Jogando

Halo 5 Guardians | A massiva batalha multiplayer da Zona de Guerra!

Já falei aqui no site sobre alguns momentos da campanha de Halo 5 e também um pouco sobre o modo Arena do multiplayer. Porém faltou comentar por aqui sobre umas das melhores e maiores adições do game: o multiplayer do modo Warzone ou Zona de Guerra em sua tradução oficial em nossa versão BR!

Havia comentando que no dia 27, o primeiro dia do lançamento, tive problemas em me conectar ao modo Zona de Guerra, mas que haviam alguns fatores que suspeitei estar atrapalhando a minha experiência. Bem, felizmente isso parece ter sido sanado sozinho, sem que eu precisasse ter alguma dor de cabeça no dia seguinte. Então já no dia 28 tudo já estava funcionando pra mim e o modo estava funcionando e encontrando partidas rapidamente e sem qualquer problema.

Continuei testando e experimentando os próximos dias para ver se eventualmente ele viria a dar outros problemas, e boas notícias: tudo continua funcionando! Testei vários dias, vários horários diferentes e não tive mais problemas em encontrar partidas, seja no Zona de Ataque ou Ataque à Zona de Guerra, que são as duas categorias da lista deste modo!

Qual a diferença destas duas categorias? Bem, Ataque é uma versão menos caótica do que a Zona de Guerra normal. Esse modo consiste em apenas defender ou atacar zonas específicas dos mapas desse modo. São três áreas e se você está atacando, precisa dominar essas áreas, se estiver defendendo, precisa segurar a defesa por 6 minutos. Conseguiu? Seu time vence a partida. Claro que defender não é fácil, pois seu time começa dentro da base, porém conforme você e aliados vão morrendo, seu respawn é fora da base e você precisa correr para tomar ela novamente ou continuar prestando o suporte, antes que o adversário invada em massa e elimine todos vocês. Dominado, você precisa defender outra base. Segurou essa por 6 minutos? Ganhou a partida.

Zona de Guerra normal é muito mais complicado do que isso. O objetivo da partida é pontuar mil pontos. Você pode fazer isso dominando bases, eliminando jogadores adversários, matando inimigos NPCs (incluindo chefes) e também cumprindo objetivos que vão surgindo no enorme mapa. E aqui as partidas levam um pouco mais de tempo para acabar. Aproximadamente uns 10 minutos, podendo levar um pouco mais no geral.

Nesta modo a liberdade é maior. Não requer tanta colaboração em equipe. Há tantas coisas que você pode fazer que é normal os jogadores se espalharem para cumprirem os múltiplos objetivos dos mapas. O mais interessante aos iniciantes talvez seja correr atrás dos NPCs e dos chefes de fases, até porque eles dão uma boa quantidade de pontos e também armas mais fortes do que as que você começa usando nesse modo. É bem comum o time que mais abate inimigos e chefes nesse ponto ganhar a partida ou até mesmo promover reviravoltas nelas.

Halo 5 Guardians Zona de Guerra 003

Pra mim esse é o modo mais divertido que poderiam inventar em Halo. É realmente contagiante e divertido. Você se perde um pouco inicialmente, mas logo começa a entender todas as suas regras e não há muita frustração, pois encontrando adversários fortes ou apelões, você ainda consegue andar e ficar vivo por bastante tempo nas partidas e também consegue ajudar o time fazendo pontos. É um modo muito bem estruturado e pensado.

Sistema REQ – Requisições

Uma das coisas mais legais que o modo Zona de Guerra e Ataque possuem é a disposição do sistema de REQ, Requisições, que funcionam totalmente e exclusivamente aqui. Quer dizer, tem pequenas cartas de estímulo que podem ser usados no modo Arena, mas são apenas para dar mais pontos ou XP nas partidas, sem dar qualquer tipo de vantagem ao jogador no sentido de torná-lo mais forte. Já no caso do REQ em Zona de Guerra a coisa muda totalmente de figura!

O REQ permite ao jogador ficar mais forte ao longo das partidas de Zona de Guerra. Todo mundo começa com o mesmo set de armas, porém conforme você vai jogando e pontuando, seu nível REQ vai aumentando e conforme isso vai acontecendo, você vai liberando novas armas e novas possibilidades.

