AssistindoJogando

Would you kindly leave Bioshock alone?

Há uns dias atrás, a Take-Two rejeitou uma oferta de compra feita pela EA no valor de US$ 2 bilhões.

Hoje, em uma notícia da Finalboss foi explicada a razão dessa decisão.

“Strauss Zelnick, diretor-presidente da Take-Two, fez uma apresentação na Smid Cap Conference explicando as razões pelas quais o quadro de diretores e acionistas da empresa recusaram a proposta de compra por parte da Electronic Arts.

Neste evento, o executivo apresentou um slide citando as possibilidades de expansão das franquias da 2K Games, como a arena MMO (massivo multiplayer online) e o cinema — e em ambas as situações, o aclamado BioShock foi mencionado como uma franquia de potencial para estas novas empreitadas.

A conferência também serviu para reafirmar a rejeição da oferta de compra da empresa pela Electronic Arts. Segundo Zelnick, US$ 26 por cotação ”é bem menos do que a Take-Two vale”, e ainda chama a oferta de ”inadequada” e ”oportunista” — afinal de contas, o aguardado Grand Theft Auto IV chega às lojas no final de abril.”

Link da notícia: http://finalboss.uol.com.br/fb3/ctu.asp?cid=47287

Ainda acho que esse capitalismo ainda vai matar muito dos jogos que surgiram e irão surgir. Bioshock é um jogo espetacular, o meu favorito dessa safra nova de jogos. Não precisa de uma continuação, não precisa de uma prequel e muito menos de um MMO. Quiçá de um filme.

Isso também pode lhe interessar

Theo Medeiros

Cinéfilo, gamer, adorador de música e entusiasta tecnológico. Acha que Nescau é melhor que Toddy e que bacon é a oitava maravilha do mundo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.