Polêmica no novo filme de Kevin Smith

Kevin Smith é um nerd de marca maior. E isso faz dele um cara legal. Mas não bastasse isso, ele ainda faz uns filmes bem bacanudos, com várias referências pops e do universo de Star Wars. Ele fez a única comédia romântica nerd que conheço (“Procurando Amy”) e criticou até a Igreja Católica no filme “Dogma”.

O novo filme do cara é o Zack & Miri Make A Porno, que traduzindo seria algo como “Zack e Miri Fazem Um Filme Pornô”. E a história é simples: um casal de amigos, Zack e Miri, completamente quebrados e com dívidas até o pescoço resolvem ganhar dinheiro fazendo um filme pornô amador. Óbvio que ia dar polêmica…

Primeiro, a MPAA (órgão que classifica e censura os filmes no EUA) proibiu a veiculação do primeiro pôster do filme, esse aí ó:

Kevin Smith, no ápice de sua sagacidade, respondeu criando um novo pôster:

“Seth Rogen & Elizabeth Banks fizeram um filme tão excitante que só podemos mostrar esse desenho”

Depois disso, tudo corria bem: Kevin conseguiu abaixar a censura do filme para 17 anos e já estava se preparando a campanha de divulgação quando recebeu outra bomba: diversas redes de televisão e quinze jornais norte-americanos se recusaram a divulgar o filme. O motivo? A palavra pornô no título…
E Kevin Smith, no ápice de sua sagacidade – parte II – respondeu criando um novo pôster:

“Seth Rogen & Elizabeth Banks fizeram um filme tão escandaloso que nem o título podemos te contar”

Esses puritanos da MPAA me divertem. Será que não percebem o tiro no pé que estão dando? Essa polêmica toda já está divulgando esse filme, se brincar até com mais eficiência do que com uma campanha normal… Só digo que esse eu quero ver no cinema, se vier pro Brasil, né? Porque até agora só tem data confirmada (31 de Outubro) lá fora…

Termino com o trailer legendado do filme:

[youtube=http://br.youtube.com/watch?v=pwxcvGP3d3M]

Tags from the story
, , , , , , , ,
Written By
More from Theo Medeiros

Que tal os 11 minutos iniciais de Alan Wake? [X360]

Sem muito o que dizer, apenas assistam o vídeo abaixo. Ah, nem...
Read More