CQC – Custe o Que Custar

CQC - Custe O Que Custar

Desde o dia 17 de Março de 2008 as noites de segunda-feira na TV brasileira não são mais as mesmas, graças ao programa CQC – Custe o Que Custar, na emissora BAND.

Numa mistura de jornalismo e humor inteligente – e muitas vezes ácido – os agora oito integrantes da equipe do CQC apresentam as principais notícias que aconteceram durante a última semana no mundo político, esportivo e dos famosos, sempre de maneira diferenciada e com muitas piadas satíricas, mostrando não ter medo de ninguém. Nem de clicar no more para saber mais…

O formato do programa é originário da Argentina, onde estreou em 1995 e vai ao ar até os dias de hoje, com o nome de “Caia Quem Cair”. Outros países também têm suas versões, como a Espanha, México, Itália, Chile e Uruguai – além de Israel, onde o programa foi ao ar apenas no ano de 2001. Portugal terá sua versão a partir de Outubro deste ano, e nos Estados Unidos um programa-piloto já foi gravado.

No Brasil, o programa é comandado no estúdio pelo chefão Marcelo Tas, em conjunto com os apresentadores Rafinha Bastos e Marco Luque. As matérias ficam por conta dos repórteres Danilo Gentili, Felipe Andreoli, Rafael Cortez, Oscar Filho e o novato oitavo integrante Warley Santana – cada um com seu estilo único.

O Trio de Apresentadores
São vários os quadros de sucesso, como o já extinto Repórter Inexperiente – onde o repórter Danilo Gentili se fazia de inexperiente e deixava muitas celebridades e pessoas públicas em maus bocados por situações e perguntas atrapalhadas e até mesmo inusitadas;

Outro quadro de destaque é o Proteste Já! – que agora evoluiu para o “Promessas Não Cumpridas”, onde o repórter-apresentador Rafinha Bastos atende à denúncias enviadas pelos telespectadores de obras não concluídas e promessas não cumpridas – dentre outros problemas, geralmente envolvendo políticos – sempre sem medo de resolver a situação, e mostrando os resultados alcançados.

Os Caras Invadiram o Congresso

Mas o ponto alto do programa mesmo é o Top Five, onde as cinco melhores “pérolas” da televisão brasileira vão ao ar, sujeitas às piadas e comentários dos apresentadores. Programas como a TV Culinária (com a Palmirinha Onofre), Bom Dia e Cia. (com Maysa), Caldeirão do Huck (com Luciano Huck) costumam aparecer com freqüência, rendendo boas gargalhas em frente a TV – e assunto para piadas o resto da semana, como o “Significa”, de Ronnie Von.

Sem dúvida uma ótima pedida para começar a semana, e uma boa opção para procura de vídeos no YouTube. O programa é exibido ao vivo na emissora BAND todas as segundas-feira às 22:15, e é reprisado aos sábados a partir das 23:45. Para conferir mais detalhes sobre o programa, clique aqui.

Os Homens de Preto do CQC
E lembrem-se: “Eles estão a solta… mas nós estamos correndo atrás!”…

Isso também pode lhe interessar

20 Comentários

  1. Serei sincero, eu não assisto TV aberta. Repudio 95% do todos os programas brasileiros. Então só darei minha base com o que o Hunterpiro disse sobre o programa. Hunter pelo que entendi é uma alternativa aos tempos remotos quando o Casseta e Planeta faziam um bom programa. Certo? se não for por favor me diga o que isso difere do Casseta e Planeta. Já houve tempos em que eu achava o C&P o máximo em alguns de seus blocos, sempre com criticas ácidas e bom humor. Claro que depois de tantos anos, a coisa desandou e o humor mudou e ficou um programa mucho. Se esse tal de CQC for mais que isso peço que o Hunter detalhe aqui. XD

    A minha dica é sim, existe um programa de notícias humorado e que faz críticas fortissimas aos assuntos rotineiros do país. Esse programa é dos EUA é claro e se chama The Daily New. Acho sensacional a ousadia do mesmo. Recomendo que quem nunca viu que procure ver, passa na Sky todo sábado a noite. Pena que os assuntos são americanos é óbvio, o que torna um pouco mais chatinho para a gente do Brasil as vezes, mas em se tratando de jornalismo com humor e de forma ácida, vale a pena ver. Olha só um trechinho no You Tube e como é retratado um candidato a presidencia dos EUA:

    http://br.youtube.com/watch?v=lJEGmBlOTZY

    Pra mim, isso é jornalismo critico e humoristico. Houve uma época em que o Casseta e Planeta fazia isso.

