JogandoRedes Sociais

Minipost | +Mass Effect Andromeda (2)

— Miniposts são pequenos aperitivos em forma de imagens ou vídeos com pequenos textos compartilhados pelas redes sociais do Portallos. O feed (origem e ordem cronológica) destas publicações é nosso Instagram.

https://www.facebook.com/Portallos/videos/1262035410548813/

Em órbita

Mais um trechinho de Mass Effect Andromeda. Vídeo ainda dos momentos iniciais do game e sem grandes spoilers, que é para não estragar a surpresa de ninguém.

Há uma massa de energia estranha rondando o planeta e uma equipe é enviada para investigar. Ao entrar na atmosfera a infeliz revelação: o planeta não se parece muito amigável… ou de fácil habitação.

Os planos de colonização parecem que se complicam com isso…

https://www.facebook.com/Portallos/videos/1262036940548660/

—  Em combate

Finalmente um pouco de gameplay de combate! Mass Effect Andromeda não é exatamente um game de ação desenfreada. É um jogo com bastante narrativa, exploração e pontuais combates.

Por conta destes elementos o game é classificado como pertencente ao gênero RPG (Action-RPG para ser mais preciso), entretanto os combates lembram bastante games de tiro em terceira pessoa.

Não que isso seja uma crítica, claro. Além do quê, o que pode ser visto aqui é a primeira hora do game. Existem uma enorme árvore de habilidade e classes de personagens que o jogador pode aprimorar em seu personagem, entre outras coisas que devem ser acessíveis mais a frente no game.

Aqui é só para dar um gostinho. E é claro que o planeta ia ter seres vivos hostis, senão não seria um videogame, certo?

https://www.facebook.com/Portallos/videos/1262038197215201/

Em cobertura

Vale mencionar que o sistema de cobertura de Mass Effect Andromeda é automático. Basta chegar perto de uma parede ou mureta. Sempre acho estranho quando os games fazem isso. Não sinto que há a mesma precisão de um Gears of War, mas não chega a atrapalhar totalmente.

Meu maior problema com a cobertura automática é sempre definir o lado na qual o personagem deve ficar escondido (eixo da arma). Normalmente eles não viram com naturalidade estando em cobertura.

Gosto que os inimigos tenham barra de energia exibida na tela e sejam inteligentes o suficiente para usar cobertura com uma certa eficiência. Requer que o jogador tenha certa paciência com eles.

Nesse momento do game (ainda na primeira hora, meio que como prólogo de tudo) estes seres são os únicos inimigos apresentados. Mas há um animal alienígena que surge nesse ato inicial do game que me deu um baita susto quando surgiu pela primeira vez.

Vai ter review de Mass Effect Andromeda no site? Adoraria dizer que sim, mas por enquanto nada certo. Continuo jogando pelo acesso via EA Access, que me garante 10 horas de gameplay e acesso ao primeiro planeta do game (sim, há mais). Se conseguirmos acesso ao game completo certamente faremos o review, só que por enquanto isso ainda não rolou.

Mas sem grilo, ainda tenho mais vídeos e momentos desse comecinho do game para mostrar por aqui. Vamos devagar enquanto isso…

https://www.facebook.com/Portallos/videos/1269570106462010/

Não perca a cabeça

Que tal mais um trechinho de Mass Effect Andromeda? Quero ver se neste final de semana consigo jogar mais um pouquinho dessas primeiras horas iniciais do game, aproveitando as horas restantes do trial pelo EA Access.

“Liam está meio esquentado, mas não vamos todos perder a cabeça.”

Tem havido bastantes críticas em torno do game, talvez em especial pelos veteranos da série. Será que novatos na franquia possuem o mesmo sentimento?

Da minha parte, digo que não me incomodo tanto assim com as animações. Ao menos por enquanto. Tudo bem, elas realmente não cumprem o que se espera de um título de tamanho calibre, mas não acho que elas consigam diminuir a minha imersão ou diversão.

Enfim, no dia 4 de abril (próxima terça) a BioWare pretende soltar um comunicado justamente por conta dessa controvérsia causado pelos primeiros reviews, jogadores do EA Access e feedback da comunidade. Saberemos então a respeito dos primeiros patchs de correções que o game deve receber…

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios