E3 Electronic Entertainment ExpoJogandoReflexões & Opiniões

Resumão da Conferência Ubisoft – BGE2! (E3 2017)

Em um ano sem Aisha Tyler como apresentadora da conferência da Ubisoft, o que se viu foi um show do que realmente a audiência quer de uma apresentação pré-E3: games bons, que estão na largada de seus lançamentos e games potencialmente ótimos, a um curto e longo prazo. A Ubisoft chegou metendo o pé!

Há dois momentos que certamente entrarão na história das conferências desse ano: o retorno de Shigeru Miyamoto em um palco, ao vivo, em uma E3, para criar hype no anúncio de um novo game do Mario em parceria com a Ubisoft e seus Rabbids, e Michel Ancel com lágrimas nos olhos após o fenomenal teaser de Beyond Good and Evil 2, que retorna de uma forma tão épica que ainda mal digeri o fato de que está realmente acontecendo o retorno de um IP tão querida por todos aqueles que jogaram o game de 2003. Quase 15 anos de espera… e parece que irá valer à pena!

Sem querer comparar com outras, a conferência da Ubisoft foi espetacular. A melhor que a empresa entregou nestes últimos anos. Todos os games apresentados possuem potencial de sucesso, mas comento mais a respeito de cada um individualmente logo abaixo de seus respectivos trailers. Eis os games anunciados:

Mario + Rabbids Kingdom Battle

É interessante como apresentação é tudo. A arte principal do game havia vazado há algumas semanas e data a impressão de que este seria um game de batalha multiplayer, como um Splatoon, e não é nada disso! Trata-se de uma excelente ideia a proposta de um game tático no mundo do Mario, algo que até então nem a Nintendo havia tentando. Parece realmente promissor, e com o humor dos Rabbids, vai conquistar ainda mais jogadores.

Meu único questionamento é que, pelo que foi mostrado, talvez o jogo devesse ter mais personagens, não? Mario, Luigi, Peach e Yoshi junto com suas contra partes Rabbids parece pouco. Na apresentação também mostrou apenas Rabbids como inimigos, o que achei meio chato. Gostaria que houvessem também inimigos do universo do Mario.

De qualquer forma, o trailer mostra diversos mundos e coberturas destrutíveis, além de diversos tipos de movimentos táticos combinados entre os personagens. Parece realmente uma proposta bem diferente e mais do que bem vinda dentro do universo do Mario, além de ser uma bela forma de revitalizar os Rabbids, que andavam meio caídos desde que se desvincularam do Rayman.

Assassin’s Creed Origins

Assassin’s Creed Origins não tomou muito tempo da conferência da Ubisoft, afinal já havia sido mostrado de forma exaustiva na conferência da Microsoft no domingo. Inicialmente tive a impressão de que o jogo não havia mudado o tanto quanto achei que poderia e vendo o trailer acima essa impressão continua.

Sabe uma sugestão melhor para entender esse novo Assassin’s Creed? Clique aqui nesse link. Trata-se da apresentação do gameplay do game pelos desenvolvedores. Aí sim deu para entender o quão legal está o game. Depois de assistir um pouco esse vídeo finalmente a proposta do novo game me conquistou. Gostei!

The Crew 2

Joguei o primeiro The Crew muito depois de seu lançamento, momento em que o jogo sofreu várias críticas por conta de bugs e problemas de performance. Quando fui jogar o game já era outra coisa, bem mais estável, bem mais divertido. E é um título injustiçado do começo dessa geração. Uma lástima.

Seguindo as boas vibrações de segundas chances que Watch Dogs 2 trouxe para Ubisoft, The Crew 2 parece prometer o mesmo tipo de situação: maior, melhor e mais divertido, retirando tudo que não deu certo no primeiro game. Nada de história dramática aqui, apenas um game de mundo aberto e liberdade de todos os meios ao jogador.

Terra, ar e céu. The Crew 2 não parece ter limites. Parece haver uma forte influência de jogos como Forza Horizon, um pouco festeiro, muita corrida e espírito esportivo. O evento de dobra de seus mundos é muito legal, ainda que me deixa na dúvida de como será aplicado no jogo em si. Parece que a Ubisoft acertou no tom e está trazendo no começo de 2018 um ótimo game de corrida!

South Park: The Fractured But Whole

Rapidamente? South Park finalmente vai sair agora em outubro. Sem mais adiamentos, assim espero. Nada de novo foi mostrado, mas certamente existem muitas expectativas pelo título. Que venha!

South Park Phone Destroyer

Mais interessante do que o novo trailer do game para consoles de South Park é ver a ótima ideia de colocar as mecânicas criadas pelo jogo em um título para celular! Afinal, é viável graficamente. Vai ter muita gente querendo jogar Cowboys versus Índios!

Transference

Na boa? Não entendi direito qual é a ideia de Transference. Mais uma aposta da Ubisoft no VR (Realidade Virtual). Dessa vez parece algo meio Inception, zoando com a percepção de realidade do jogador. Pode vir a ser interessante, mas de qualquer forma é um game está em uma tecnologia que ainda está longe de ser barata e popular no Brasil. É mais um título para se observar de longe.