  2. @ T_thiago: vídeo excluído xD – e o Youtube morrendo… mas o quê você falou é mais ou menos o que o CQC faz – mas com assuntos do Brasil, muitas vezes mundiais, com tiradas incríveis – e que se continuar ness ritmo não vai cair na mesmice tão cedo.

    Entendo que você repudia quase que todos os programas da TV aberta brasileira, e infelizmente não sou do tempo que o Casseta e Planeta eram um bom programa. Aliás, poucos programas de humor se salvam hoje em dia – e o CQC é o PRINCIPAL deles.

    Um programa que não depende de piadas ensaiadas, escatológicas ou batidas de mais para fazer sucesso. Um programa que ganha com piadas improvisadas, justamente pelo brilhante talento dos que as fazem.

    Humor que cutuca ‘os grandes’ da mídia, exatamente em seus pontos fracos, sem humilhar – e divertindo sem apelar.

    Você deveria assistir antes de descer a lenha desse jeito para entender melhor o que estou falando. Talvez alguns vídeos do Youtube te ajudem…

  3. @ T_thiago: Eu também tenho Sky e acho que tem muita coisa lá que vai demorar muito pra ter em TV aberta… Mas eu acho que programas como CQC estão começando a mudar esse quadro… Na minha opinião tem um nível de acidez e sarcasmo nas matérias que não se encontra no C&P… E tb acho que são estilos de humor consideravelmente diferentes… o C&P (hoje) é uma coisa mais escrachada e ensaiada, enquanto no CQC os caras fazem reportagens reais no Congresso (até serem expulsos de lá XD) com algumas edições de imagem muito cretinas… e muito do humor deles tem uma improvisação que vem Stand Up, graças ao Rafinha Bastos e o Marco Luque…

    Vale a pena ver cara…

  4. Schumann para vc ter uma idéia, não tenho nem TV aberta em casa. Não tenho antena. O que tenha de Tv aberta é o que a Sky oferece, e nem isso eu assisto, repudio mesmo programas brasileiros. Não é que eu meti o pau numa coisa sem saber, é que do jeito que o Hunter comentou, mas pareceu algo como casseta e planeta misturado com Panico na TV. Panico na TV é um dos programas mais escrotos e estúpidos que já vi em todos estes anos de TV Brasileira e que mesmo assim fez o maior sucesso. Por isso citei o tal Daily Show, pena que vcs não viram o vídeo. Ele saiu do ar, mas achei outro: http://br.youtube.com/watch?v=js34aCv7R2A

    Espero que este não saia do ar. Pra mim programa bem feito é mais ou menos nesse molde, acho que a padronização de determinados programas brasileiros (e aqui não estou dizendo o CQC porque não o vi) onde se apela para ignorancia do povo ou tosquisse editorial são programas vazios, onde mais prevalece a brincadeira do que a critica, onde mais vale a humilhação do que a reflexão.

    Existem 2 programas brasileiros que merecem meus elogios e ambos não existem mais. Os Normais criado por fernando young e seu marido que estes sim tratavam de temas bacanas com humor arrojado e moderno. Sem censura ou apelações como Panico na Tv faz para ter sucesso. O outro programa ainda mais antigo ainda é o Sai de Baixo, que era gravado num teatro com plateia ao vivo e foi um formato bem criativo e com um time de comédia sensacional. bem verdade que a formula se desgastou com o tempo e a troca de elenco afetou o programa, mas foi algo sensacional na epoca que tb não foi preciso apelar para ignorancia ou humilhação publica para ser algo prazeiroso e com humor inteligente de se assistir.

    Infelizmente não tenho base suficiente para comparar o CQC com qualquer outra coisa. Falo apenas pela impressão que o artigo que o Hunter fez…. programa de noticias que faz critica? opa tem o americano Daily Show que é fora de serie mesmo…tem coisa lá que eu não sei como deixam ir ao ar…. humor desse jeito no brasil só houve com casseta e planeta pra mim… em seus tempos iniciais, depois perdeu seu ácido…. e pra fazer sucesso hoje? só se for moldado com bases de Panico na TV, que é o programa mais escroto e imbecil que eu já vi a TV brasileira produzir e que atraiu massivamente os jovens sabe-se lá porque….

