Conversa de MangáJapão

Conversa de Mangá: Katekyo Hitman Reborn 333 – A Promessa

Katekyo Hitman Reborn!: Capítulo 333 foi disponibilizado no dia 14 de abril: “A Promessa”.

Se você não sabe o que é o projeto Conversa de Mangá, clique aqui. Depois do “continue”, a gente conversa mais:

Aviso: Continue apenas se você já leu o capítulo 333 de KHR!. Atualmente acompanho o mangá pelo site Mangá Stream, e a qualidade da scan é absurdamente fantástica! Basta não ter medo de inglês. Mas, em todo caso, o site Anima Regia tem a tradução em Português. 😉

Katekyo Hitman Reborn! 333

A Promessa

Ah, agora sim um daqueles capítulos de KHR! que gosto tanto! Acho que as vezes a Amano se dá muito melhor com diálogos e quadros de narrativa do que quando ela precisa pausar a história para entreter os fãs de shonen com lutas. Não que as lutas não fiquem bacana, mas tudo que consegui acompanhar até hoje da série, em termos de batalha, acho que elas ficam sempre melhores animadas do que nos quadrinhos. Não sei dizer o que acontece, ou se foi um costume errado por ter começado a ver KHR! pelo animê, mas no mangá não consigo ter a mesma empolgação em algumas batalhas. Nem todas é claro, algumas são muito bem boladas e bem desenhadas, mas no geral, ainda as prefiro animadas.

Então este capítulo foi um prato cheio pra mim. Muitos diálogos, revelações, personagens novos, mais mistérios, tudo aquilo que precisa para expandir o universo da série.  Enma iria se juntar a batalha final com o Tsuna se a Vindice não atrapalhasse o momento. Claro que isso não me desanimou, como não acredito que esta seja a última saga do mangá, ainda teremos futuras oportunidades de ver a Shimon e Vongola juntas, batalhando lado a lado contra um inimigo em comum, acho que a Amano fez isso só pra deixar aquele gostinho de “num futuro próximo…”.

Quanto a Vindice, apesar do flashback do Primo e do Cozart já ter revelado quase tudo sobre aquele mal entendido que durou dez gerações, ainda tinha algumas frestas a serem concluidas. Não que fosse muita surpresa a ideia de que a Vongola fingiria a armação e a Shimon passaria a ser o que é hoje, até aí tudo bem. Depois disso, porque o Primo não capturou Daemon? E porque a Vongola nunca soube da traição do guardião da névoa? Isso soa estranho, pois se Primo tinha como objetivo desmascarar Daemon, porque não o fez enquanto estava vivo? Alias a autora nunca tocou nesse ponto. Como o primeiro chefe da Vongola morreu. Se tocou eu não me lembro. Algo deve ter rolado com ele e os guardiões para o Daemon não constar na história da Vongola. Mesmo que ele fingisse uma morte, ainda deveria constar an história a sua traição. Como não rolou, acho que ele deve ter a ver com o fim da primeira geração. Deve ser isso que irá mostrar o último flashback, acredito.

E o arcobaleno da Vindice? Caraca, mais uma arcobaleno! Me pegou de surpresa e o visual desse personagem, junto com o cara do passada do Vindice ficou num visual muito show! Chupeta brilhante? Como é que isso nunca foi mencionado? Não eram apenas sete? Nem o Byakuran parece que sabia dessa chupeta. Será que a autora finalmente irá revelar o segredo dos arcobalenos? Seria uma boa, já que o mangá andou meio em baixa no ToC da Jump, teve seu animê cancelado e tal, seria algo realmente de grande impacto mostrar logo um dos grandes enigmas da série. E não acho que fazendo isso, os fãs deixariam de acompanhar. Seria ótimo!

Por fim, Enma não será levado, mas também não deve fazer diferença alguma nesse ponto. A batalha de Mukuro e Daemon está rolando. Não acho que Tsuna & cia resolvam entrar no meio dela, podia o Hibari se juntar ao Mukuro. Seria muito malucão se isso acontecesse, pelo menos tiraria um pouco esse conceito de guardião com poderes parecidos se enfrentando. Alias numa próxima saga, espero que isso não ocorra de novo. Mistura esses elementos em batalhas! Tempestade contra Nuvem, Chuva contra Sol e assim por diante. Seria legal variar essa dinâmica.

Nesta semana, Final Round! Mas não acho que deve acabar num único capítulo. Essa luta deve durar entre dois a três capítulos na certa.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.