Skull & Bones

Rival direto de Sea of Thieves da Microsoft/Rare. Se bem que não tem como dizer isso, pois na verdade toda essa história de games com piratas começou com Assassin’s Creed IV Black Flag. Porém é aquilo que comentei no resumão da Microsoft: a Rare está marcando bobeira enrolando o lançamento de seu título.

Sea of Thieves já deveria estar no Game Preview do Xbox One, sendo vendido e deixando os jogadores irem testando enquanto o game vai sendo finalidade. Skull & Bones da Ubisoft parece muito mais parrudo e interessante. Fora que graficamente é estonteante.

A briga pelo game de bucaneiro de 2018 vai ser feia. Se tivesse que apostar, diria que Skull & Bones vai ganhar fácil de Sea of Thieves…

Starlink Battle for Atlas

E a Ubisoft faz o dever de casa direito e está atirando para todo lado. Tem VR, tem sequência, tem parcerias, tem novas IPs e agora tem algo para rivalizar com Skylanders e os Amiibos. Olhando para o gameplay de Starlink: Battle for Atlas não me empolguei totalmente, entretanto é impossível não achar incrível as pequenas naves que serão vendidas fora do mudo do game. Colecionadores irão pirar, isso é certeza!

Expansão Steep

Steep é um ótimo game. Apenas não tenho muito o que dizer agora sobre sua próxima expansão. Não parece apenas mais do mesmo? Eu gostaria de ver algo mais maluco, mais diferentão. Não chegou a despertar muito a atenção para si durante a conferência. Fora que é uma expansão para dezembro. Parece que surgiu apenas para cumprir a cota de títulos. Okey, então.

Far Cry 5

Que bonito esse gameplay de Far Cry 5. Não vi grandes mudanças em termos de jogabilidade da franquia. Não é “mais do mesmo” de uma forma pejorativa e sim um “que bom que não mexeram demais”. É exatamente o que se espera da franquia. Visualmente bonito e o ponto da trama parece que será o elemento chave para deixar o jogador imerso na proposta do título. É um Far Cry mais pé no chão, mais agressivo, sem soar fantasioso demais em sua ambientação.

Beyond Good & Evil 2

Sim senhoras, senhores e animais humanoides! Beyond fucking Good and fucking Evil 2 renasce das cinzas em um belíssimo trailer. Michel Ancel quase chorou no palco, e certamente emocionou mais ainda os fãs desse título. Sei que eu fiquei emocionado. Volta e meia vivo dizendo aqui que o primeiro Beyond Good & Evil é um dos melhores games de todos os tempos pra mim, então é claro que fiquei animado com seu retorno.

A Ubisoft não deu datas, não prometeu nada. Nem sequer plataformas. O que pra mim foi um alívio, pois rumores diziam que BGE2 poderia vir a ser um exclusivo para Nintendo Switch. Não! O mundo inteiro precisa desse game! Tem que sair em todas as plataformas possíveis!

Muita gente veio depois comentar sobre essa coisa de ser o segundo anuncio de Beyond Good and Evil 2 – percebeu que saiu o “&” e agora é “and”? Esteticamente aprovado o novo logo – e nas duas vezes nada de gameplay foi apresentado. Será que este novo game não corre o risco de morrer antes de ser lançado como seu primeiro anúncio morreu? Bate na madeira e vamos torcer para que isso não ocorra.

É interessante ver o trailer de 10 minutos acima, com o Michel comentando detalhes e aspectos de como deve ser o game. A história é antes do primeiro BG&E, o que é meio que importante, assim ninguém precisa ter jogado o game de 2003. São outros personagens, é um outro contexto dentro do maravilhoso universo de Beyond.  São bem mais informações do que o aquela teaser de BGE2 com Jade e Pej’s, na qual nunca nada foi realmente explicado. Desta vez Michel tem respostas e contextos para tudo. Não tem como saber seu estágio de desenvolvimento, mas parece ter direções para não ser cancelado. E a Ubisoft precisa de um blockbuster Sci-fi. Talvez Beyond consiga desta vez! Na torcida aqui.

Ao fim, pelo balanço geral, acredito que a Ubisoft fez uma excelente E3. Entregou gameplay, entregou datas, criou hype, prestigiou, instigou, mostrou que tem armas para vários setores e gêneros no atual mercado. É uma Ubisoft bem diferente de alguns anos atrás, quando só tinha Assassin’s Creed e Justa Dance (que por sinal foi apresentado na conferência em uma performance ao vivo, mas não coloquei aqui no resumão).

São muitos títulos, para todos os games, para todas as plataforma. Se fosse para apontar omissões, a única coisa que consigo pensar e que gostaria de ter visto e não foi dessa vez? Um novo Rayman. Já passou da hora de uma Rayman Legends 2.

Dito isso, foi uma Ubisoft que deu gosto de ver!

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios