Conversa de MangáJapão

Conversa de Mangá: One Piece 593 – Notícias

One Piece: Capítulo 593 foi disponibilizado dia 21 de Julho: “Notícias”.

Se você não sabe o que é o projeto Conversa de Mangá, clique aqui. Depois do “continue”, a gente conversa mais:

Aviso: Continue apenas se você já leu o capítulo 593 de One Piece. Atualmente acompanho o mangá pelo site Mangá Stream, e a qualidade da scan é absurdamente fantástica! Basta não ter medo de inglês. Mas, em todo caso, a StrawHat Scans tem a tradução em Português. 😉

One Piece 593

Notícias

Oda mais uma vez produzindo um daqueles capítulos com uma pilha de personagens e situações e indagações e um mistério central que só será revelado na semana que vem. Como são muitos assuntos, vou usar aquele formato que uso de vez em quando por aqui, parágrafos serparados por pontos de discussão.

Robin e o Exército Revolucionário: Aqui realmente nenhuma surpresa na minha opinião. Isso é algo que todo mundo já vinha imaginando faz tempo, desde aquela capa com o exército liberando a personagem de onde estava presa. Foi bacana ver a Robin com aquele sorriso na cara, feliz por ter uma tripulação na qual voltar. Para uma personagem que tem um passado tão sombriu, é uma alegria vê-la com tal sorriso. Fiquei um pouco perplexo quando o soldado diz que eles estão procurando a Robin faz mais de 10 anos. Caraca! Mas ninguém tinha se tocado que ela estava na tripulação do Ruffy? Por que não há procuraram antes? Meio estranho pra mim essa informação. Quanto à menção da ilha da Robin, temos aqui a chamada para o meu mistério favorito em One Piece, a história do século perdido que os poneglyhs escondem. Então Dragon também quer saber sobre isso? Será?

Sanji e Ivankov: Rá! Um dos momentos de maior agonia pelos fãs. Todo munco com medo do Sanji virar um Okama. Mas pelo visto, isso não vai acontecer, podemos ficar aliviado. Acharia muito estranho Oda mudar a personalidade do personagem nesse ponto da história, mas eu esperava que no mínimo, agora Sanji conseguisse lutar com mulheres, será que a Ivan não vai dar uma ajuda ao rapaz nesse ponto fraco? Adorei as piadas deste trecho da história. Os quadros de cartazes, aí debaixo, ficou hilário. E o cozinheiro nervoso com toda essa situação de assumir que é e que não é o seu cartaz ou até mesmo nas brincadeiras de conta e não conta, foram ótimas. E o personagem está fraquinho ainda, tomou um caldo da Ivankov. Será que  no animê, será mostrado um pouco da luta? No fim, Ivankov vai ajudar Sanji a reencontrar a tripulação, tenho certeza.

O telefonema de Dragon: Caraca! Dragon de novo? Isso me deixa um pouco preocupado com os rumos do mangá. Na verdade eu gostava muito da fórmula antiga de ver a trupe indo de ilha em ilha e cada ilha apresentava uma saga distinta com personagens criados especiamente para a mesma. O mangá está sem esse formato já a um bom tempo e pelo que dá a entender neste capítulo, com Dragon finalmente planejando a se mover, fico na dúvida quando o mangá terá um momento de calmaria no antigo formado, porque pelos rumos que está indo, parece que uma nova guerra ou batalha está para ser criada, com os Revolucionários e o Governo, com a tripulação do Chapéu de Palha envolvidos em tudo. Porém, a única diferente é que desta vez, o Ruffy não participará sem solo, mas toda a tripulação deve se envolver. Por isso alguns já estarem ligados indiretamente ao Dragon.

Gostei de que Oda ainda teve tempos de criar o Den Den Mushi Psíquico. Rá! Esse autor tem cada idéia. Quanto a conversa dele com Ivankov, ainda não consigo deduzir muita coisa. Legal mencionarem o Kuma, que já vou falar mais abaixo e de que a identidade de Dragon finalmente foi revelada ao mundo, mas fora isso, não consegui deduzir muita coisa que já não tenha dito.

