainda por cima fica repetindo os títulos.

Mas em todo caso, estou empolgadíssimo com Super Time Force, já que não o tenha ainda na minha biblioteca do One:

Bem, quem não pegou Crimson Dragon mês passado, vou apenas colar o que escrevi no post de agosto:

“Quanto a Crimson Dragon, o que posso dizer pelas poucas horas que joguei é que não é um game ruim, longe disso, apenas não é um bom representante de uma nova geração de consoles, já que não parece ter nada de demais em seus elementos. A jogabilidade dele também lembra um pouco Star Fox, com a fase correndo em trilha e você sendo o piloto de um dragão, mas tem aquele jeitão complexo dos games de nave japonês, onde é quase impossível destruir tudo que lhe é jogado na tela e no geral falta um pouco de carisma de design. Há opções para melhorar os atributos tanto dos pilotos quanto dos dragões, mas não fui muito além disso, já que na época estava meio entretido com Dead Rising 3, mas vou aproveitar o mês de agosto para jogar mais um pouco dele, aproveitando o hype do pessoal que estará pegando agora o game.”

Rá, disse que jogaria um pouco mais do game em agosto, mas nem joguei. Tenho que admitir que felizmente tenho coisas mais divertidas para jogar no One do que o Crimson Dragon. Mas fica a vaia para a Microsoft por tê-lo ofertado novamente.

Super Time Force BoxCrimson DragonMonacoHalo Reach

Já no Xbox 360 os títulos serão Monaco: What’s Yours is Mine e Halo Reach. Um indie e um game AAA. Nada mal, especialmente para quem ainda não jogou Halo Reach. Certamente um dos melhores games distribuídos pelo programa até o momento, apesar de ser difícil imaginar alguém com um Xbox 360 e não ter jogado Reach ainda. E caraca, não conhecia esse tal de Monaco, mas pelo trailer abaixo, me parece interessante e diferente. Tive a impressão de ser algo legal e bem vindo ao programa Games With Gold.

Setembro não me parece um mês fraco como agosto me pareceu ao jogos gratuitos da Live Gold, mas a sacanagem continua com essa repetição de títulos no Xbox One. Isso tem que acabar! Espero que a única desculpa para estar acontecendo algo assim seja a escassez de títulos num console relativamente novo.

PlayStation

No planeta PlayStation, como de costume, são seis títulos gratuitos, dois para cada plataforma atual da Sony. Diria que setembro as coisas estão 50/50 na Plus. Metade dos títulos me parecem interessante e a outra metade me parece bem meia boca. Mas é só um achismo, então não leve a sério.

No PlayStation 4 os títulos são Velocity 2X e Sports Friends. O primeiro game me parece sensacional, inclusive foi até rolou um post aqui no blog sobre o jogo não faz muito tempo. Já o Sports, não me convenceu no sentido que não pagaria para jogar algo assim, mas sendo de graça, tudo bem. Enquanto isso no PlayStation 3 os títulos são PlayStation All Stars Battle Royale e Hoard. Este último não me parece nada interessante e alias me parece um título fraco para ser oferecido aos donos de PS3. Porém o PS All Star é um título bacana e divertido, que alias acho que foi até meio injustiçado e criticado por alguns, mas se eu tivesse um PS3 já o teria na minha coleção desde o seu lançamento. Até mesmo lamento que a Microsoft não tenha copiado a Sony (que copiou a Nintendo) e feito um game assim também para a plataforma Xbox.

Por fim, no PlayStation Vita os títulos são Joe Danger e TxK, o que considero ótimos títulos, sendo Joe Danger o melhor da dupla. Tenho a versão dele no Xbox 360 e o acho excelente. Certamente um dos grandes indies da geração passada e mais do que bem vindo ao PSVita, que sofre um pouco com essa coisa de ter games demais que você encontra digitalmente nos consoles de mesa a meu ver. Já o TxK, que é um remake de Tempest (um game de 1981) não faço ideia do que achar. Bom? Ruim? Não sei. Mas eu encararia sem problema.

É isso! 😉

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.