JogandoRapidinhas

Os anúncios e jogos da The Game Awards 2018 (Trailers)

Aconteceu na madrugada de quinta para sexta-feira passada, dia 6 e 7 de dezembro, o The Game Awards 2018. Evento que premeia os melhores games do ano em questão. São diversas categorias, dentro os melhores jogos independentes, os melhores influenciadores, do segmento de eSports, dos mais diversos tipos de gêneros de jogos, melhor narrativa e afins. E, é claro, o melhor game do ano, cujo o vencedor de 2018 foi God of War (PS4), o que me surpreendeu, devo admitir – achei que Red Dead Redemption 2 levaria o prêmio do melhor do ano.

Enfim, o post não é exatamente para falar sobre os vencedores. Caso você queira dar uma espiada na lista o TechTudo montou uma bem direta. Perfeita para se consultar. Acho que só vale apontar que achei muito legal que títulos independentes como Celeste e Dead Cells, títulos que também considero como as melhores experiências no segmento independente este ano, também foram premiados. Certamente merecem tal reconhecimento.

Pra mim um dos pontos mais interessantes do The Game Awards são os anúncios inéditos de jogos ou de conteúdos adicionais para os mesmos. E em 2018 em particular existe muito da comunidade mundial uma certa curiosidade do que irá vir a seguir no próximo ano em diante, especialmente por conta desse clima de geração de console que namora seu ciclo final de lançamentos. E o evento mostrou algumas coisas bem legais.

Sendo assim, em pró da praticidade para aqueles que ainda estão perdidos em todos os anúncios, aqueles que só firam um outro destaque, resolvi relacionar abaixo todos os trailers e revelações do The Game Awards. Não vou especificar e detalhar todos, porém me limitarei em comentar em cima de alguns que mais me chamaram a atenção.

Segue à lista:

Sayonara Wild Hearts – Anunciado para Nintendo Switch, eis um indie game bem… estranho. Eis aqui o site oficial.

Marvel Ultimate Alliance 3: The Black Order World – Alguns piram com a revelação de um novo Marvel Ultimate Alliance. O Mauri, colaborador aqui do site, ficou animadão. Eu não ligo muito para a franquia, mas acho que a força do anúncio está em revelá-lo como um título exclusivo para Nintendo Switch!

Rocket League McLaren DLC – Não sou aficionado por carros, mas gosto de Rocket League. Não achei nada demais a revelação do McLaren 5070S Car Pack. Mas ei… é um dos jogos competitivos mais populares da atualidade. Tem seu valor, com certeza.

Far Cry New Dawn – A Era do Pós-apocalíptico parece ser um dos conceitos que direcionam e justificam um novo Far Cry a ser lançado no começo de 2019, mais especificamente em 15 de fevereiro. O jogo é uma espécie de sequência direta de Far Cry 5. Parece um conceito interessante e vai usar parte do layout e abordagem do game lançado esse ano. Parece interessante, mas admito que Far Cry Primal foi o título desta geração que mais em empolgou e que soou ousado e diferente. Mas que venha New Dawn. O fim do mundo é sempre um ponto legal de se explorar em um videogame.

Hades – Não sei muito a respeito de Hades, ainda pesquisarei para falar a seu respeito com mais propriedade aqui no site. O que sei é que ele é do mesmo estúdio do excelente Bastion, a Supergiant Games e que o mesmo já está disponível em acesso antecipado na nova loja de jogos digitais da Epic Games. Bonito e interessante. Espero que eventualmente chega aos atuais consoles. Para mais, vale a visita ao site do estúdio.

Ancestors: The Humankind Odyssey – Eis um título que em um primeiro momento não parece muito interessante, mas que quando se presta mais atenção se nota que há um potencial gigante nele. A ideia é contar a origem da humanidade, controlando diversos de novos ancestrais em um mundo selvagem e hostil. O título é um projeto de Patrice Désilets, que é conhecido no meio por ser um dos cocriadores de Assassin’s Creed. Ancestors está sendo produzido em seu próprio estúdio independente e virá a ser lançado em 2019.

Scavengers – Já este aqui é um destes que precisam me provar que será algo diferente do que já existe no atual mercado. A proposta de Scavengers é ser um jogo de cooperação entre jogadores. Sobrevivência e compartitividade farão parte do conjunto da obra. Não sei. Há tantos assim hoje em dia, que apostam muito na experiência multiplayer entre amigos e não exploram o potencial de um game solo. É para se ficar de olho, eis aqui o site oficial.

Dead by Daylight: Darkness Among Us – Falando em como não ligo muito para jogar inteiramente dedicados a multiplayer, eis que o anúncio seguindo da TGA foi exatamente nesse segmento. Uma nova expansão DLC para Dead by Light. Se você curte, deve ter ficado animado.

Anthem – Uma das grandes promessas para 2019, Anthem recebeu um novo trailer. Rolou dias atrás um teste fechado para um seleto grupo de jogadores. Teve um pessoa no nosso Grupo no Facebook que testou e adorou o que viu. Infelizmente não fui um dos selecionados para participar desse teste. Mas sigo animado e espero que Anthem seja realmente tudo aqui que promete em termos de jogos de mundo aberto com exploração, combate, recompensas e experiências tanto em single player quanto multiplayer. E ele é, claramente, uma resposta da EA para Destiny da Activision. Competição neste mercado é sempre bom. Quem ganha são os jogadores.