  5. Tb não tenho TV aberta… mas tem Band na Sky, então dá pra pegar o final de CQC quando chego da facul…

    Pânico na TV eu nunca assisti muito… Já na Jovem Pan eu não tinha muita paciência pra ouvir, e as poucas vezes que eu assisti na TV não me deram muitos motivos pra acreditar que era diferente… Um nível bem baixo de humor…

    Eu não gostava de Sai de Baixo… na minha opinião era o tipo de humor apelativo que vc citou, direcionado justamente ao gosto do brasileiro pelo lado ridículo da classe média. Eu simplesmente odiava aquelas paródias de música (que em grande maioria já eram ruins), e personagens como Magda, Caco (acho que esse era o nome do marido da Magda…), Ribamar (apesar de gostar muito do Tom Cavalcante) e Edileuza na minha opinião eram exatamente o retrato da futilidade e ignorância que, se fossem retratados, deveriam ser feitos de forma mais ácida do que cômica, como apareciam no show… Mas não vou entrar nesse mérito agora…

    Tô evitando entrar no YouTube no trampo… Assim que eu puder eu dou uma olhada no video… achei o programa interessante pelo que vc falou…

    Eu conheço bastante gente que, como vc, tem uma repúdia pelos programas brasileiros, e eu acho que esse é um quadro que precisa ser mudado gradativamente, assim como a própria qualidade dos programas é claro… e entrando na idéia do CQC, eu acho que é um programa que merece atenção, pois é o tipo de atitude áspera a respeito da situação que os brasileiros deveriam passar a ter… é um programa que merece audiência e atenção, ao invés de Datena, Huck, Raul Gil, Silvio Santos e inúmeros outros vômitos de ignorância e imbecilidade da TV…

  6. Schumann eu já tenho uma opinião diferente em torno dessa abordagem “classe média do sai de baixo”. Não discordo de vc quando diz que os esteriótipos usados no extinto programa são sim duvidosos e por demais das vezes preconceituosos, entretanto acho o tipo de humor que usa tal ferramenta precisa ser bem trabalhado e sai de baixo usava uma abordagem que funcionava: a do exagero extremo, ou seja, você foge do que é real e de ser taxado de preconceituoso dessa forma. Impede que aquilo que vc está vendo seja um retrato real da sociedade abordada em tal classe. porque é um exagero, é algo realmente inflado para fazer comédia.

    Isso não acontece por exemplo no péssimo a grande familia. Nunca gostei da abordagem desse programa que tambem retrata a familia brasileira. Aqui não tem o exagera, é tudo rotineiro, normal exatamente para aparecer como um retrato. E aí sim esse retrato é de extremo mal gosto. Não acho nem um pingo de graça naquele personagem Agostinho, que nada mais é do que o retrato do malandro brasileiro. do safado e sem vergonha. porém de forma realistica para fazer humor. acho nojento esse tipo de abordagem. Por isso prefiro o Caco, que fazia o boa pinta de forma exagerada, caricata e sem a pretensão de parecer real. Soma-se isso ao fato do sai de baixo ser gravado com auditório, platéia, porque? porque é para as pessoas notarem que é algo feito para rir sem o compromisso de parecer real.

    Acho estes distinções entre a familia de sai de baixo e a familia de a grande familia essencias para avaliar o porque sai de baixo se sai melhor em termos de criatividade e originalidade. Não é um programa que tenta ser mais do que possa ser…. tem uma enorme diferença e é por causa desse brilhantismo e formato que acho sai de baixo um dos melhores programas já produzidos.

    Perdendo apenas para Os Normais.

  7. Bom, eu já discordo o pouco do T_thiago sobre oque ele falou do Pânico na TV, pois asho que esse programa teve e tem idéias muito criativas.
    Até porque o quadro do Pânico na TV “Meu mico mico meu” se parece com o “Top Five” do CQC, porque se trata de “pérolas” da TV mundial 😀

    Mas o programa CQC também é muiito bom e digamos que…seja um programa ético. Pois dizer inteligente é meio que ignorante, não asham? Porque até eles, às vezes, apelam para reportagens que se tratam do gênero…”mulheres nuas” (ex: Playboy) e o próprio repórter Oscar Filho ficou um tanto irritado por estar fazendo esse tiop de reportagens, ashou que os outros repórteres estavam fazendo coisas mais úteis. ;B

    Mas fora à apelações citadas, esse dois programas estão de parabéns apesar de que o CQC está conseguindo alcançar ou até mesmo ultrapassar o nível superado do Pânico na TV! :T

  8. Bom, eu já discordo o pouco do T_thiago sobre oque ele falou do Pânico na TV, pois asho que esse programa teve e tem idéias muito criativas.
    Até porque o quadro do Pânico na TV “Meu mico mico meu” se parece com o “Top Five” do CQC, porque se trata de “pérolas” da TV mundial 😀