Existem cartas REQ permanentes e cartas especiais que são consumíveis, usou uma vez, elas não podem ser usadas uma segunda vez, a menos que você tenha várias delas. Como conseguir essas cartas? Todo o multiplayer de Halo 5, seja Arena ou Zona de Guerra, lhe dá PR, pontos de REQ, e com estes pontos você pode comprar pacotes de cartas, sendo que estes pacote são vendidos em três categorias, bronze, prata e ouro e como você pode imaginar, os preços são equivalentes as categorias. Fora isso você também vai ganhando cartas conforme vai subindo de nível no multiplayer, assim como também ganha algumas cumprindo certos desafios do multiplayer, como matar X número de inimigos, usar certas armas, granadas etc.

É curioso pensar que estas cartas REQ também pode ser compradas usando dinheiro de verdade, porém eu realmente não consigo imaginar porque alguém varia isso. O jogo lhe dá uma quantidade absurda de pontos para constantemente estar comprando cartas. Não é como se fosse algo para lhe enganar, dando tão poucos pontos que te obrigaria a usar dinheiro real. Não é isso que acontece!

O mais legal no sistema REQ é que ele abre as possibilidades para uma quantidade enorme de maluquices no multiplayer. Todos os veículos da universo de Halo estão basicamente liberados para serem usados. Você só precisa chegar a um nível certo do seu REQ para poder usar uma carta de veículo, e geralmente eles acabam surgindo na partida pelo meio dela. E o time que usa veículos não necessariamente vence a partida. Como os mapas possuem muitas áreas fechadas, ficar em áreas abertas com veículos exige certa habilidade, pois morrer é fácil, ainda mais se você pensar que os jogadores adversários também possuem cartas de REQ de armas que destroem facilmente veículos, como o lança foguetes ou o raio spartan. São armas também de cartas consumíveis, mas muitas vezes seu uso se justificam.

Halo 5 Guardians Zona de Guerra 002

É nesse loucura que as partidas de Zona de Guerra se equilibram. Basicamente você tem cartas para todo o arsenal de Halo. E por mais forte que uma arma seja, sempre já uma outra que contra balanceia um jogador poderoso demais.

No meu caso, como sempre tenho dó de usar cartas consumíveis, quase sempre acabo usando as armas permanentes, que são liberadas no nível 2, 3 e 6 do meu deck de REQs. Tenho um rifle de combate que é superior ao padrão do game, e com uma melhor mira, um rifle de longo alcance que abate jogadores a distância com uma ótima eficiência e uma submetralhadora que nunca me deixa na não. Ainda não cheguei a ficar em primeiro no ranking da partida, porém apenas com esses três sets básicos já consegui o segundo lugar. Nada mal!

Sem dúvida alguma a 343 Industries acerto em cheio nesse modo. Eu torço apenas para que eles liberam novos mapas para esse modo. Eu acho que joguei em dois ou três apenas (eles são meio parecidos), mas o estúdio já confirmou que mais mapas serão liberados gratuitamente ao longo dos próximos meses, então é algo que a gente pode esperar.

E com isso, eu encerro todos os aspectos de Halo 5 Guardian. Campanha e multiplayer. Espero nos próximos dias avançar consideravelmente a campanha principal e na próxima semana liberar um review geral sobre o game aqui no site! Mas já dá para ter uma ideia de que eu realmente curti e gostei desse Halo, não? Foi bem diferente com os problemas que Halo: The Master Chief Collection tiveram ano passado. A 343 Industries realmente aprendeu com os problemas do ano passado e dessa vez não tropeçou em nada.

Quem ainda não jogou Halo 5 Guardians, pode jogar sem medo, pois vai encontrar um excelente game! No review, quando o publicar, irei comentar aonde e em quê ele poderia ser melhor, mas independente do “e se…” o que ele já faz é excelente o suficiente para garantir seu mérito na biblioteca de games do Xbox One!


Textos anteriores sobre Halo 5 Guardians:

Sem spoilers!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.