Crash Team Racing Nitro-Fueled – A novidade havia vazado mais cedo no mesmo dia, mas foi confirmado durante o evento que o game de corrida de Crash Bandicoot realmente estava sendo refeito, na mesma qualidade visual que Crash Bandicoot N. Sane Trilogy recentemente. Uma ótima notícia aos fãs do personagem, sem dúvida alguma. No evento deu a entender que o jogo chegaria primeiro ao PlayStation 4 em junho de 2019, mas momentos depois a Activision confirmou que trata-se de um título multiplataforma e que chega todas as plataformas no mesmo dia. Xbox One, PlayStation 4 e Nintendo Switch em 21 de junho de 2019. E que tudo isso seja apenas um prenúncio de que novos games inéditos do Crash possam estar nos planos da Activision, atual detentora dos direitos do personagem.

The Outer Worlds – Interessante apontar que este é uma produção do estúdio Obsidian, também responsável por jogos como Pillars of Eternity, South Park: The Stick of Truth e Fallout: New Vegas. Tem uma forte influência de Fallout, mas claramente não irá se chamar Fallout. É provavelmente o último do estúdio que chegará ao mercado no esquema de multiplataforma, sendo lançado no Xbox One, PlayStation 4 e PC. Isso porque a Obsidian foi recentemente adquirida pela Microsoft, mas o título já estava em desenvolvimento com outros parceiros comerciais na ocasião e a compra pela Microsoft não mudou isso. Quase então The Outer Worlds se torna um exclusivo para o Xbox One. Quase. Bom para os donos de outras plataformas, é claro. Um RPG nessa pegada é sempre bem vindo no atual mercado. Para saber mais, o site oficial está no ar.

The Last Campfire – Um dos indie games que mais chegou a minha atenção, The Last Campfire é um projeto da Hello Games, estúdio que ficou bem famoso após as idas e vindas de No Man’s Sky. Não há muito o que dizer por aqui, apenas de que achei simpático e charmoso o visual do game. No momento está anunciado apenas para PC, mas torço por uma versão para consoles. Vale um pulo em seu site oficial.

(PUBG) PlayerUnknown’s Battlegrounds Novo Mapa – Bem, é PUBG, é um novo mapa. Precisa dizer algo mais? Ah, o título chegou recentemente ao PlayStation 4, o que certamente é um marco importante ao jogo, depois de ficar meses apenas no Xbox One e PC.

Devil May Cry 5 – Outro que dispensa apresentações, eis mais um trailer super irado de Devil May Cry 5. O apontamento mais importante aqui é que durante o The Game Awards foi lançado uma demonstração exclusiva do jogo no Xbox One. A qual infelizmente a vida adulta não me permitiu testar. Mas baixado já está! O link na loja da Microsoft Store é este aqui.

Dragon Age The Dread Wolf Rises – Não mostrou muito. Foi meio que um teaser, não? Mas enfim, um novo Dragon Age está à caminho. BioWare anda mesmo ocupada. É capaz de ouvirmos mais sobre esse projeto após o lançamento de Anthem.

The Pathless – Outro indie game do evento que despertou a minha curiosidade. O achei bonito e agradável. A produção é do mesmo estúdio de ABZÛ, a Giant Squid Studios. O ponto aqui é que, segundo o site oficial, por enquanto o título é somente para PlayStation 4 e PC, pela Epic Games Store.

Stranger Things Season 3 Game – O anúncio mais estranho do evento, Stranger Things vai ganhar um jogo com estilo retrô para celebrar a terceira temporada da série, que irá estrear em 2019. Não sei. Se o jogo sair depois da terceira temporada, ou não me der spoilers da mesma… me deixou intrigado, mas apreensivo se vou querer jogar antes ou depois de ver a terceira temporada.

Mortal Kombat 11 – Não era algo totalmente inesperado, mas também foi empolgante ver que o próximo Mortal Kombat já está previsto para 2019. Um evento de revelação será realizado em janeiro para dar mais detalhes. Por enquanto o que se tem é um ótimo trailer CGI com violência sangrenta para todas as direções da tela.

Psychonauts 2 – Outro que tá bonitão é a sequência de Psychonauts. Anunciado em 2015, tem sido uma longa jornada para o título desde então, que está sobre o comando da Double Fine Productions. Não me lembro se já havia sido revelado o gameplay, mas o achei bem legal. O primeiro é bem antigo e já se esvaiu da minha memória. Espero que isso não seja um problema quando o segundo vier a ser lançado no próximo ano.

Fortnite Season 7 – Mais uma temporada de Fortnite, que recentemente anunciou um modo criativo, em que a comunidade do jogo, que é enorme, vão poder construir livremente em torno das mecânicas do jogo. Não é a minha praia, mas tem muita gente, e especialmente crianças, que vão se beneficiar dessa modalidade, que também chega de forma gratuita a comunidade.

Super Smash Bros. Ultimate DLC (Persona 5) – Revelado, mas não mostrado, Joker, protagonista de Persona 5 será um dos novos lutadores de Super Smash Bros. Ultimate. Novos detalhes devem ser mostrado eventualmente. Mas o que mais se especula é se que isso não é uma dica de que Persona 5 pode vir a ser lançado no Nintendo Switch. Certamente seria bem apreciado pela comunidade.

E estes foram os anúncios e revelações do The Game Awards 2018. Gostou de algo em particular? Se decepcionou com outra? Eu admito que fiquei esperando o anúncio de um novo Splinter Cell tal qual rumores apontavam ou quem sabe um novo trailer de Gears of War 5. Mas não rolou. De toda forma, a esfera dos jogos independentes continua me chamando a atenção e há bastante coisa nessa direção para o próximo ano!

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!

Artigos relacionados

Fechar