    Mas o programa CQC também é muiito bom e digamos que…seja um programa ético. Pois dizer inteligente é meio que ignorante, não asham? Porque até eles, às vezes, apelam para reportagens que se tratam do gênero…”mulheres nuas” (ex: Playboy) e o próprio repórter Oscar Filho ficou um tanto irritado por estar fazendo esse tiop de reportagens, ashou que os outros repórteres estavam fazendo coisas mais úteis. ;B

    Mas fora à apelações citadas, esse dois programas estão de parabéns apesar de que o CQC está conseguindo alcançar ou até mesmo ultrapassar o nível superado do Pânico na TV! :T

  9. Bom, eu já discordo o pouco do T_thiago sobre oque ele falou do Pânico na TV, pois asho que esse programa teve e tem idéias muito criativas.
    Até porque o quadro do Pânico na TV “Meu mico mico meu” se parece com o “Top Five” do CQC, porque se trata de “pérolas” da TV mundial 😀

    Mas o programa CQC também é muiito bom e digamos que…seja um programa ético. Pois dizer inteligente é meio que ignorante, não asham? Porque até eles, às vezes, apelam para reportagens que se tratam do gênero…”mulheres nuas” (ex: Playboy) e o próprio repórter Oscar Filho ficou um tanto irritado por estar fazendo esse tiop de reportagens, ashou que os outros repórteres estavam fazendo coisas mais úteis. ;B

    Mas fora à apelações citadas, esse dois programas estão de parabéns apesar de que o CQC está conseguindo alcançar ou até mesmo ultrapassar o nível superado do Pânico na TV! :T

  10. Bom, eu já discordo o pouco do T_thiago sobre oque ele falou do Pânico na TV, pois asho que esse programa teve e tem idéias muito criativas.
    Até porque o quadro do Pânico na TV “Meu mico mico meu” se parece com o “Top Five” do CQC, porque se trata de “pérolas” da TV mundial 😀

    Mas o programa CQC também é muiito bom e digamos que…seja um programa ético. Pois dizer inteligente é meio que ignorante, não asham? Porque até eles, às vezes, apelam para reportagens que se tratam do gênero…”mulheres nuas” (ex: Playboy) e o próprio repórter Oscar Filho ficou um tanto irritado por estar fazendo esse tiop de reportagens, ashou que os outros repórteres estavam fazendo coisas mais úteis. ;B

    Mas fora à apelações citadas, esse dois programas estão de parabéns apesar de que o CQC está conseguindo alcançar ou até mesmo ultrapassar o nível superado do Pânico na TV! :T

  11. Bom, eu já discordo o pouco do T_thiago sobre oque ele falou do Pânico na TV, pois asho que esse programa teve e tem idéias muito criativas.
    Até porque o quadro do Pânico na TV “Meu mico mico meu” se parece com o “Top Five” do CQC, porque se trata de “pérolas” da TV mundial 😀

    Mas o programa CQC também é muiito bom e digamos que…seja um programa ético. Pois dizer inteligente é meio que ignorante, não asham? Porque até eles, às vezes, apelam para reportagens que se tratam do gênero…”mulheres nuas” (ex: Playboy) e o próprio repórter Oscar Filho ficou um tanto irritado por estar fazendo esse tiop de reportagens, ashou que os outros repórteres estavam fazendo coisas mais úteis. ;B

    Mas fora à apelações citadas, esse dois programas estão de parabéns apesar de que o CQC está conseguindo alcançar ou até mesmo ultrapassar o nível superado do Pânico na TV! :T

  12. Bom, eu já discordo o pouco do T_thiago sobre oque ele falou do Pânico na TV, pois asho que esse programa teve e tem idéias muito criativas.
    Até porque o quadro do Pânico na TV “Meu mico mico meu” se parece com o “Top Five” do CQC, porque se trata de “pérolas” da TV mundial 😀

    Mas o programa CQC também é muiito bom e digamos que…seja um programa ético. Pois dizer inteligente é meio que ignorante, não asham? Porque até eles, às vezes, apelam para reportagens que se tratam do gênero…”mulheres nuas” (ex: Playboy) e o próprio repórter Oscar Filho ficou um tanto irritado por estar fazendo esse tiop de reportagens, ashou que os outros repórteres estavam fazendo coisas mais úteis. ;B

    Mas fora à apelações citadas, esse dois programas estão de parabéns apesar de que o CQC está conseguindo alcançar ou até mesmo ultrapassar o nível superado do Pânico na TV! :T

  13. cara.. sou f nº 1 de danilo gentili, de todos sem dúvidas ele é o melhor e mais gato, odeio esse povo q fica metendo e pau no CQC, o programa é ótimo.. humor inteligente, criativo, o que mais esse povo tá querendo?/!!
    XD

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.