Durval, Sunny e Kuma: Começa hilário, mas termina tenso! Durval piscando ainda é de gargalhar. Bom saber que o Sunny está protegido e aos cuidados dos amigos em Sabaody. Camie e Hacchi mencionando novamente a ilha do Tritão? Cacilda! Quero ver essa ilha! Mas o Kuma aparecendo ali, sei não, não acho que o personagem seja um aliado, assim como muitos aqui, acredito que o Vegapunk tenha feito algo com o Kuma e que vai dar zica essa situação em Sabaody. Maldito arquipélago onde só deu confusão desde que a trupe chegou. Perto demais de Marinford, é um lugar que eu não voltaria se tivesse a opção. Será que a ilha terá uma maior importancia para o futuro? Quer dizer, mais do que já teve.

Vivi e Carue: Cara que saudades destes dois personagens. Queria tanto que a Vivi resolvesse partir de Arabasta temporariamente só para encontrar a tripulação novamente. Quando aconteceu a separação do grupo, estava cogitando que isso fosse acontecer em algum ponto da história, mas agora não vejo mais necessidade. Mas ainda assim eu gostaria. Será mesmo que é impossível que isso aconteça? Gostava demais das piadas com Carue.

Crocodile e Mr. 1: Mais planos para um dos vilões derrotadas do mangá. Não sei o que mais esperar do Crocodile. Depois que seu ponto fraco foi exposto, não acho que ele seja alguma ameaça importante. Seria como trazer de volta o Arlong. Pelo menos a menção dele estar indo para o novo mundo, pode indicar que o mangá também está finalmente indo para lá. Também fico mais tranquilo sabendo que ele não voltará a azucrinar a Vivi ou Arabasta. E o Mr. 1 é um personagem enigmático, o Oda não fez nada com ele em Impel Down e nem em Marinford, e o Zoro menciona algumas palavras sobre o mesmo quando o encontrou pela primeira vez em Arabasta, sobre ele ser famoso e tal, sei não, seria interessante se em determinado momento, Mr. 1 matasse o Crocodile e ganhasse fama. O problema é que ele não derrota mais o Zoro, sendo assim, tem como ficar mais forte ainda? Qual é a real do Mr. 1?

Buggy, tripulação, Alvina e Mr. 3: Momento de felicidades para muitos aqui ver o elenco de vilões atrapalhados da série. Ainda fico bobo como Oda deu importancia tão grande a estes caras. Ri demais nesse momento do capítulo, mais engraçado ainda é ver o Leão pensando em um tipo de comida a cada quadro. Rá! E aí? Buggy como Shichibukai? Também fiquei pensando nisso, mas parece tão óbvio. E não seria estranho a Marinha ter como Shichibukai um dos piratas da tripulação de Roger? Desconfio que talvez não seja isso, ou uma armadilha para alguma coisa. O curioso é o morcego que entregou a carta. Lembrei do Moria, mencionado no capítulo anterior. Seria possível algo relacionado ao personagem? Alias, fiquei contente por ver o Mr. 3, agora “San” (três em japonês), agora faz parte do grupo do Buggy, os dois personagens combinaram demais.

E, por fim, a grande questão do capítulo, o que diabos Ruffy fez? O que está no jornal? Nossa, sinceramente já não acho mais que seja algo relacionado à recompensa do mesmo. É interessante ver como cada personagem neste capítulo reagiu de uma forma. Alguns estranharam, outros assustaram, a Robin até achou engraçado, o Crocodile usou o plural para descrever o que está no jornal. Não dá para saber. É incrivel como o Oda consegue criar essa coisa de suspense e apesar das dicas, ainda assim as chances de ser surpreendido é ainda maior. Putz. Não sei o que pensar. Ruffy mudou o visual, destruiu alguma coisa, declarou algo? O que ele fez caceta!!?

Mudando de pato para ganso, ia criar um post sobre o assunto, mas já fiz um para Strong World hoje, tem o recrutamento para cuidar e agora os Conversas de Mangá da semana, acho melhor falar por aqui mesmo, já que a audiência do blog é grando no CdM. 🙂

A partir do episódio 459 do animê, que também estréia a saga Marinford, entra a nova abertura do animê. Já puderam dar uma olhada? Achei uma abertura bem incomum, com um tom mais triste e melancólico. Não que seja uma surpresa, dado ao que vai acontecer a partir de agora na animação. Ainda não me acostumei com a musica, apesar de ter ficado meio emocionado ao vê-la pela primeira vez. Lembra um pouco aquelas aberturas emotivas que o naruto recebe às vezes. E Akainu nela, maldito!!

One Day [Por The Rootless]

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!

Artigos relacionados

Fechar