JogandoRapidinhas

Ação sinergética de Astral Chain chega ao Switch este mês

Exclusivo da plataforma e desenvolvido pela PlatinumGames

Astral Chain é um dos principais destaques do Nintendo Switch este mês. O título é o mais novo projeto da PlatinumGames, que tem alguns nomes importantes na equipe de desenvolvimento deste projeto. A direção está por conta de Takahisa Taura, que foi um dos designers de NieR: Automata, além da supervisão de Hideki Kamiya, criador de Bayonetta. O título ainda conta com arte de personagens criada pelo mangaká Masakazu Katsura, autor de ZETMAN e Video Girl Ai. O lançamento está marcado próximo a virada do mês, em 30 de agosto.

A palavra chave para a jogabilidade de Astral Chain está na ação sinergética proposta pelo título, onde o jogador irá controlar um personagem que estará controlando uma criatura presa por meio de uma corrente. Esse termo, sinergético, tem a ver com sinergia, ato em quê duas coisas trabalham de forma coordenada, simultâneas e em cooperação para objetivar um resultado. É nessa ideia que move todo o mote das mecânicas propostas por Astral Chain.

Na trama, que parece se passar em um futuro distópico, o mundo é invadido por enormes e agressivas criaturas vindas de outra dimensão. Para lidar com essa ameaça, uma força policial especial é montada, e uma arma viva é criada para auxiliar os policiais a lutarem contra poderosos monstros. Essa arma é nomeada de Legion.

No jogo é dada a liberdade do jogador escolher jogar com um protagonista do sexo masculino ou feminino, enquanto que haverá diversos tipos de Legions para serem utilizadas. A troca entre os diferentes Legions é feito em tempo real das batalhas. Nos vídeos e imagens já liberadas, é possível ver Legions que parecem humanoides, assim como também outros que podem assumir formas mais animalescas.

Pelo que se pode ver das batalhas, por meio dos vídeos, policial e arma viva trabalham em conjunto nas batalhas, com o jogador sabendo lidar com ambos os personagens, onde ambos estão presos por meio de uma corrente em seus braços. Os ataques são coordenados, então não é o caso de usar apenas um personagem e depois trocar para outro. Nada disso, parece que você irá controlar movimentos que mexem com ambos de forma simultânea – daí a ação sinergética. E o fato da corrente lidar estes personagens também é uma das mecânicas do jogo. Há trailer que demonstram facilmente como tal parceria funciona, onde a dupla corre em direções diferentes ao redor de um monstro para amarrá-lo nas correntes e prendê-lo.

Pode-se dizer que Astral Chain será um jogo de ação, no melhor estilo hack & slash, gênero este que a PlatinumGames domina muito bem. O jogador terá que combinar a dupla de personagens para criar estilos e combos diferentes de batalha. Há diferentes tipos de Legions, e cada uma terá características próprias, mudando o formato das batalhas e dos combos.

Haverá também momentos em que o jogador poderá interagir com NPCs, investigando casos que impulsionarão mistérios da trama, envolvendo a invasão e o plano astral na qual estes monstros estão vindo, em quê pequenos puzzles terão que se resolvidos com a ajuda de seu Legion equipado. Quer saber mais? Um trailer de 9 minutos talvez seja o suficiente:

Astran Chain soa promissor. Tudo que foi mostrado até o momento gera o hype certo para o título. Diferentes estilos de combate, em um sistema realmente diferente e inesperado, com diversos tipos de criaturas e um ambiente futurista que torna impossível não querer ver e saber mais sobre a respeito. Estou empolgado. Um pouco mais de detalhes e imagens do título podem ser encontrados em seu site oficial.

Galeria

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.